Torchlight II: um game pra jogar até o dedo cair

Torchlight-2-Logo

Semana passada a minha espera (e a da Luiza, nossa ilustradora) foi saciada! Torchlight II chegou ao mercado recheado de coisas novas para nós, fãs do jogo que estamos desde 2009 esperando uma continuidade desta belezura de game.

Mas o que é esse Torchlight? É de comer?
Bem, pra quem não conhece, Torchlight é um título criado pela Runic Games que pode INCRIVELMENTE lembrar a franquia de Diablo. O que acontece é que a Runic Games foi composta por um time que já trabalhou com a Blizzard, então se você encontrar algumas semelhanças com Diablo, não, você não está ficando maluco.

O jogo é um action RPG (assim como Diablo) com a opção single e multiplayer que oferece quatro classes diferentes de personagens. Se você gosta de Diablo, provavelmente também vai gostar de Torchlight.
Dá só uma olhada no trailer aqui embaixo:

Mas agora vamos ao que interessa: Por que devo gastar meu dinheiro com Torchlight II?
Bem, se você curte um jogo dinâmico, com belos atrativos visuais, um mapa imenso com uma infinidade de quests, itens e monstros a serem desbravados: então esse game é pra você.

Em Torchligh II não existe tempo pra mimimi.
Ele é um jogo rápido, exatamente como Diablo. Seu foco não é em diálogos ou longas histórias. Quem jogar Torchlight II tem que gostar de pancadaria. É o estilo “clique-clique-clique, item-item-item, upa-upa-upa”, que eu tanto adoro. Tudo acontece muito rápido, sem enrolação. Você encontra diversas quests pelo mapa e pode cumpri-las quase que simultaneamente. Uma quest acaba e logo já começa a outra. E uma novidade interessante: ao aceitar uma quest, você tem a possibilidade de escolher entre 3 opções de itens qual é o mais interessante para o seu personagem. (:

Três opções de itens para escolher antes de aceitar a quest!

Action RPG que se preze tem que ter personagens atrativos. E Torchlight II não deixou a desejar sobre isso. (mesmo eu sentindo um pouco de falta da vanquisher presente na primeira versão do game ://)
Nessta edição do jogo temos quatros classes de personagens:

– Engineer: esse personagem se tornou o meu favorito no jogo, simplesmente pelo fato dele apresentar características steampunk em seu estilo. Ele pode lembrar alguns traços do Alchemist, presente na primeira versão de Torchlight.
– Outlander: uma espécie de pirata que une poderes mágicos com ataques rápidos (mas não é o Pikachu LOL). O personagem desenvolve boas habilidades com artes marciais e armas de longa distância.
– Berserker: pode ser considerado uma mistura de bárbaro com curandeiro. A força é seu atributo principal e ainda pode invocar espíritos de animais. Uma mistura bem interessante.
– Embermage: posso definir essa classe como uma mistura entre sorcerer e wizard, também conhecida como a famosa classe de “mago” disponível nos jogos de RPG.

Dá só uma olhada no concept dos personagens:

Engineer

Outlander

Berserker

Embermage

Mas Tammy, vou lutar contra os monstros malvados sozinho(a)? 
Em Torchlight você nunca está sozinho, pois você tem o Pet, o seu companheiro de aventuras <3 Em Torchlight I você podia escolher entre duas opções de pet, um animalzinho que anda com você o tempo todo e te ajuda a se defender dos inimigos. Nessa nova versão do jogo, temos SETE opções de animais para nos acompanhar durante as quests. E ao longo do game você pode administrar as skills do seu bichinho de estimação.

Novidade: Charge Bar
QUE DIABOS É ISSO? Tenho que encher essa barra pra dar Hadouken? Sim, é mais ou menos isso.
Quanto mais rápido você matar os inimigos em um tempo curto de tempo, a charge bar se enche temporariamente com essa “XP”. Quando ela fica preenchida por completo, seu personagem fica com habilidades novas durante um período de tempo. (Mais ou menos a mesma mecânica de um Hadouken HAHA)

Tem que encher essa barrinha aí, ó!

Torchlight II NÃO É a mesma coisa que Diablo III. Eles são apenas irmãos que possuem traços semelhantes, mas que mantém suas características  ao longo do jogo. Mas a fórmula de sucesso é a mesma: você senta, pensa em jogar uns 60 minutinhos e quando olha no relógio SÃO 3 DA MANHÃ, MANOLO!

Jogo bão é jogo que te faz perder a noção do tempo. E isso Torchlight faz muito bem.
Ficou coçando a mão pra jogar? Então aproveite, pois a Runic Games disponibilizou um demo do jogo no Steam que pode ser baixado aqui. Se mesmo depois de TUDO isso você ainda tiver em dúvida, baixe o demo e tire suas próprias conclusões.
E para os que ficaram animados com o jogo, ele está por US$ 20 no Steam (cerca de R$ 40), e se comprar em 4 amigos, o jogo sai por US$ 15! Um ótimo preço para um game que propõe uma infinidade de mapas aleatórios e quests a serem cumpridas.
Não tem desculpa pra não jogar! Se você estava procurando um novo vício, parabéns, acabou de achar! (:

Quem escreve? Tammy

Jornalista, pedreira, uma das fundadoras do Garotas Geeks e desbravadora de indie games. Muda a cor do cabelo 1 vez por mês, é a encarnação humana do Snorlax e faz cospobre de Pikachu nas horas vagas. Me encontre em qualquer lugar com o @tammynhoca :)