Top 6 séries dos anos 90 que merecem um revival no Netflix

series-revival-netflix

The Nanny, Buffy, Blossom… POR FAVOR NETFLIX, NOS OUÇA!

Eu sou suspeita para falar dos anos 90. Cresci assistindo as séries dessa época e sem sombra de dúvida: as melhores comédias são dos anos 90. Na minha humilde opinião, é claro. E o que falar de Beverly Hills 90210? Melrose Place? Arquivo X? Fuller House? Todas elas ganharam revivais muito bons! E em breve teremos Prison Break, Gilmore Girls e quem sabe o que 2017 nos reserva?
Nossa, os anos 90 tem o que há de melhor no universo das séries e atualmente, revival é algo comum em Hollywood, principalmente pela streaming Netflix.

Não me segura!

Então, separamos uma lista com algumas séries dos Anos 90 que não apenas carregam uma legião de fãs, como também tem uma abertura para novas histórias e temporadas.

Óbvio existem muitas outras séries também boas, com um espaço criativo para um revival, mas não dá para focar em todas elas ou teremos um top 85 séries para terem revival por qualquer streaming #PeloAmorDeDeus

Já aviso, tem alguns spoilers bem discretos e indolores!


Confira a lista abaixo e comente quais séries vocês gostariam de assistir em um revival!

6. The Nanny

The Nanny é aquela série gostosinha, você coloca um episódio qualquer e vai achar engraçado, seja legendado ou no famigerado dublado. Se fizer maratona então, não vai precisar meditar por um mês! Tá, exagerei. Fran é divertida, tem um humor atual e além de um emprego, ela busca por um casamento bom. Sabem a Lucille Ball? Então, Fran Drescher foi a minha Lucy. A babá (The Nanny, sacou?), é contratada para cuidar do trio de filhos do rico Maxwell Sheffield, pouco tempo depois de ter sido abandonada pelo noivo, perdido o emprego e começado a trabalhar como vendedora de maquiagem. Se The Nanny ganhasse um revival, certamente, poderíamos assistir sua vida após o seu casamento tão esperado e o que aconteceu com os filhos de Maxwell, como também com a família de Fran.

 5. Sex and The City

Sou suspeitíssima para falar dessa série.
Tenho a série, livros, trilha sonora no celular e quero os filmes! Sou apaixonada pela amizade entre Carrie, Miranda, Charlotte e Samantha. Para mim, nenhuma série conseguiu alcançar o nível de Sex and The City quando o assunto é desenvolvimento de personagens, piadas atuais e Girl Power! Sex and The City não era sobre roupas e sexo, mas sobre como encontrar o amor, como aceitar perder o amor de sua vida e encontrar sua família nas suas melhores amigas. A série pertence a HBO e entre muitos rumores de um retorno na televisão ou para os cinemas, bem que a HBO poderia negociar com a netflix um revival, não é?

4. Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira

Quando eu era criança, eu queria ser uma bruxa. Quer dizer, eu ainda quero ser, mas naquela época eu corria pela casa imitando a Samantha de A Feiticeira ou a nossa querida Sabrina. O que eu mais adorava na série era que Sabrina tinha 16 anos, descobre ser uma bruxa e além dos seus problemas de cotidiano como adolescentes, ela precisa aprender a lidar com os seus poderes. Suas tias eram a sua família e elas eram incríveis! E o gato Salem? Parte do meu humor sarcástico é graças a ele! A série ganhou alguns filmes e até um desenho animado!

3. Will & Grace

Oito temporadas não foram o bastante.
Lembro que Will & Grace não era aquela série que eu assistia todos os dias, mas quando eu assistia era risada na certa. E como eu amava esses personagens… Eu sentia que era amiga de Will e com certeza, peguei coisas de graça em lojas com a Grace. Penso nessa série e lembro das participações da Jennifer Lopez, o Leo e como não lembrar de Jack e Karen?
Para quem não conhece, nada pode separar Will e Grace. Ele é gay e ela é hétero. Will é um prestigiado advogado que tem uma divertida amizade com Jack, também gay e que vive a procura de emprego. Grace é uma decoradora, mas tem problemas para estabelecer uma boa relação de trabalho com sua assistente, Karen, uma cativante milionária com uma língua afiada e tanto.

2. Blossom

Eu via Blossom no SBT. TODOS OS DIAS. Eu era viciada nessa série! Eu queria um chapéu da Blossom, eu queria uma amiga como a Six e, principalmente, eu queria uma abertura na minha vida, igual a da série.
Blossom, é uma menina que vive com o pai solteiro e os dois irmãos mais velhos, mas sonha em ter uma família convencional. Sua melhor amiga é Six e as duas vivem aventuras, enquanto sobrevivem a adolescência dentro de casa e na escola. Como Fuller House fez com DJ, Blossom poderia mostrar como a protagonista se encontra na vida adulta, com ou sem uma família. Ela seguiu uma carreira? E a Six? E os seus pais e irmãos? Poxa, já pensei aqui nos dez episódios! Me liga, Netflix!

1. Buffy, A Caça Vampiros


Eu estou ouvindo a musiquinha de abertura na minha cabeça agora, você está ouvindo?
Buffy poderia tanto ganhar um revival, como um reboot. Não que a versão anterior seja ruim (como o filme!), mas como passaram-se alguns anos, um reboot poderia cair bem para recontar alguns enredos e introduzir novos com um elenco jovem. No entanto, um revival nos dá tantas possibilidades entre os personagens conhecidos pelo público e uma continuação interessante no Universo da Buffy. E Spiiiiike! E é claro, vampiros sempre estão na moda!
E cá entre nós: Buffy tem tudo para ser um sucesso certo nas mãos da Netflix, não é? Pensem na ideia com carinho!

Fonte: Adoro Cinema

Quem escreve? Barbara Herdy

Escritora, blogueira, tradutora, moody, hobbit, caçadora de relíquias, 1840's Kid, gamer, hipster, Rainha perdida e Jane Austen me entenderia, mates.