Top 5: Casais mais complicados dos Quadrinhos!

superman-loislane

Casais mais perfeitos dos quadrinhos? Pfff relacionamentos são mais emocionantes de acompanhar quando existem TRETAS!

Ah Dia dos Namorados! <3 timelines lotadas de casais bonitos, especiais de TV pra dar um clima, alguns amigos na bad por não ter companhia mas nem tudo é tão perfeito. Confira mais um top de casais, desta vez, aqueles casais que os shippers adorariam ver juntos pra todo o sempre. mas nem tudo são flores numa relação. Alguns fãs vivem a shippar casais, alguns roteiristas vivem super dispostos a colocar atrito na relação de alguns casais da ficção e dar um choque nos shippers de plantão mas e aí o que acontece quando nem tudo é tão ~perfeito~?

Quem nunca ouviu aquele velho versinho sertanejo: “Entre tapas e beijos, é ódio é desejo” ou o clichêzão “Brigam, mas se amam” talvez possa ser assim com muitos casais, mas vamos ao que interessa: Os casais mais ~complicados~ dos quadrinhos, aqueles que podem ter roteiros perfeitos, mas passam por MUITOS³ perrengues, são mandados pra outra dimensão, se separam, se juntam em outros universos, mas os fãs amam (ou pelo menos amaRIAM) vê-los juntos!

Lois Lane + Clark Kent

Venha cá homem!

“They prove you do love me!”

Uma das personagens mais famosas dos quadrinhos! O interessante da sua relação com Superman é a sua proximidade com Clark Kent, trabalhando ao seu lado no Daily Planet em Metropolis, ela estabeleceu uma amizade bem sólida com a dupla personalidade do herói. Lois Lane é tão importante e amada que teve sua própria revista “Superman’s Girlfriend, Lois Lane”, onde ocorrem fatos bizarros como quando a Lois tenta matar o Superman ou ele mesmo tenta matá-la LOL, até fizemos um post falando desses fatos na HQ solo dela aqui. Mulher madura e sábia, ainda mantém uma ótima e amável relação com Clark e imagino que os shippers vão continuar amando a relação apesar dos pesares.

Kitty Pride + Piotr Rasputin

NOOOW KISS :'(

NOOOW KISS :'(

Mas quem é Kitty? A mutante com capacidades absurdas de atravessar objetos! E dona do coração do Piotr Rasputin, o grandão de aço Colossos. O que faz os dois estarem nesse top 5 casais mais impossíveis? Um pequeno detalhe: namoro-ioiô! Cheio de desencontros e catástrofes cabulosíssimas! Basicamente um amor muito problemático. Como podem já ter ouvido, o Universo Marvel é um caminho de idas e vindas, idas sem volta, voltas sem idas, ah! Vasto e complicado como diria o Doutor. Sabe aquela raiva que você passa ao torcer para um casal ficar junto, mas acaba naquela insegurança de alguém!? Mas não é só isso, além da pressão psicológica em partes, muita informação subscrita (aquela coisa sobre desencontros dentre o universo) fez com que os dois não conseguissem ficar juntos, um bom exemplo foi quando Colossos estava supostamente morto mas Kitty o reencontra e os dois voltam a ficar juntos <3 ou quando Kitty acaba ficando presa numa bala em uma missão e acaba a deriva no espaço e Colossos é claro, sem notícias acaba achando que nunca mais verá sua amada </3.

Mary Jane Watson + Peter Parker

Venha cá mulher!

Venha cá mulher!

Mary Jane é cheia dos joguinhos, adora colocar menino Parker na friendzone. Já foi pedida em casamento duas vezes e talvez você nem lembre de quantas batalhas foram travadas para Peter Parker ficar com ela. É…Ser esposa do Homem-Aranha deve render bastante dor de cabeça, além dessas idas e vindas e a morte por ingerir sêmen radioativo em Spider-Man: Reign, Mary Jane continua sendo uma das namoradas mais famosas dos quadrinhos e cinema, apesar dos problemas já conhecidos por todo mundo, Peter Parker e Mary Jane ainda dão pinta de bom casal mantendo muitas vezes um ótimo roteiro que acaba agradando todo mundo.

Mística + Azazel 

Desenvolvendo e evoluindo com o filho, desenvolvendo e evoluindo com o pai!

Raven Darkholme, a Mística, mãe do Noturno com o Azazel, ex da Sina (que até então adotaram a Vampira), ex do Dentes de Sabre, a qual tiveram um outro filho (Graydon Creed) e tendo também um relacionamento com o mutante Forge. Mística é malvada e inconfiável mas também merece seu roteiro romântico como qualquer outro personagem. O  ship desta vez fica mais ~familiar~ pois inclui o filhão Noturno, que ao contrário da mãe é bem mais ingênuo e do bem e o paizão Azazel que por sua vez deu muitas características ao filho (além do gene mutante, é claro). O fato é que Mística e Azazel não estão mais juntos, para tristeza dos fãs mas de um romance pouco relatado e bastante problemático fica o gostinho de talvez algum dia os roteiristas mais melosos possam juntar os dois.

Estelar + Robin

Com o Arsenal.

Com o Arsenal.

 

Com o Capuz Vermelho, Jason Todd.

Com o Capuz Vermelho, Jason Todd.

 

A treta foi plantada com essa história, coitada da Babs.

Um triângulo amoroso bizarro: Dick Grayson e Barbara Gordon

Antes de chegar no planeta terra, Estelar teve alguns casamentos com nativos de Tamaran, seu planeta natal. Na Terra apaixonou-se perdidamente por Dick Grayson, o Robin ainda quando era membro dos Titãs, situação que até levou a um triângulo amoroso entre eles e a Barbara Gordon, a Batgirl.  Nos Novos 52, já rebootado, jogo é outro: Em Capuz Vermelho e os Fora da Lei, Estelar já deu seus pegas em nada mais nada menos que o próprio Capuz Vermelho (Menino Jason Todd, ressuscitado graças ao reboot) e também o Arsenal (O ex-parceiro do Arqueiro Verde).  A questão é que o romance jovem entre Estelar e Robin na época dos Titãs mexe muito com os fãs da personagem e muita treta entre os fãs que torcem por Dick Grayson e Barbara Gordon ficarem juntos, se um dia os dois ainda vão voltar não sabemos, mas que os fãs adoram fantasiar a volta dos dois, não faltam fan fics.

Tem algum casal super complicado que você adoraria ver junto? Conta aí! 🙂

Quem escreve? Grazi

Cristã aspirante a cientista da computação, um dia ainda será a Root na companhia do Harold Finch e do John Reese. Fã de Green Day, sempre mantêm bons álbuns de punk californiano em seu player e desbrava universos ouvindo metal folk. Aprecia quadrinhos e boa leitura, sempre se vê presa a realidades alternativas sem precisar encher a cara.