E o hype já tá na estratosfera!

O que você precisa fazer antes de jogar Dragon Age: The Veilguard? Na real nada. Você não tem obrigação de correr atrás de informações de uma franquia de games que está no mercado desde 2009. Muito provavelmente The Veilguard será gentil com quem está adentrado a série pela primeira vez.

Teremos personagens que já participaram de outros jogos como Varric, Solas, Inquisidor(a) e Lace Harding, que poderão contextualizar sobre os últimos acontecimentos no mundo de Thedas. Aparentemente, teremos participações especiais de outros personagens que podem servir tanto para os momentos de nostalgia como para relembrar acontecimentos ao longo da franquia. Fora isso, em todo jogo existe o Códice (Codex, no original), onde ficam reunidas histórias sobre o passado, povos e a cultura de Thedas, caso tenha paciência para ler porque é bastante informação.

E só para você saber, já estou assim desde o teaser apresentando os personagens durante a Summer Game Fest:

Imagem tirada do Twitter/X

Vamos começar?

Dragon Age: Absolvição

Você pode começar por algo fácil e leve como assistir Dragon Age: Absolvição. Os seis episódios estão disponíveis na Netflix. A animação se passa em Tevinter, com um grupo que precisa invadir uma mansão e roubar um artefato. Só para contextualizar, Tevinter ainda não foi mostrada nos games e é um local onde é permitida a magia de sangue e escravidão de elfos. Dragon Age: Absolvição se tornou uma excelente adaptação de uma franquia consagrada assim como Castlevania e Arcane.

Leia também: Review | O problema de Dragon Age: Absolvição é que acaba

Jogar os games

Essa é a dica mais óbvia, mas ao mesmo tempo difícil de seguir porque requer bastante tempo e encarar gráficos 3D que não envelheceram bem. A trilogia é constituída por Dragon Age: Origins (2009), Dragon Age 2 (2011) e Dragon Age: Inquisition (2014).

A Bioware ainda não lançou uma versão remasterizada para a nova geração de consoles, como fez com Mass Effect: Legendary Edition. Bem que podia ter lançado uma edição especial reunindo os três jogos para (re)apresentar o mundo de Thedas. Só nos resta esperar que DA: The Veilguard faça sucesso para relançarem a trilogia. Caso envelhecimento dos gráficos não seja um problema para você, é possível jogar todos os games no PC. Atualmente os três jogos estão com 90% de desconto na Steam até dia 27 de junho.

Caso não tenha interesse, tempo ou paciência para jogar tudo isso, você pode ler os reviews de DA:O e DA2 e as primeiras impressões de DA:I que eu escrevi há alguns muitos anos atrás:

[Review] Dragon Age: Origins

Dragon Age 2: Um RPG de escolhas

8 ótimos motivos para jogar Dragon Age: Inquisition

Quadrinhos

A Bioware gosta de investir em narrativas transmídias para os seus jogos, e com Dragon Age não seria diferente. O problema é que algumas HQS ainda não foram lançadas no Brasil com tradução, mas podem ser compradas em sites como a Amazon (algo que não é viável para todo mundo por motivos de preço e por ser em outra língua). A Jambô Editora lançou as versões traduzidas de O Trono Usurpado, O Chamado e Despedaçado. Os quadrinhos são escritos pelo roteirista dos jogos, David Gaider. Além disso, também é possível jogar o RPG de mesa de Dragon Age para conhecer melhor o mundo criado para o jogo.

Ler matérias no Garotas Geeks

Acompanhe as novidades sobre o novo jogo aqui mesmo no Garotas Geeks. A nossa colaboradora Clarice França já escreveu ótimos artigos explicando os vídeos e informações divulgadas pela Bioware até hoje sobre Dragon Age: The Veilguard. Confira:

O que já sabemos sobre os personagens de Dragon Age: The Veiguard

Destrinchando o vídeo de gameplay de Dragon Age: The Veilguard

Dragon Age: The Veilguard | Confira as informações divulgadas no Q&A

Rituais com sangue, Solas e Evanuris, cadê Varric? | Novidades de Dragon Age: The Veilguard

Leia mais sobre Dragon Age no GG!

Compartilhe: