Death Parade: Um momento de desespero pode mudar sua vida!

death-parade2

Você vai para o céu ou para o inferno? Prepare-se para ser julgado mediante situações de extremo pânico e desespero! Que os jogos comecem!

Olá pessoas, alienígenas, pokémons e afins! Sou a Mindy, uma nova aprendiz de feiticeiro da equipe GG e estou aqui para abordar um anime produzido pelo estúdio MadHouse (SIM! Aquele que produziu Sakura Cardcaptors!) que originalmente veio de um projeto iniciado em 2010, hoje chamado de “Anime Mirai”, conhecido pelo financiamento da produção de quatro curtas realizados por animadores jovens, como um incentivo do governo japonês para a produção local de animes! Conheçam Death Parade, o anime inspirado no curta Death Billiards da edição de 2013 do Anime Mirai.

Enredo

Quando uma pessoa morre na Terra ela vai para o céu ou o inferno. No universo de Death Parade, sempre que duas pessoas morrem ao mesmo tempo, são mandadas ao Quindecim, um boteco chinfrim barzinho de diversos andares, onde um atendente misterioso do 15º andar chamado Decim os recepciona, convidando-os para jogar o Death Game. A abordagem é bem interessante, porque essas pessoas perderam a memória e não lembram de absolutamente nada, por isso apostam suas vidas já que não sabem que estão mortas porque né nesse jogo mortal, onde suas verdadeiras naturezas são reveladas. No decorrer do jogo, suas memórias vão voltando vagarosamente, enquanto Decim, o árbitro, decide por aquilo que vê entre aqueles que irão para o céu – a reencarnação – e o inferno – o vácuo.

death-parade-1

A grande jogada é que não se trata apenas de ter a chance da reencarnação ou de ser esquecido para sempre, mas sim do peso que se carrega quando os personagens descobrem o que fizeram em vida e o porquê de estarem ali. Decim é caracterizado por sua frieza, pois acredita fielmente que um bom árbitro é aquele que julga de acordo com a racionalidade – visão esta que muda quando conhece a “mulher de cabelos negros”, cujo nome verdadeiro é revelado posteriormente. O anime provoca a reflexão de nossas atitudes, trazendo a máxima “plantamos aquilo que colhemos”.

 

Personagens Principais

Sem mais delongas e desviando de todos os spoilers!

Decim

É o personagem principal, o bartender do 15º andar do Quindecim, responsável pela supervisão do Death Game. Ele tem um hobby doentio interessante: fazer bonecos parecidos com os “clientes” que já atendeu no bar que parecem mais manequins malucos.

death-parade-2

Mulher de cabelos negros

É uma humana que não tem memória nem de seu próprio nome. Trabalha como assistente de Decim, aprendendo o método que ele utiliza para julgar as almas humanas. Apenas Nona, que comanda toda a torre do bar, sabe o que ela faz entre eles, já que é uma humana. Ela não concorda com os métodos de Decim e por vezes interfere nos julgamentos, aflorando o lado sentimental dele.

death-parade-3

 Nona

É chefe de Decim, responsável pelo comado da torre. Trabalha no 90º andar e por vezes supervisiona os jogos.

death-parade-4

Fala mal, mas ama o Decim como todos nós <3

Ginti

É o juiz do 20º andar. Ele tem um jeito meio bad boy e curte ver os humanos sofrendo. Mas no fim a gente acaba gostando dele – ou não.

Agora entretenham-me por tudo o que vocês valem, humanos.

“Agora, entretenham-me por tudo o que vocês valem, humanos.”

Clavis

É o assistente dos elevadores da torre. Está sempre sorrindo. Ou seja, ELE É AQUELE QUE ANIMA TUDO. Vejam por si mesmos:

Isso mesmo, aquele maluco do círculo vermelho HUEBR

Isso mesmo, aquele maluco do círculo vermelho HUE-BR

Tem bem aquele jeitinho senpai amor-doce

Tem bem aquele jeitinho senpai amor-doce

Quin

Cuidava do 15º andar antes de Decim aparecer. Ela é bem otimista e está sempre preocupada com a adaptação de Decim.

death-parade-8

Deixe-me apresentá-la. Essa é Quin

Oculus

Ocupa uma posição acima de Nona e é como um “deus” criador do sistema de arbitragem. Passa a maior parte do tempo jogando bilhar. Ele é BEM esquisito excêntrico.

death-parade-9

 

Análise “Técnica”

Um bom anime não é feito apenas de enredo. Seus traços são bonitos, leves. O ambiente é sempre muito detalhado e a iluminação é bem fiel às cenas de bar representadas em filmes e seriados, com direito a aquário, luzes azuladas e amareladas e cortina de fumaça (dependendo do jogo escolhido na roleta). Outros detalhes que chamam a atenção são o vitral localizado atrás do bar – como se vê na primeira imagem do post – e um lustre de cristal que aparece na abertura do anime. Também me chamou a atenção as máscaras do elevador que mudam a expressão dependendo da decisão do juiz.

 

death-parade-gif

 

death-parade-gif-2

Mulher de cabelos negros divando <3

Conclusão

É fácil se surpreender com o anime, já que muitas vezes a questão morte-vida é explorada de formas inesperadas pelo criador. Vale muito a pena: é um anime relativamente curto, com personagens encantadores e um enredo envolvente. Embora os episódios se constituam de casos isolados, já que a cada episódio é um novo julgamento, existe uma trama em segundo plano que revela a relação dos personagens e a identidade da misteriosa mulher de cabelos negros. Prepare-se para se emocionar!

Onde assistir?

Gostou? Assista aqui ou baixe em HD aqui.

Quem escreve? Mindy (Yasmim Alvarez)

Cosplayer e graduanda em Direito. Amante de World of Warcraft, invencível no Super SmashBros, Batman-lover e fã de carteirinha da Princesa Zelda. Queria ser a toda-poderosa Sailor Moon, mas se contenta em ser apenas uma princesa da Disney nas horas vagas