Oswaldo, novo desenho brasileiro do Cartoon, é cheio de referências nerds dos anos 80 e 90

oswaldo original

E confira também a entrevista que fizemos com o criador da animação!

O Cartoon Network está às vésperas de lançar o novo desenho do canal, Oswaldo, e o Garotas Geeks foi convidado para conhecê-lo! Agora compartilhamos com você o que sabemos da animação 😀
Oswaldo é uma série original do Birdo Studio em parceria com o Cartoon Network Brasil e a TV Cultura. A primeira temporada conta com 13 episódios de 11 minutos. A estreia ocorrerá no dia 11 de outubro no Cartoon Network às 20h15 e na TV Cultura em 29 de outubro às 14h30.

Tobias, Leia e Oswaldo

Oswaldo é um jovem pinguim de 12 anos que foi adotado por uma família humana ao ser encontrado na praia. Ele tem como melhores amigos Leia e Tobias, e juntos vão tentar sobreviver ao 6º ano do colégio. Tivemos a oportunidade de assistir a quatro episódios muito divertidos, repletos de humor e cheios de referências à cultura pop e nerd (principalmente games). Oswaldo é uma criança cheia de imaginação e esquisitices que são naturalmente aceitas pelos seus pais e amigos (que são tão nerds quanto ele). Leia adora RPG e jogos de tabuleiro, e Tobias é avoado e sem noção. Juntos, eles formam um grupo de amigos que se aceitam exatamente como são. As vozes de Oswaldo, Tobias e Leia são feitas respectivamente por Joel VieiraVini Wolf Melissa Garcia (também responsável pela direção das vozes originais).

Oswaldo

O criador de Oswaldo, Pedro Eboli, se inspirou em sua infância nos anos 1980 e 1990 para criar o personagem, já que ele mesmo se sentia como um pinguim no Rio de Janeiro. Aproveitamos também para entrevistá-lo e saber um pouco mais sobre a animação:

Garotas Geeks: O que as crianças podem aprender com os personagens?
Pedro Eboli: Oswaldo é um pinguim no Rio de Janeiro – mas poderia ser em qualquer cidade grande de praia. É uma mensagem clara de que Oswaldo é uma pessoa deslocada no meio em que está. Eu acho que toda criança já se sentiu deslocada na escola, seja a criança que gosta de futebol ou a criança que só joga RPG – como a gente gosta de falar, todo mundo já se sentiu meio pinguim. Mesmo assim, mesmo sendo uma pessoa diferente das outras, Oswaldo é um moleque muito feliz, porque ele tem os amigos dele, ele tem a sua turma. O que é uma lição muito importante que tive na minha infância. Eu sempre fui uma criança geek e nem sempre senti que pertencia ao meio onde eu estava, principalmente, em uma cidade como o Rio, que tem muita praia e muito futebol. Mas sempre fui uma criança bastante feliz, pois tinha um grupo de amigos que eram iguais a mim, e a gente se entendia muito bem – e são meus amigos até hoje. Então, a coisa mais legal que Oswaldo passa é: tenha o seu grupo, encontre a sua turma, que vai dar tudo certo.
Oswaldo 3
GG: Que tipo de referências nerds podemos esperar no desenho animado?
PE: Quase todo episódio tem alguma coisa. O primeiro já começa com um monte de referências a videogames, já que se passa em uma locadora. Eu sei que é algo que está cada vez mais extinto, mas é uma memória afetiva muito forte, principalmente para quem cresceu nos 90. Então, pode procurar no cenário que vai encontrar várias caixas de jogos, em especial os de 16-bit, que a gente faz algumas paródias. O trailer já foi colocado online e várias pessoas vieram comentar todos os jogos que encontraram. Tem um episódio que é paródia do filme Sociedade dos Poetas Mortos. Leia, que é a personagem mais geek da série, tem um videocast de boardgame em que ela faz reviews. Há referências de coisas até mais brasileiras, por exemplo, tem um episódio em que Oswaldo faz um game show, que é meio Silvio Santos, meio Passa ou Repassa, em que as pessoas levam torta na cara. Tem referência a musicais. Eles também aparecem jogando laser tag, que é outra coisa que fez bastante parte da minha infância (Oswaldo morre no laser tag e acredita que morreu de verdade) – o que é a morte para Oswaldo é uma ideia que ele tirou de filmes. Aliás, a mente dele é totalmente filtrada por produtos de ficção, como filmes, jogos e quadrinhos.
oswaldo cartoon network
GG: Desde quando você está trabalhando no projeto e quais são os desafios de fazer uma animação no Brasil?
PE: A ideia do Oswaldo começou 6 anos atrás. A gente apresentou Oswaldo para o mundo há 5 anos em feiras e levamos para os canais. Então, a produção independente começou realmente há 5 anos, e a gente começou a desenvolver com o Cartoon e com a TV Cultura há alguns anos também. A série mudou bastante nesse caminho. Foram 5 anos, mas não foram 5 anos que a gente se arrepende, porque nesse tempo a série amadureceu, se transformou em algo maior do que a gente. E, sobre os desafios de se fazer uma série de animação no Brasil, são os desafios de se fazer muita coisa no Brasil. A indústria é pequena. É uma indústria que tá começando ainda. Mas estou nesse meio há 10 anos, e há 10 anos a indústria era completamente diferente, ela praticamente não existia. Hoje em dia, você tem um monte de desenho. Você tem o Irmão do Jorel, o Historietas, a Birdo mesmo está trabalhando em três séries. É muito legal ver como a indústria se transformou nesse tempo. Então, se você quer fazer uma série animada no Brasil já não é quase impossível. Ainda é muito difícil, mas não é impossível.
Oswaldo 5
GG: O que mudou no projeto de 6 anos atrás para como Oswaldo está agora? 
PE: Além do design de Oswaldo, que evoluiu bastante durante esse tempo, ele também deixou de ser uma pessoa só doce e muito tímida e passou a ser mais extrovertido e quase egocêntrico, mas de um jeito meio fofo. Ele é uma pessoa que pensa bastante nele, e isso pode causar bastante problema. Em termos de roteiro, no começo do desenvolvimento se falava bastante de Oswaldo ser um pinguim, hoje em dia a regra é que a gente nunca menciona que ele é um pinguim. Em hora nenhuma tem piada sobre ele ser um pinguim, não tem nenhum menção a pinguim na série, só na abertura. A ideia é que Oswaldo é uma criança esquisita.

Assista ao trailer de Oswaldo:

Serviço Oswaldo

Classificação etária: 9 a 12 anos

Estreia: 11/10 às 20h15 no Cartoon Network Brasil e 29/10 às 14h30 na TV Cultura

Exibição: Segundas às 20h15 no Cartoon Network Brasil e domingos às 14h30 na TV Cultura.

Quem escreve? Rany

Graduada em Jornalismo e Jogos Digitais e pós-graduada em Mídia Digitais. Fã incondicional de As Crônicas de Gelo e Fogo, Tolkien, Fables, Tarantino, Miyazaki, Okami, Dragon Age e Mass Effect. Divido meu tempo livre com os meus vícios em séries de tv, filmes, livros e games.