5 Motivos pelos quais você deve voltar a jogar World of Warcraft

guldan

Há algum tempo a Blizzard vem soltando novas informações sobre a futura expansão do World of Warcraft, Warlords of Draenor. Eles já divulgaram um monte de coisa sobre a história (e tem um post que explica tudo direitinho aqui), o mundo alternativo de Draenor (Outlands, o planeta original dos Orcs) no passado que vamos visitar, a nostalgia, etc! Mas, recentemente, todas as informações foram somando e, antes que você pudesse piscar ou dizer “Lok’Tar Ogar!”, várias pessoas estavam falando sobre WoW e ameaçando voltar a jogar.

Mas nós sabemos que não é fácil assim… WoW é um jogo antigo (está fazendo 10 anos!), é um jogo que consome vidas (quem não tem um amigo que ficou realmente viciado?) e além disso o pagamento é por mensalidade, sem contar a compra das expansões, que não são baratas.

Mas, mesmo assim, muitas pessoas estão voltando e há vários motivos para acreditar que é uma ÓTIMA hora para voltar ao World of Warcraft. E, se você é desses que, assim como eu era, acha que não consegue ter paciência para jogar um MMO nunca mais: prepare-se para mudar de ideia.

 

1) Todos os seus amigos estão voltando. E jogar MMO é bom quando se está com os amigos.

WoW character creation

Uma coisa que aprendi sobre MMO e que qualquer pessoa que tentou jogar um sem nenhum amigo sabe que é verdade: jogar MMO sozinho é uma m… uma droga. Você entra no jogo, fica todo feliz criando seu personagem, escolhendo cabelinho, nomezinho, clica em entrar… Aí pega as primeiras quests. Sobe 1, 2 levels. 1 ou 2 de 90 ou até mais… E aí começa a bater aquele peso na consciência: “meu deus, esse mundo é enorme”. “Meu deus, não tenho tempo para isso, vou desperdiçar tantas horas da minha vida”.

E sim, é assim mesmo. A não ser que você tenha outros amigos loucos jogando com você! Quando o aspecto social entra em cena, tudo muda. Pegar levels com alguém é outra experiência, seja falando no skype, no chat, ou melhor ainda se for fazendo Quests junto!

Para viciar em um MMO não basta ele ser bom (coisa que WoW certamente é, e surpreendentemente muito bom para um jogo de 10 anos de idade!), você também precisa ter amigos nele. E se os seus amigos voltarem, aproveite para voltar também, porque vale a pena ver todas as coisas novas – e reviver as antigas!

 

2) Para quem não joga há muito tempo: Várias partes do mundo estão diferentes desde a última  vez, por causa do Cataclysm.

TheBarrens

O que é isso? Uma floresta no meio de The Barrens? E o que é essa fenda enorme ali no canto?

Se você não joga desde o Wrath of the Lich King, a segunda expansão, ou até desde antes, vai encontrar muita coisa mudada. O que é ótimo! Com a expansão do cataclysma, não só uma série de aspectos do jogo foram mudados (a maior das mudanças provavelmente é a saída das árvores de talentos e a chegada de um novo sistema bem mais simples), como várias áreas inteiras foram modificadas, e quests também.

Algumas regiões, como The Barrens, estão bem diferentes. Sim, The Barrens, essa mesmo! Se você jogou WoW nas antigas, lembra do famigerado “barrens chat”, o canal de chat dessa região, que era um acumulado de piadas da internet e estupidez sem sentido.

Chuck Norris - o herói do Barrens chat.

Chuck Norris – O chat da região de Barrens era inundado de piadas dele todo dia

Bom, The Barrens e outras regiões estão BEM diferentes porque foram afetadas pelo Cataclysm, um evento que alterou a geografia de Azeroth de diversas maneiras. Por isso, algumas regiões serão bem diferentes do que você vai se lembrar – e com isso as quests vão ser novas também.

E por falar em quest, as quests iniciais de várias raças foram alteradas. Eles refizeram o começo de cada classe para refletir as mudanças na história do mundo! Portanto, voltar para o WoW agora depois de tanto tempo é uma mistura de nostalgia de ver as coisas antigas, e de surpresa em encontrar as coisas modificadas. Sinceramente, essa mutação que o jogo sofre aumenta ainda mais a sensação de que você está em um MUNDO de verdade, vivo, e não só em um MMO com mapa grandinho.

 

2) A nova expansão é – CHEIA! – de nostalgia

grommash hellscream

Se você andou acompanhando as mudanças que a nova expansão vai trazer, deve estar animado. Como foi explicado nesse outro post aqui, na história de Warlords of Draenor nós vamos voltar no tempo e visitar um mundo de Draenor diferente: antes dos orcs beberem sangue de demônio e invadirem Azeroth.

O que isso significa? Que uma série de personagens que você conhecia dos jogos de RTS de Warcraft 1, 2 e 3, ESTARÃO DE VOLTA! Se você sentiu falta de Grom Hellscream e Gul’dan, ou se tinha curiosidade sobre o passado deles, agora é a hora.

Além disso, uma das dungeons mais icônicas do WoW clássico vai ser refeita: Upper BlackRock Spire. Ela pode não ser a mais bem lembrada (na verdade todos odiavam ela por ser MUITO difícil e confusa), mas é a que imortalizou o Leeroy Jenkins, jogador que virou meme e até uma carta no Hearthstone! Seu corpo está lá até hoje para ser lembrado de seus feitos.

Nagrand, uma das zonas mais legais de Outlands da Burning Crusade, também vai ser refeita. E promete ser muito bonita e ao mesmo tempo lembrar a antiga (ou seria mais nova?).

new nagrand

E aí, isso já é suficiente para você?

 

3) Essa é a melhor parte para muitos: NOVOS MODELOS DE TODAS AS RAÇAS!

new human model

Dá para ver uma super diferença nos rostos!

Sim, seu personagem não vai mais ter cara de feioso e antigo: todas as raças terão modelos novos! Apesar de WoW ainda ser um jogo que você olha e acha bonito, os modelos dos personagens estavam defasados, e a gente já tinha comentado que iam fazer uma cirurgia plástica neles. O que é mais do que  bem vindo, principalmente para as raças clássicas, já que as que foram introduzidas depois já tinham um pouquinho mais de polígonos e eram bem mais bonitinhas. Mas o undead, o orc, o humano e o anão, por exemplo, nossa, VÃO MELHORAR MUITO!

E aqui um vídeo de comparação dos gráficos dos modelos de antes e depois de Warlords of Draenor. Repare nas barbas e cabelos, como elas balançam com o seu personagem agora! hahaha

 

Para quem quiser ver mais, a Blizzard tem lançado uma série de posts chamada ArtCraft, que comenta esse remake dos personagens e aspectos da arte do Wow! É bem interessante, vale a pena ler.

Para um jogador antigo e apaixonado, com certeza isso é BEM tentador. Agora você pode começar um personagem novo com modelo novo, MUITO mais bonito, e dependendo da raça ainda fazer quests iniciais totalmente novas, de acordo com as novas storylines. E, para completar, pode escolher upar em áreas antigas ou visitar áreas que agora estão diferentes depois do Cataclysm.

 

4) Você pode ir DIRETO ao lvl 90 e já começar jogando com seus amigos viciados.

level 90 boost

OU, você também pode pular a parte de upar, que tantos já cansaram de fazer, e ir direto pro end-game! Com a compra da nova expansão, você ganha o upgrade de 1 personagem para o level 90. E atenção! Se o seu personagem for level 60 ou mais, você TAMBÉM ganha o upgrade de todas as profissões até o level máximo (!!). Pois é, muito tempo E gold economizado!

Sempre vale a pena ver de novo esse comercial do gnominho!

Bom, eu concordo que apertar um botão e ir para o end-game é meio Pay 2 Win e tal. Você pode até achar chato isso de apertar um botão e ter tudo upado para você, mas acho que vale a pena pensar duas vezes: WoW é um jogo que vale a pena com os amigos. Se você tem amigos que já estão no level 90, o jogo para eles é totalmente diferente de alguém que está upando ainda, o que significa que você só vai jogar com eles quando chegar lá também.

Então, se você sente que não vai ter saco de upar sozinho, e tem vários amigos no end-game, eu diria que essa é a melhor maneira de voltar! E no level 90 os personagens são tão fortes que podem fazer sozinhos várias raids antigas — como matar o Illidan e o Kael’thas! Por quê não apertar um botão e poder escolher que parte da história você quer ver primeiro?

 

5) Você usa até hoje um mouse pad do World of Warcraft.

illidan mouse pad

Se você até hoje usa um acessório como esse, que mostra como você gostava do jogo, ou como é fã das artes da Blizzard, pode ser hora de voltar. O meu do Illidan me acompanha há mais de 5 anos, desde a época em que eu jogava na Burning Crusade, e é incrível voltar a jogar o mesmo jogo agora, AINDA usando ele! Recentemente eu descobri que vários dos meus amigos TAMBÉM tem mouse pads ou até mats de WoW TCG que usam até hoje. Sinal de que WarCraft marcou  nossa vida e ainda é muito especial para a gente. E por isso o chamado de voltar para o WoW é tão forte e tentador! E sinceramente, depois de voltar, o jogo não decepcionou, então acho que ele merece uma tentativa! 🙂

 

WoW everything claim your destiny

Gul’Dan nos espera em Draenor! E aí, quem se rendeu ao WoW?

 

 

Quem escreve? Camilla

Co-fundadora, artista 2D e designer do estúdio de games independente BitCake Studio! É apaixonada por internet, novas tecnologias e por fuxicar produtos digitais de todo tipo online. Quando não está trabalhando no jogo do estúdio, Project Tilt, tem que tomar cuidado para não se re-viciar em Pokémon!