Cinco conteúdos incríveis na Netflix para se sentir mais feliz

Capa GG ok

Indicações especiais das Garotas Geeks para quem anda com o moral meio baixo.

Nesses tempos de eleições e redes sociais, muitos estão exaustos quanto às questões políticas que vêm acontecendo no Brasil, pensando nisso o Garotas Geeks indica uma pequena lista do que assistir na Netflix nesses poucos dias que nos restam até o não-tão-esperado-domingo-de-votação.
São filmes, séries e animações para esquecer um pouco o mundo caótico lá fora e aquecer seu coração e, quem sabe, botar um pouco de fé na humanidade.

1. Anne With an E

1_Y6KJVBcVmFPa4YQ7o4XHxw

Essa já não é a primeira vez que citamos essa série, já demos uma indicação e escrevemos um artigo sobre a importância de Anne With an E nos dias atuais. Baseado na obra canadense Anne of the Green Gable, a história conta a vida de Anne Shirley, uma pré-adolescente órfã que é adotada por um casal de irmãos fazendeiros. Acompanhado das mais belas paisagens no começo do século XX, a série é um drama ao retratar temas pesados como o passado sombrio da protagonista, o preconceito por não ter uma família de sangue entre outros assuntos da época (ou que também podem ser visto em pleno século XXI).

Destemida e inteligente, Anne é uma personagem que inspira e passa aquela doce sensação que podemos mudar as coisas para melhor. Anne with an E tem duas temporadas e a cada episódio a trama e os personagens ganham uma riqueza de detalhes e imersão. Confesso que é uma das poucas histórias que conseguem trazer um drama com pingos de esperança para nos dias mais chuvosos.

2. Shiki Oriori: O Sabor da Juventude

1_50wzK36kXsfzG0JXUXtfnA

O filme é um conjunto de três curtas e conta de uma forma poética com uma arte e cenários de tirar o fôlego sobre assuntos universais: a nostalgia, a juventude, o tempo, amizade e o futuro.
Shiki Oriori é um filme curto, de uma hora e vinte, e traz nele personagens que vivem na caótica e diversificada China. Com trajetórias diferentes, o filme retrata de uma forma simples questões e reflexões que lidamos pela vida como a carreira, morte, nossos amigos do passado e o medo pelo que virá pela frente.

1_UcUDjX7LxxQEuv7b4v_ZLQ

Recomendo não assistir a esse filme com fome, pois o primeiro curta “Café da Manhã Ensolarado” retrata a relação entre o neto e a avó quando comiam juntos na infância. Ou seja, aparece de uma forma saborosa os pratos mais bem desenhados que já vi, o que me deixou com vontade de comer uma tigela quentinha de San Xian Bifum ou macarrão de arroz.

3. Hilda

1_60mpR5GAawxEShw-RbSUvQ

Baseada nas HQs britânicas de Luke Pearson, a história conta a vida de Hilda, uma garota de cabelos azuis que faz amizade muito fácil, desde animais até seres místicos que vivem em florestas e bosques, porém sua vida muda quando sua mãe decide se mudarem para Trolberg, uma cidade grande e longe dos seus amigos mágicos.

Com uma pegada de Gravity Falls e inspirado na cultura nórdica, a série é cativante com personagens únicos e variados. Hilda é aquela garota que você quer ser amiga logo de cara pela sua sede de curiosidade. Se você gosta de Anne with an E pode ir com tudo assistir essa animação.

4. Felicidade Por um Fio

1_dRy5EOhSbyjQk-wPHdPd8A

Nesse romance da Netflix, Violet Jones é uma publicitária bem sucedida com um namorado perfeito e aquele cenário típico de propaganda de margarina. Mas o que poucos sabem que a sua vida sempre foi ditada pelo cabelo, Violet se dedica em cuidar do penteado mais do que tudo, a ponto de acordar no meio da noite para fingir que acordou bonita para o namorado.

Sua vida muda de repente e assim vai parar numa jornada além de um visual, mas sim em busca do autoconhecimento. Quando se vive em uma sociedade imposta por um padrão de beleza em que pouquíssimas se encaixam, Felicidade Por um Fio vêm com a forte proposta de afirmar e inspirar as mulheres sobre o amor próprio. Confesso que me surpreendi com o final e considero um dos melhores filmes de romance que já foi lançado.

5. A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata

1_qyRTtFWT7v9XK6I0l1RXoA

Retratado na pós-Segunda Guerra Mundial, a história conta sobre a escritora Juliet Ashotn que descobre a existência de um clube de leitura criado de forma desastrosa e sem intenção durante a dominação de nazistas, na pequena ilha de Guernsey.

A protagonista vai em busca de informações sobre o pacato o grupo para escrever uma livro, mas acaba descobrindo segredos obscuros e se envolvendo demais com os pacatos moradores do pequeno arquipélago. É um filme mais “água com açúcar” entre essa listas mas carrega uma mensagem bonita sobre o poder dos livros e da amizade em momentos tenebrosos durante o nazismo.

Quem escreve? Gih

Jornalista, editora de vídeo e podcaster. Fala de games, coisas nerds e é uma enciclopédia de curiosidades aleatórias. É magical girl nas horas vagas e pode encontra-lá no twitter @giovannabreve falando sobre memes e gatinhos.