Yumekui Merry: o que você faria se estivesse preso no mundo dos sonhos?

Merrydestaque

Observação: o mundo dos sonhos do mangá não é necessariamente bom.

Yumekui Merry é um mangá seinen de fantasia escrito por Yoshitaka Ushiki e publicado na editora Houbunsha na revista Manga Time Kirara Forward. Posteriormente, surgiu uma adaptação pra anime de 13 episódios produzida pela J.C.Staff, que foi exibida no período de 06 de janeiro de 2011 a 07 de abril de 2011.

Existem ligeiras diferenças entre o anime e o mangá, mas no geral dá pra relacionar tudo em uma única resenha 😀

yumekui-merry-dreameater-merry-review-anime-manga

História

Acompanhamos a história de Yumeji Fujiwara, um jovem estudante que tem o poder de ver a aura dos sonhos de outras pessoas através de cores (os pesadelos, por exemplo, são identificados pela cor preta). Por isso, ele é uma espécie de vidente, já que ele consegue prever o que a pessoa sonhou aquela noite e, inclusive, o que ela vai sonhar na noite seguinte. Esta habilidade surgiu há dez anos e, desde então, ele começou a ter sonhos estranhos com gatinhos o perseguindo… Então, com o passar dos sonhos, ele acaba conhecendo o “chefe” do exército de gatos, chamado John Doe (nome de gente!!!), que nada mais nada menos QUER O CORPO DE YUMEJI NU para ir ao mundo real e dominar o mundo.

yumekui-merry-dreameater-merry-review-anime-manga-2

As coisas já estavam meio malucas e assustadoras quando, um dia, Yumeji estava voltando da escola e uma garota estranha, chamada Merry Nightmare, cai em cima dele. Esta garota é uma das habitantes do mundo dos sonhos que está buscando uma forma de voltar para o seu mundo (ela é do mundo dos sonhos e não sabe como foi parar no mundo real!). Comovido (e achando que isso vai acabar ajudando a resolver o seu próprio problema), Yumeji decide ajudá-la. E gente… depois deste dia, ele começa a ir pro mundo dos sonhos mesmo sem estar dormindo. Aí começa a treta.

yumekui-merry-dreameater-merry-review-anime-manga-1

Neste ponto, então, embarcamos em uma história sobre os sonhos e os demônios dos sonhos, que também tentam usar as pessoas do mundo real para escapar para a realidade. Alguns demônios são maus, outros nem tanto… Inclusive, há alguns que fazem acordos com os humanos para viver dentro deles, compartilhando o corpo… Bizarro.

Há também um outro ponto interessante. Quando um demônio morre, você perde o seu sonho, sua aspiração… Isso é explorado de uma forma bem interessante no decorrer da história.

No mais, a história se desenrola com o envolvimento entre Yumeji e Merry, a observância de John Doe e a existência de outros demônios que também querem ferrar os humanos (e aqueles que nem tanto)!

Animação/Arte

Em minha opinião, embora parecidos, a arte pareceu muito melhor no mangá do que no anime. Não sei se é porque no mangá vemos tudo de forma mais detalhada, mas tive a impressão de que pelo menos nas lutas o mangá chama muito mais a atenção.

yumekui-merry-dreameater-merry-review-anime-manga-4

Confira aqui uma cena da luta entre Merry Nightmare e John Doe:

yumekui-merry-dreameater-merry-review-anime-manga

No mais, gostei bastante. O anime, naturalmente, explora muito mais os cenários do que o mangá, que busca enfatizar os personagens (exceto quando há demonstração de cenário do mundo dos sonhos).

Trilha sonora do anime

A trilha sonora é A CARA DO ANIME, desde as letras até os instrumentos musicais. Por exemplo, a ending é chamada “Yume to Kibou to Ashita to Atashi” que significa”Sonhos, Esperanças, o Amanhã e Eu”. É simplesmente incrível. Confira:

Vale a pena?

Antes de mais nada, SIM!!!!

Apesar de o anime não ter um gênero definido (ao menos pra mim, já que não é bem um seinen, não é comédia, não é romance, não é drama), a história é muito interessante, especialmente por explorar a dinâmica do universo dos sonhos (e por mudar diversas vezes a perspectiva da história). O anime é bem curtinho, então recomendo assistir pra começar 😀

yumekui-merry-dreameater-merry-review-anime-manga-3

Imagens: reprodução Yumekui Merry Wikia

Quem escreve? Mindy (Yasmim Alvarez)

Cosplayer e graduanda em Direito. Amante de World of Warcraft e Ragnarok, invencível no Super SmashBros, Batman-lover e fã de carteirinha da Princesa Zelda. Queria ser a toda-poderosa Sailor Moon (ou até mesmo a Princess Serenity) mas se contenta com a forma comum da Usagi.