[Mangá/Anime] Honey & Clover e a dura mas cômica vida do “pré-adulto”.

capa H&C

Eu sou péssima para escolher a ordem dos meus mangás favoritos. Na verdade, péssima pra escolher a ordem de todas as minhas coisas favoritas. Mas sempre que penso em Honey & Clover, ele está nas minhas prioridades como os preferidos que mais amo. Honey & Clover foi um dos melhores mangás que já li, com toda certeza. E, como já deu pra perceber pelos meus posts antigos (bisoie aqui ó), a minha paixão vem sempre em mão dupla: história + traço. E Honey & Clover me pegou de jeito nas duas coisas.

Honey and Clover 7

Para muitos de nós que assistimos anime ou lemos mangá, eles por vezes acabam sendo apenas fonte de entretenimento mesmo. Mas muitas vezes, nós nos encontramos em conexões sentimentais de nível profundo com os personagens. Algumas vezes, a história que encontramos nessa linha de enredo vai parecer menos como uma forma de escape e fuga fantasiosa da realidade e mais como uma reflexão sobre a sociedade ou sobre nossas vidas individuais. São aquelas séries que realmente ficam conosco pelo resto da vida. Elas nos fazem sorrir, chorar, refletir e perceber coisas novas dentro de nós mesmos. Honey & Clover é esse tipo de mangá/anime.

Frequentemente conhecido e chamado por Hachimitsu no Clover ou Hachikuro, Honey & Clover é um mangá josei escrito por Chika Umino – inclusive sendo a série que a fez mais famosa no mundo – lançado em 2000 e finalizado em 2006, com 10 volumes no total. Para quem gosta de uma boa comédia romântica, Honey & Clover é o mangá/anime perfeito.

Alguns mangás ou animes são baseados na vida escolar e a identificação muitas vezes depende de você estar ou ter passado por essa vida escolar, mesmo que nossa cultura seja bastante diferente da cultura japonesa. A história de Honey & Clover, no entanto, conta sobre a vida de um grupo de universitários. Então, se você está nessa parte da vida ou se já passou por isso, certamente encontrará muitos pontos familiares que te farão sentir nostálgico (realmente tem que já ter uma certa carga para entender tudo o que o anime se propões a passar).  Assim como poderá também se identificar com todo o drama por trás disso: laços de amizade, problemas da vida jovem-adulto, decisões sobre carreira, preocupação com o mercado de trabalho, os estudos, expectativas familiares, o dilema fazer o que gosta versus fazer o que dá dinheiro, amores e amores não correspondidos (esqueça as histórias shoujo, a coisa aqui é muito mais realista) e até as nossas famosas crises existenciais tipo:

Caio Blat em "Histórias De Amor Duram Apenas 90 Minutos"

Caio Blat em “Histórias De Amor Duram Apenas 90 Minutos”

Os pontos que me fizeram apaixonar demais por esse mangá é a forma como o humor é épico e como ele consegue ser fiel aos sentimentos e vivências de quem está nessa transição de jovem para adulto. É uma das séries mais sensíveis que já encontrei sobre o assunto.

Um ano antes do término dos mangás, Chika foi presenteada com uma animação de seu mangá, que totalizou 26 episódios. O anime fez sucesso total e ganhou uma segunda temporada com mais 12 episódios, um Live Action e dois doramas: um japonês e outro taiwanês.

Imagem de anime x dorama japonês e a beleza da comparação das semelhanças.

Imagem do anime x dorama japonês e a beleza da comparação das semelhanças.

A arte de Chika é muito bem detalhada e fofinha, principalmente no quesito roupas dos personagens. O desenvolvimento dos personagens é feito de forma tão profunda, com sentimentos tão palpáveis, tão próximos e de forma tão humana, que é praticamente impossível não sentir atração pelas peculiaridades de cada um.

honey clover 2

Outro detalhe é que eu sou um pouco preguiçosa para ler balões cheios de falas, mas com o tempo fui acostumando. Você é cativado pelo enredo e acaba se deixando levar e sendo absorvido pelas falas e pelo desenrolar da história. A arte é suave, então fica razoavelmente clean.

Assisti as duas temporadas e os especiais, comprei praticamente todos os mangás. Ainda não tenho certeza se o final foi bom ou ruim, só sei que me deixou bastante deprimida. Eu já tinha acostumado demais com os personagens, já fazia parte das minhas lembranças.

DEPRESSÃO

Resumindo a sinopse do mangá, temos o seguinte: Yuta Takemoto, Takumi Mayama e Shinobu Morita são três jovens que vivem no mesmo complexo de apartamentos e são estudantes de uma universidade de arte em Tóquio. Aparentemente, Yuta parece ser o protagonista já que é ele quem narra a história, mas ele não é o único. Muitas vezes as narrações partem de outros personagens também.

O trio parada dura. Na ordem: Mayama, Morita e Takemoto.

O trio parada dura. Na ordem: Mayama, Morita e Takemoto.

Um dia, eles são apresentados à Hagumi Hanamoto, prima de 2º grau de Shuji Hanamoto, professor de arte, que passou a viver com Hanamoto e tornou-se um estudante do primeiro ano da arte na faculdade de arte que todo mundo faz parte.

Acredite se quiser, a nanina aí tem 18 anos. Uma das poucas coisas que achei no mangá é a Chica ter desenhado a Hagu-chan como menininha novinha demais, então dá a impressão de ser meio lolicon, mas é só o traço dela mesmo. Mas que fica estranho... Er, fica mesmo.

Acredite se quiser, a nanica aí tem 18 anos. Uma das poucas coisas que achei no mangá é a Chica ter desenhado a Hagu-chan como menininha novinha demais, então dá a impressão de ser meio lolicon, mas é só o traço dela mesmo. Mas que fica estranho… Er, fica mesmo.

Takemoto e Morita se apaixonam pela Hagu, mas o Takemoto sempre esconde seus sentimentos e tenta ser um bom amigo para Hagu enquanto Morita expressa seu amor de maneiras que parecem apenas para assustar a pobre Hagu, como chamá-la de Mousey” e constantemente fotografá-la e fazê-la passar por situações altamente constrangedoras. 

Honey_and_Clover_vol01_ch02_026Morita é, inclusive, o personagem mais engraçado e WTF da série. Mas se você observá-lo bem, verá que até mesmo ele tem suas profundidades.

O grupo passa a incluir, alguns capítulos à frente, Ayumi Yamada, aluna do curso de cerâmica que é bem conhecida pelo apelido de Tetsujin” (Dama de Ferro).

14 honey and clover

Quando não está na escola, ela ajuda na loja de bebidas da família.  Ayumi é muito popular por sua beleza, mas totalmente apaixonada por Mayama, que por sua vez não corresponde dos mesmos sentimentos. Ao mesmo tempo, Mayama percebe-se perdidamente apaixonado por uma mulher mais velha, Rika Harada, uma amiga viúva do Professor Hanamoto.

Existem vários dilemas intrigantes na história. O dilema de Takemoto sobre seu talento, por exemplo, é uma coisa que eu mesma vivencio no meu curso. O que sentir quando você é só um mero mortal com tantos gênios espalhados por aí e bem ao seu lado? E o que raios fazer assim que meu curso acabar? Nessa discussão temos o dilema da genialidade: tanto Hagu, quanto Morita são gênios. Mas ser brilhante, acima da média, pode significar solidão.

106 honey and clover

Existem também diversas situações cômicas, como por exemplo a discussão sobre os alunos que acreditam que a faculdade é sua casa: o Morita, que mesmo tendo passado mais de 5 anos na faculdade, não se forma dela nunca, haha.

Foi bom ver especialmente a Hagu e o Takemoto crescendo, amadurecendo. Eu mergulhei no anime quando comecei a ler o mangá. Gostei bastante do anime. Sobre o mangá, exatamente por ele ter aquele tom agridoce, tipo “esses são os melhores anos de nossas vidas, aproveitem, porque eles nunca mais vão voltar”, é que eu acho que ele toca e emociona.

Enfim, Honey & Clover mexeu e até hoje mexe muito comigo. Existe até uma metáfora das caixas de Pandora no mangá e no anime! A partir desse momento, passei a idolatrar a Chica Umino. Quem lê, entende bem o que estou falando:

A trilha sonora do anime é simplesmente perfeita. Eu a ouvi milhares de vezes até me enjoar dela.

http://www.youtube.com/watch?v=iBzW3yWZjoM&list=RDiBzW3yWZjoM

Infelizmente, mesmo tendo sido licenciada pela Panini no Brasil, a série não ganhou grande enfoque porque não recebeu a atenção necessária por falta de maturidade do público brasileiro e por falta de propaganda. Pelo que vi na internet, por causa do licenciamento, é impossível encontrar traduções online do mangá. Mas no link acima estão os mangás para venda. Quem quiser ler online em inglês, pode encontrá-lo aqui ou aqui. O anime pode ser baixado aqui. O dorama aqui.

A garantia que posso te dar é que o mangá/anime vale muito a pena! Espero que assim como eu, vocês se deixem apaixonar e se deixem levar pelo mel e pelo trevo, pelo amor e pela sorte.

Beijo da Liao :3

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).