Um bando de homens raivosos está floodando negativamente as análises de Capitã Marvel

captain-marvel

O filme está recebendo comentários negativos de homens que não conseguem lidar com uma super-heroína protagonista e nós não estamos nem um pouco surpresas. ¯\_(ツ)_/¯

Apesar de ainda faltar três semanas para o lançamento do filme, Capitã Marvel já está sofrendo um “review bomb” (ataques coordenados com avaliações negativas) no site Rotten Tomatoes. E os comentários não são de críticos especializados ou jornalistas, mas de um bando de homens impotentes e raivosos invadindo as análises do público com seu ódio. E de onde vem esse ódio? De muitos lugares.

Homens em porões ao redor de todo o mundo estão protestando contra Brie Larson, seu posicionamento feminista e liberal, sobre como Capitã Marvel é um filme para “guerreiros da justiça social” e, é claro, sobre como odeiam as mulheres e não têm amor em casa. Mas uma pausa para reflexão é necessária: será que “guerreiros da justiça social” é realmente uma ofensa? Tipo, é uma qualidade bastante positiva e o nome até lembra o de um super-herói. Talvez precisem encontrar outra forma se o objetivo é ofender.

O ponto desse tipo de ataque é tentar afastar o público médio, baixando a “classificação média” do filme de forma a desencorajar que o filme seja assistido. Algumas vezes isso funciona, como no caso de Caça-Fantasmas (2016), que teve o trailer massacrado no YouTube, assim como uma inundação de notas 1 (mínimo possível) no IMDb. O filme inclusive adicionou uma cena com as Caça-Fantasmas lendo comentários maldosos na internet sobre elas, em um momento de meta-consciência.

Outros filmes submetidos a ataques do tipo foram Star Wars: Os Últimos Jedi (com o fandom tóxico de sempre) e Pantera Negra, tendo sido ambos alvo de trolls racistas. O Facebook inclusive teve de agir e excluir um grupo que recrutava pessoas para escrever análises ruins sobre Pantera Negra no Rotten Tomatoes. O grupo contava naquele momento com mais de 4 mil membros.

As vontade que dá quando a gente lê essas bosta

Apesar de nenhum deles ter sofrido de fato nas bilheterias (os dois arrecadaram mais de um bilhão de dólares cada) ou nas análises dos críticos (ambos com avaliação acima de 90 em uma escala de 0 a 100), o ódio virulento e racismo explícito resultaram em Kelly Marie Tran e Daisy Ridley se afastando das redes sociais. É frustrante e desmoralizante que um pequeno mas barulhento grupo de trolls possam tornar a vida de alguém infeliz em suas redes sociais.

E apesar de os trolls estarem atualmente apontando seu ódio para Carol Danvers, isso dificilmente afetará a bilheteria do filme ou a recepção da crítica. O filme tem uma expectativa de bilheteria de 120 milhões de dólares no final de semana de seu lançamento, e o valor não para de subir. E isso sim é algo maravilhoso.

E como a gente já falou aqui anteriormente, botem uma dentadura no cu e vão sorrir pro caralho, caras. Vai ter mulher como personagem mais forte da porra toda na Marvel sim senhores. FI-NAL-MEN-TE.


Fonte: TheMarySue

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).