Dica de Anime: Nagi No Asukara

capa!

Yoooooo! Esta é a minha primeira postagem aqui no GarotasGeeks (depois de tanto tempo observando, agora irei participar ihaaaa!), farei parte principalmente da sessão Otaku do blog, e para começar, irei falar de um anime desta temporada, ou seja, ele ainda está em andamento.

Nagi No Asukara é um anime que eu descreveria como meigo, fofo e agradável aos olhos. Produzido pela P.A. Works (mesmo estúdio de Another) e em exibição desde 03 de outubro de 2013, ganhou uma versão recente em mangá ainda em julho, publicado pela revista Dengeki Daioh (Toradora! e Kanon). Ele ainda está em seu sexto episódio, mas a previsão é que sejam no total 26 episódios.

Os heróis e heroínas!

Os heróis e heroínas!

Enredo

A história se passa em mundo separado em dois: há muito tempo todos viviam no mar, então começaram a surgir humanos do contra que desejavam migrar para a superfície. E assim surgiu a vida na terra. Até hoje essa separação persiste, há uma civilização das águas (de onde são nossos protagonistas) e outra da terra.
Hikari Sakishima, Manaka Mukaido, Chisaki Hiradaira e Kaname Isaki são quatro amigos do secundário que sempre estudaram juntos na escola do mar. Após o fechamento dessa escola, eles se vêem obrigados a mudar para uma escola da superfície. A partir de então a história se inicia, baseando-se no desenvolvimento da relação entre essas quatro personagens e o outro protagonista, o enigmático estudante fascinado pela civilização marítima, Tsumugu Kihara.

Trauma de se apresentar em frente a uma turma nova!

Trauma de se apresentar em frente a uma turma nova!

E claro que, como os japoneses (e adolescentes) são, não é de primeira que os amigos do mar serão aceitos pela nova turma. Eles ainda enfrentarão muitas dificuldades até isso acontecer. E não é só isso, as dificuldades surgirão ainda entre os quatro como, por exemplo, o amor que Hikari sente por Manaka acaba muitas vezes trazendo problemas, como os ciúmes excessivos do garoto em relação ao novo amigo da garota, Tsumugu. E ainda tem mais, a melhor amiga de Manaka, Chisaki Hiradeira, é a típica “corna-cebola” (apaixonada pelo cara que ama a sua melhor amiga, e por esse motivo, jura nunca revelar seus sentimentos). E pra completar essa confusão, Tsumugu, o aparente pivô de todas as discussões no anime, ainda se faz de desentendido em relação a tudo e todos.
Com o decorrer do enredo (eu sei, só vi os seis episódios que saíram, mas deixa eu fingir que conheço a história), eles acabam se acostumando com as novas situações da superfície, e até são aceitos pela turma. Hikari também aceita Tsumugu no círculo de amizades dele, porque, sabe como é, se não pode com o “inimigo”, junte-se à ele.

É ou não é lindo? s2

É ou não é lindo?

Pode parecer uma história de romance colegial, mas ela ainda não se desenvolveu ao ponto de a classificarmos. Pelo menos até o sexto episódio, é perceptível a leve mudança de foco, quando o enredo deixa de centrar nos amigos para centrar-se nas personagens secundárias, como a adorável irmã mais velha de Hikari, Akari. Maaaaas, spoilers a parte, tudo se desenvolve de forma suave e fluída. Ainda restam 20 episódios, muita coisa vai acontecer, novas personagens podem surgir ou sair, e aí sim, poderemos enquadrar a história em um gênero específico. No geral, é apenas um simples anime, de arte formidável e personagens até que cativantes, com uma história leve.

Personagens

Hikari Sakishima (dublador: Natsuki Hanae) – O esquentadinho.
Amigo de infância de Manaka, está sempre muito preocupado com ela. Como possui um temperamento difícil, tende a magoar as pessoas próximas sem perceber, apesar disso, busca sempre cuidar delas. Possui sentimentos amorosos em relação a Manaka, e por isso, sente muito ciúmes da relação dela com o garoto da superfície Tsumugu Kihara. A medida que vai conhecendo mais sobre a civilização da terra, amadurece a sua personalidade e passa a aceitar -ainda que devagar- os humanos da superfície.

Manaka e Hikari

Manaka e Hikari

Manaka Mukaido (dubladora: Kana Hanazawa, a mesma da Shiemi Moriyama de Ao No Exorcist) – A meiga.
A típica personalidade infantil do grupo, aparenta ser frágil, indecisa e desajeitada, por isso necessita sempre de alguém próximo pra cuidar dela (na maioria das vezes, Hikari ou Chisaki). Apesar disso, tenta sempre entender os sentimentos de todos para que possa ser aceita pelas pessoas. Acredita ter sentimentos por Tsumugu, mas fica incerta, já que as pessoas do mar e da superfície são proíbidas de manter relacionamentos amorosos. Doce, fofa, meiga, descuidada, mas bastante forte por dentro, esta é a Manaka.

Chisaki Hiradaira (dubladora: Ai Kayano, a mesma da Memma de Ano Hana) – A protetora.
Melhor amiga de Manaka, é bastante protetora. É a típica “mãezona”, quer sempre cuidar de todos e dar conselhos para que as pessoas se sintam bem. Tem fortes sentimentos por Hikari, mas prefere deixar para si pois sabe que o garoto ama a sua melhor amiga, Manaka. Para mim é uma das personagens mais adoráveis, mesmo ganhando pouco destaque no enredo, pelo menos até agora.

Chisaki e Kaname.

Chisaki e Kaname.

Kaname Isaki (dublador: Ryota Ohsaka) – O conselheiro.
O mais observador, possui uma personalidade racional e madura demais para a idade. Apesar de muito gentil (e um conquistador em potencial de corações), não gosta de se intrometer nas relações e intrigas dos amigos, mesmo preocupando-se com eles. Na história, fica subentendido que ele possui sentimentos por Chisaki. Assim como ela, ganhou pouco destaque até agora.

Tsumugu Kihara (dublador: Kaito Ishikawa, mesmo do Manatsu Souda, de Red Data Girl) – O gentil.
O enigmático estudante da superfície, conhece Manaka quando acidentalmente a pesca do mar, já que seu pai é um pescador. Bastante virtuoso e cuidadoso, nutre uma profunda admiração pela civilização marítima, pois seu avô veio de lá. Particularmente, é uma personagem apagadinha, mesmo sendo o terceiro protagonista mais importante. Com o decorrer do enredo, desenvolve uma amizade (quase impossível) com Hikari.

Vai uma carona aí?

Vai uma carona aí?

E CLARO, que eu tinha de apresentar o Uroko-sama, vulgo “Meu Amôzão” (dublador: Kousuke Toriumi, o Kiba Inuzuka de Naruto)
Pode não ser uma personagem tão importante, mas é a minha favorita. É o sábio do mar, sua missão é garantir que todos sigam as leis para que a civilização marítima não se extingua. Praticamente uma criança crescida, é pervertido e viciado em saquê. Garante a comédia do anime, e mesmo se fazendo de desentendido, sabe sobre tudo e todos (óbvio, ele é o sábio do mar).

Amôzão da plemos.

Amôzão da plemos.

Sonoplastia e design

Eu particularmente gosto muito dos gráficos, acho que foi o principal motivo pra eu começar a acompanhar a história. Sempre muito colorido e bem desenhado, os ambientes nos passam uma sensação leve, agradável. As cenas no mar são as melhores, você realmente fica com vontade de morar ali. As personagens são meigas, com grandes olhos e corpos comuns, nada muito exagerado, dá até vontade de pegá-las para si (e criar num aquário hahaha). Enquanto a trilha sonora, possa ser que o anime não apresente tantas músicas de fundo, porém tanto a abertura quanto o encerramento são bem adequadas para a proposta do enredo. A abertura é o melhor, até as imagens são surreais.

O dia em que Tsu pescou uma sereia: cabeça de mulher, corpo de baleia hahaha

O dia em que Tsu pescou uma sereia: cabeça de mulher, corpo de baleia hahaha

Dubladores

Como especificado nas personagens, conta com uma boa equipe de dubladores. Eu gosto muito de comparar as vozes dos personagens de um determinado anime com personagens de outro anime. Às vezes chego até a confundir os nomes, por apresentarem o mesmo dublador. A minha favorita da equipe é a Kana Hanazawa, sempre fazendo uma dublagem formidável, ela incorpora a personalidade da protagonista e faz um belíssimo trabalho.

Vale a pena?

Depois do fracasso de Red Data Girl (minha humilde opinião), a P.A. acertou em cheio com essa produção. Mesmo eu não gostando de animes do gênero, muito coloridos ou até meio infantis (até porque meus favoritos são Death Note e Psycho-Pass), para mim ele foi um dos mais esperados da temporada. O trailer por si só já é uma alegria para os olhos. E eu certamente não me decepcionei, a história pode deixar a desejar um pouco (ah, qual é, só saíram seis episódios), mas você, com o decorrer da série, se sente empenhado em continuar acompanhando, e volto a repetir, a delícia que são as imagens compensa qualquer outro defeito que possa surgir. Bato palmas em pé para o responsável pela qualidade dos gráficos. Mas a história em si não é tão ruim, assim como eu disse no início, é leve, gostosa de assistir. Não passa tantos assuntos sérios, embora o enredo esteja meio que se desenvolvendo nesse rumo. As personagens também são bem cativantes, mas nada muito inesperado, com exceção do Uroko-sama, a coisa mais linda e adorável de todo o oceano <3. Para mim, Nagi no Asukara entra facilmente na lista dos melhores desta temporada.

Aqui você pode ver online e aqui faz o download em HD diretamente de um dos fansubs que fazem o trabalho de tradução!

~~ Meiga e abusada ~~ ~~ Meiga e abusada ~~

No mais, irei tentar atualizar semanalmente a sessão Otaku, trazendo animes da temporada ou algum passado que eu goste muito (queria começar com Psycho-Pass, mas sou um ser humano subdesenvolvido demais para descrever o enredo genial desta obra de arte), além de algo relacionado com a cultura asiática em geral. Se alguém sentir necessidade de citar alguns, fique a vontade e deixe nos comentários. See ya ~

Quem escreve? Paula

Apaixonada por rpgs, doces, gatos e cultura asiática em geral. Futura maior detetive do mundo ~L não tem nada a ver~. Sonha com o dia em que vai poder gastar fortunas em figures-action. No mais, a leonina gorda que nunca dorme.