Vamos combater o bullying com literatura: “Meu pai cria pinguins”

meu pai cria pinguins destaque

Conheça e apoie o financiamento coletivo para produção e distribuição de 400 exemplares do livro para escolas de todo o país

Já imaginou combater o bullying, o preconceito e a intolerância utilizando a fantasia e a literatura como instrumentos? O jovem escritor mineiro Gabriel Goecking Ferreira, de 14 anos, imaginou e escreveu um livro! “Meu pai cria pinguins” foi lançado em 2016 e teve 100 exemplares distribuídos para bibliotecas em Belo Horizonte e região metropolitana da capital mineira.meu pai cria pinguins capa

Agora Gabriel quer produzir mais 400 exemplares que serão doados para escolas no país todo e você pode ajudar a tornar esse sonho realidade! A meta do projeto de financiamento coletivo no Catarse do livro “Meu pai cria pinguins” é de 16 mil reais.

Os pais, educadores e alunos interessados em receber exemplares de “Meu pai cria pinguins” podem pedir para a bibliotecária, coordenadora ou diretora da escola enviar um e-mail para [email protected] A mensagem deve conter o nome da escola e o endereço completo, para receber uma edição do livro após a conclusão do financiamento coletivo, previsto para janeiro de 2018. Gabriel Goecking Ferreira

O livro “Meu pai cria pinguins” foi especialmente elaborado para crianças de 7 a 10 anos, mas vai agradar leitores de todas as idades. A publicação aborda temas como a questão da exclusão, do bullying, da adoção, dos novos modelos de família, da obesidade infantil, tolerância ou intolerância com as diferenças, superação de dificuldades, realização de sonhos, esperança por um futuro melhor, dentre outros.

O projeto de financiamento coletivo de “Meu pai cria pinguins” dispõe de dois tipos de apoios: A cada 20 reais doados, você pode indicar uma escola para receber um exemplar do livro. Empresas também podem contribuir, doando 500 reais ou mais e poderão ter a logomarca impressa no verso do livro, na parte de apoio cultural.

autores- meu pai cria pinguins

Rodrigo, Gabriel e Júlia

Autores
Gabriel Goecking Ferreira tem 14 anos e está no 9º ano do ensino fundamental. Gosta de praticar esportes, de desenhar e de música. “Meu pai cria pinguins” é o terceiro livro de Gabriel, autor também de “Gabriel Nuvem” (2012) e de “E se fosse comigo?” (2013).

Rodrigo Mendes Ferreira é pai do Gabriel. É psicólogo e psicanalista, Especialista em Psicologia Clínica e Mestre em Filosofia.

Júlia de Jesus Rodrigues da Costa – Ilustradora. É graduanda de Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFMG. Atua em diversos projetos de ilustração e publicação independente, como o zine “Nicotina I” e a “Novelinha de Rubinho do Vale”.

E aí, curtiu o projeto? Quer contribuir para combater o bullying, a intolerância e o preconceito em todo o país, e ainda estimular o amor pela leitura? Então apoie o financiamento do livro “Meu pai cria pinguins”!

Quem escreve? Luciana

Jornalista, Relações Públicas, Especialista em Gestão da Comunicação e Mestranda em Análise do Discurso. Rpgista de longa data, trekker (Vida longa e próspera!) e whovian (Allons-y!)... Gosto da natureza, de literatura, HQs, cinema, séries de TV, rpg, board games, de música boa (rock and roll) e de nerdices em geral! Adoro preparar quitutes e receber os amigos. Insisto em ser feliz e sou altamente convivível! E amo o Leo - o maridão e personal-particular-chef!!!