Top 5 personagens de RPG que são pura inspiração!

banner_woman

Seja no video game ou no papel, essa mulherada arrasa na hora do jogo!

Pra muita gente começando a jogar RPG, criar um personagem pode parecer meio complicado e até intimidador. Apesar disso é uma das melhores partes do jogo porque o leque de possibilidades é sempre gigante e o limite é sempre sua imaginação e como suas ideias se encaixam no jogo junto com outros personagens.
Pensando em personagens inspiradoras nos cenários de RPG de video game ou pen&paper/tabletop, nós trouxemos algumas das muitas personagens que podem te inspirar na hora do jogo 😉


Simbul – Forgotten Realms

A Escolhida de Mystra é uma das feiticeiras mais poderosas de Faerûn. Literalmente tiro, porrada e bomba.~
Além do cenário de RPG, aparece nos romances de Ed Greenwood e Lynn Abbey com um maior desenvolvimento de personagem, ela também é conhecida por ser amante daquele que talvez seja o mago mais poderoso de Forgotten, Elminster.

Simbul2

Simbul – Arte de Rebecca Guay

A palavra Simbul quer dizer “maga-guerreira guardiã” em um idioma aglarondan, ela também é conhecida como Rainha-Bruxa de Aglarond , Escolhida de Mystra e uma das Sete Irmãs, feiticeiras imortais de poder incomensurável.
Poderosa, imprevisível e inclinada a ataques de fúria, Simbul reina sobre Aglarond tendo seus súditos sob um constante manto de temor e respeito por seu poder e instabilidade.
Apesar disso, quando se compromete com a defesa de sua terra ela ataca seus adversários com impressionantes demonstrações de poder. É versada nas artes arcanas há muitas e muitas décadas e é tão poderosa que consegue proteger seu reino contra os invasores de Thay sem nenhuma ajuda através de combinações de feitiços e magias de grande poder.

Sorscha Kratikoff – Reinos de Ferro/ Warmachine

Sorscha é uma das Conjuradoras de Batalha mais poderosas dos Reinos de Ferro.
Devotada a sua nação, Khador, ela é a típica personagem fria, poderosa e orgulhosa, um reflexo da própria terra fria e inóspita onde nasceu. Regrada pelo compromisso e pelo dever, sem nunca hesitar com suas obrigações de conjuradora mesmo que estas sempre acabem por separa-la de seu amor, um outro conjurador de batalha khadorano chamado Vladmir, acima de tudo Sorscha é apaixonada e devotada a sua nação.

sorscha

Sorscha em Warmachine:Tactics

O pai de Sorscha morreu quando ela tinha 13 anos e aos 15 anos ela mentiu sua idade para que pudesse se alistar na Guarda Invernal e servir a sua terra, mostrando-se excepcional em combate, excelente estrategista e habilidosa no controle dos gigantes de ferro, as máquinas de guerra mais impressionantes de Immoren, Sorscha é uma figura lendária dos Reinos de Ferro e aparentemente essa imagem vai permanecer por muito tempo.

Flemeth – Dragon Age

Essa mulher é fogo!! Não, sério. Flemeth, também conhecida como Asha’bellanar (ou simplesmente “a mulher de muitos verões”), Witch of The Wilds e muitos outros nomes, é uma personagem não-jogável de Dragon Age, uma bruxa metamorfa incrivelmente poderosa que pode se transformar em dragão e gerou diversas outras filhas-bruxas durante muitos anos, chegando a criar um exército de feiticeiras que aterrorizava toda uma região.

flem02

gente ceis não falaram que era mal-passado :/

Ela foi desposada por um nobre, Conobar, que desconhecia suas habilidades mágicas, porém se apaixonou por um jovem bardo chamado Osen e acabou fugindo com ele. Depois de algum tempo seu marido a enganou dizendo que estava a beira da morte e desejaria ve-la uma última vez. Ela e Osen foram atraídos para a armadilha onde o bardo foi morto e Flemeth trancada numa torre.
Alimentada por vingança ela conjurou um espírito poderoso para se vingar de Conobar, sendo completamente possuída no processo e devastando todo o lugar, matando não apenas o marido mentiroso mas toda a corte local (parabéns Flemeth *palmas*).
Flem1
Ela aparece como o típico NPC conselheiro/sábio/ermitão lendário e em Dragon Age II tem um dos conceitos e visuais mais legais de toda a série, principalmente por ser uma personagem feminina imponente, poderosa e que tem uma aparência mais velha, bem fora do padrão para alguns dos jogos do gênero.

Naamah – Changeling The Lost

Rainha da Corte de Outono na cidade de Miami, Naamah representa em si todo o terror sutil inerente aos Changelings que escolhem o manto do Outono. O fato de ser “apenas” uma adolescente fez com que seus oponentes menosprezassem sua determinação e habilidade estratégica. Eles estavam terrivelmente errados.

Quieta e calculista, Naamah é inteligente, teimosa e devotada aos ideais de seu antecessor, ela busca liderar a Corte do mesmo modo que Tom Hood fez até ser assassinado, porém o caos vigente e o poder crescente da Corte do Verão na cidade fazem com que ela não tenha escrúpulos ao fomentar o medo entre os mortais nos seus domínios para também estabelecer seu poder sobre fontes de Glamour na cidade.

Naamah
Naamah é seu nome de Changeling e ,por trás de sua aparência mirrada, esguia e quase quebradiça, ela é determinada e afirma sua competência como líder perante seus cortesões do Outono. Segundo todos os preceitos da Corte do Medo, sempre vai buscando feitiços e contratos mais poderosos como uma silenciosa resistência, deixando claro que deve-se colocar todas as diferenças e contendas internas da corte de lado para lidar com uma cidade estagnada pela tirania da Corte do Verão.

Relm Arrowny – Final Fantasy VI

Relm é uma personagem jogável de Final Fantasy VI, lançado pra SNES em 1994, ela também é a mais nova dessa lista, com apenas 10 anos porém já é uma artista esforçada e talentosa, sua principal habilidade é dar vida a seus desenhos e pinturas. Em termos de jogo ela é uma ~Pictomante~ e usa sua magia para copiar os monstros adversários e consequentemente seus ataques. Literalmente, ela rabisca a tela, o que era interessante de se imaginar com os gráficos de SNES.

ultros

Relm usa sua mágica contra o melhor chefe de toda a franquia : Ultros.


Relm não tem muitas memórias de seus pais, porém dependendo de algumas escolhas feitas no decorrer do jogo e dos personagens que você coloca em seu grupo, fica óbvio que Relm é filha de Shadow, um personagem misterioso com habilidades de ninjutsu. Ela e o avô são encontrados em Thamasa, uma cidade que baniu o uso de magia, porém ambos mantém suas habilidades em segredo, somente sendo descobertos depois que a vida de Relm corre perigo durante um incêndio.

relm-arrowny

Arte de Yoshitaka Amano

Apesar de ser uma criança ainda, ela é absurdamente esperta, sarcástica e crítica. Briga constantemente com o avô, Strago (outro personagem jogável, especializado em magia) por tomar decisões tolas ou precipitadas mas, apesar disso, tem um coração muito sensível e gentil. É sempre muito assertiva e direta a respeito de suas vontades e nunca hesitando em fazer comentários espirituosos a respeito de seus amigos.

Bônus!!

Mari Cabrah – Lobisomem: O Apocalipse

Em Lobisomem, os Theurges (Teúrges) são regidos pelo augúrio da lua crescente, são os místicos, xamãs e espiritualistas que fazem todo o meio de campo com os espíritos para aprender Dons, os poderes dos lobisomens.Aprendem rituais de proteção, punição e muitas outras habilidades pertinentes a compreender e lidar com o mundo espiritual.
E daí você tem a Mari.
Ela é Theurge mas jura que podia ser Ahroun (~Arrôn~), o Augúrio da lua cheia que determina os lobisomens guerreiros. Pra finalizar ela é da tribo das Fúrias Negras, feministas extremas devotadas ao aspecto criador do universo, a Wyld e inimigas declaradas do Patriarca…. tirem suas próprias conclusões!
ok, eu só queria um motivo pra postar essa imagem da Mari….

Maricabrah

maaaravilhosa <3


Essas foram apenas algumas das muitas que a gente encontra nos livros e jogos de RPG como exemplos fantásticos de mulheres habilidosas e poderosas. Existem ainda dezenas e centenas de outras personagens que caberiam como inspiração, algumas mais famosas do que outras… e você, tem alguma personagem favorita no mundo dos RPGs em geral? Conta pra gente 🙂

Quem escreve? Leila

Arteira de coração, Designer por gambiarra, aspirante a Historiadora e um Arremedo de viagens, filmes, livros, imagens, bichos, açúcar, tempero e tudo que há de bom. RPGista fanática e exagerada, me apego a gente ficcional. Me empolgo demais quando não devo e dou risada quando não posso. Amo piadas ruins e acho graça no caos.