TOP 10 animes e mangás com mulheres poderosas: #4 RWBY

RWBY CAPA

Quarta edição desta lista de histórias com personagens femininas fortes e marcantes.

RWBY (pronuncia-se como “Ruby”) é uma série animada americana que foi criada por Monty Oum para a empresa Rooster Teeth Productions (mesma empresa responsável também pela popular série Red vs Blue). O enredo é ambientado no mundo ficcional de Remnant, que é preenchido com as forças sobrenaturais. A série centra-se na equipe RWBY, que é a sigla para seus membros: Ruby Rose, Weiss Schnee, Blake Belladonna e Yang Xiao Long. O primeiro episódio foi lançado no site da Rooster Teeth em 18 de julho de 2013. A segunda temporada estreou em 24 de julho de 2014.

rwby protagonistas

A partir do momento em que foi anunciada, a animação se tornou um hit viral, resultando em muitos cosplays e adaptações de fãs. Veja o trailer e entenda o porque:

Ver a Ruby – personagem principal da série – lutando assim é como rever a história da Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mal por uma perspectiva muito mais épica, não? Haha <3 Eu simplesmente me apaixonei pela ideia e comecei a assistir a série com boas expectativas. Foram 4 vídeos de trailers iniciais, mas acho que só mais um já o suficiente pra ter certeza de que é interessante:

Entrando diretamente na crítica dos pontos positivos e negativos da série, temos: RWBY é realmente muito legal e incontestavelmente uma série com muito potencial. Te pega logo a princípio com muita ação e scripts muito bem imaginados, capazes de fazer qualquer um se interessar.

RWBY personagens 2

Os pontos positivos começam na abordagem ocidental de contos de fadas, com os próprios monstros de Remnant sendo conhecidos como “Grimm”, obviamente uma alusão aos irmãos Grimm, escritores de contos de fadas. Mas, em vez de simplesmente reproduzir os contos, RWBY usa esses contos como blocos para construção de uma história completamente nova e ao mesmo tempo já familiar. Nomes, conceitos e até aparências físicas de personagens são vistos em comum no enredo de RWBY para manter a sensação de nostalgia, mas a história permanece bastante original. Um segundo ponto positivo são os diálogos, que costumam ser bastante cômicos. Heróis e vilões trocam farpas entre si de maneira bastante espirituosa, então você raramente pode acabar se entediando com as falações dos personagens. O terceiro ponto a elucidar é a espetacular coreografia das lutas presentes nas animações. Como a série foi dirigida por Monty Oum, o cara por trás Haloid e Dead Fantasy, a coreografia de luta em RWBY é excelente e está muito acima de qualquer outro aspecto da série. Apesar de não apresentar lutas em todos os episódios, essas cenas são deslumbrantes.

Talvez essas cenas fiquem ainda mais interessantes porque cada uma das garotas principais tem um estilo diferente: Ruby tem uma foice-metralhadora, Weiss tem uma espada mágica, Blake tem uma arma-chicote e Yang um par de luvas de explosivos.

rwby estilos

A parte mais legal é a não sexualização barata das protagonistas, mas o meio termo entre a crítica boa e ruim é ver personagens que acabam se tornando puramente clichês, o que já é algo a se esperar de enredos baseados em contos de fadas. No entanto, isso não quer dizer que eles não sejam interessantes ou legais, só que apenas as protagonistas vão ter personalidades mais aprofundadas com o andar da história.

Felizmente, a série tem poucos pontos negativos. A principal crítica seria a respeito de pequenos “bugs” na forma como a série foi animada em PC; em geral, o estilo de arte de RWBY funciona muito bem, mas vez ou outra você vê algo como pés flutuantes ou algumas pequenas distorções que raramente chegam a incomodar mesmo. Alguns telespectadores reclamam mais desse tipo de problema em algumas lutas, em que se espera uma maior perfeição dos movimentos dos personagens que nem sempre fica em 100%.

Curiosidade: Pesquisando um pouco mais, descobri que uma das adaptações de fãs era um jogo de vídeo, intitulado RWBY: Grim Eclipse, que foi mais tarde adotado oficialmente pela própria Rooster Teeth (!!!) e está atualmente em desenvolvimento. Confira!

Bacana demais, né? :3 Adoro essa sensação de poder me me passar por um personagem de animação em games <3

No dia 01 de fevereiro de 2015, infelizmente, Monty Oum faleceu durante um procedimento médico com complicações. Isso deixou o futuro da série incerto por um breve período de tempo até o dublador Gray Haddock anunciar que a série vai continuar e que a 3ª temporada vai estrear este ano (2015), como planejado antes do falecimento de Monty.

Por fim, posso dar minhas garantias que a série é cativante e bastante animada. Dá pra curtir muito vendo, e foi uma das opções mais bacanas pro #MulheresPoderosas!

Onde assistir?

No Crunchyroll, link aqui: [http://www.crunchyroll.com/rwby/videos]

TOP 10 animes e mangás com mulheres poderosas anteriores:

#1 Girls of the Wild’s
#2 Bakemonogatari
#3 Durarara

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).