Dica de livros: Veneno, Feitiço e Poder, da trilogia Saga Encantada

28407410_1585031071546825_463647055_o

Os contos de fadas de uma maneira que você nunca viu antes!

Falar sobre os livros da trilogia Encantada separadamente é muito complicado, pois, de um jeito estranho, um completa o outro, nos mínimos detalhes eles estão ligados. O resumo mais básico do básico é que a história é uma releitura dos contos de fadas mais conhecidos. Temos Cinderela, Branca de Neve, Bela e a Fera, Bela Adormecida, até Robin Hood e Chapeuzinho Vermelho.

A ordem de lançamento desses livros, que é uma ótima ordem de leitura também, é Veneno, Feitiço e Poder. Mas a ordem cronológica deles seria Poder, Veneno e Feitiço. De acordo com a autora, Sarah Pinborough, você pode escolher a ordem que quer ler, mas indica a de lançamento mesmo.

trilogia-saga-encantada

Dois personagens são presença constante nos três livros, já os outros vão compondo a trama principal, ou dando uma história de fundo para completar. É uma história enrosca na outra, seja no passado ou no futuro, e quando você percebe descobre que o mundo da história é menor do que imaginava.

As personagens femininas são muito fortes e independentes, e isso incomoda muito alguns homens, o que fica muito claro no primeiro livro. Ver tanto girl power, tanto bom quanto ruim, é demais! É como se reapaixonar pelas histórias que já conhecemos e se identificar de verdade com as mulheres. Elas não são donzelas indefesas precisando de socorro. Elas escolhem seu próprio destino, e fazem o que querem e precisam para alcançar seus objetivos. Não que isso seja sempre positivo.

Os livros são curtinhos, a leitura flui rápido. E cada detalhe que liga com outro pedaço da trilogia, ou cada referência às histórias antigas, arranca um sorrisinho de “entendi essa referência”, e dá mais gosto de continuar lendo.

capitão-américa-referência

E para quem gosta daquelas cenas calientes, têm bastante delas durante a história! Realmente não são livros de amor, tem até cenas mais dramáticas e sombrias, relembrando os contos de fadas originais, que não costumavam ter finais muito felizes. Mas cada personagem tem o final que merece, até alguns inesperados, e isso é revigorante!

Quem escreve? Gabi Orsini

Aspirante a jornalista e bailarina. Conversa até com poste e acha que sabe cantar. Desde que descobriram que é uma sereia, não esconde mais isso. Ama tirar fotos e por o pé na estrada. Tem o dom de ler em qualquer hora e lugar. Sonserina sim.