Mais uma dica pros otakus quarenterners!

Fruits Basket, de Natsuki Takaya, é sobre Tohru Honda, uma adolescente que ficou órfã após a morte repentina de sua mãe. Ela então acaba conhecendo Yuki, Kyo e Shigure, membros da rica família Sohma. A parte especial é que ela descobre que alguns membros dessa família são possuídos pelos animais do zodíaco chinês e se transformam em sua forma animal quando são estressados, enfraquecidos ou abraçados por pessoas do sexo oposto (que não sejam também espíritos do zodíaco)!

A série do mangá Fruits Basket é uma das principais do Japão e dos Estados Unidos. Foi um best-seller legítimo. Era muito popular e tinha uma adaptação de anime anterior que foi ao ar em 2001.

O que, na superfície, parece um anime semi-harém meio peculiar, acaba sendo uma história realmente incrível sobre membros que saem de uma família realmente abusiva e tóxica e que encontram alguma paz através da compaixão de alguém que tenta se conectar de verdade com eles.

Em primeiro lugar, a série não é uma série de harém reverso – pelo menos, não como os haréns que vemos por aí. Geralmente, um anime de harém é sobre um personagem perseguido por três ou mais interesses amorosos ou parceiros sexuais. Enquanto muitas pessoas em Fruits Basket amam Tohru, esse amor é esmagadoramente mais platônico ou familiar do que romântico/sexual. Na história canon, Tohru só tem dois interesses amorosos reais: Yuki e Kyo.

Em segundo lugar, embora o altruísmo de Tohru possa às vezes parecer doce demais a ponto de dar uma cárie, ela é uma pessoa verdadeiramente gentil e carinhosa. Ela está lidando com o luto muito recente de sua mãe e carrega muitos problemas não resolvidos devido a isso. Muitas de suas qualidades maternas são baseadas em ter que preencher espaços vazios. Seu pai faleceu quando ela era jovem, então ela teve que suportar o peso de ser filha de uma mãe viúva. A mãe de Tohru, Kyoko, incutiu na filha muita sabedoria emocional, devido ao seu próprio histórico de ter uma família sem amor.

A inteligência emocional de Tohru e a capacidade de ter empatia pelos outros é o que faz as pessoas quererem estar perto dela – e também o que mais ajuda a família Sohma, que é muito, muito problemática.

Fruits Basket realmente se destaca em usar um conceito como “transformar-se em animais por causa de uma maldição do zodíaco” ao usá-lo para contar uma história interessante de pais terríveis traumatizando seus filhos por gerações. A família Sohma mantém em segredo sua condição, permitindo apenas que certas pessoas entrem em seu rebanho e, como resultado, elas têm um membro que apaga as memórias de pessoas que podem ter visto algo acidentalmente. Isso geralmente pode significar amigos e parceiros românticos, mas em alguns casos sombrios, pais que perdem memórias importantes.

*** ALERTA DE SPOILER! ***

No episódio 14, descobrimos que um dos zodíaco, Momiji, foi apagado das memórias de sua própria mãe. Ele explica a Tohru que os pais geralmente têm uma de duas reações a uma criança do zodíaco: horror ou superproteção. Sua mãe reagiu com horror. Momiji é o espírito do coelho, e se você olha para ele como olharia para um coelho bebezinho, consegue imaginar como pode ser aterrorizante saber que toda vez que você toca em seu próprio filho, ele pode se transformar em um animal – um animal que pode ser facilmente ferido por você ou outras pessoas. A mãe de Momiji sofreu um grave colapso mental e tentou suicídio por causa disso, então todas as memórias de seu filho tiveram de ser apagadas pra que ela pudesse ter uma vida relativamente normal.

É dolorosamente triste, e é aí que você percebe o quão emocional esse conceito pode ser.

*** FIM DO SPOILER! ***

Yuki e Kyo, nossos dois interesses amorosos, também têm muita bagagem devido a seus signos do zodíaco: o Rato e o Gato. Yuki, como o Rato, tem uma posição exaltada na hierarquia da família. O rato é o primeiro dos signos do zodíaco, mas isso significa que sua mãe o entregou ao chefe da família Sohma, Akito. Ele foi atormentado por Akito e isolado de todos os outros até o ponto de desenvolver inseguranças profundas. Essa falta de carinho é o motivo pelo qual ele se importa tanto com Tohru e por que ele tem uma rivalidade não romântica com Kyo.

No zodíaco chinês, de acordo com algumas histórias, o Imperador Jade (Deus, na série) disse que os anos no calendário seriam nomeados para cada animal na ordem em que chegassem em uma corrida, que envolvia atravessar um rio. O Rato e o Gato não nadam bem, então pedem uma carona nas costas do Boi para que todos possam ir juntos. Durante a natação, o Rato empurra o Gato e depois pula do Boi e corre para o Imperador Jade para conseguir o primeiro lugar. E é por isso que não há um gato no zodíaco. O anime altera um pouquinho essa história, mas a ideia é a mesma: o Rato engana o Gato e o pobre felino fica de fora da festa e do zodíaco de toda forma.

Fruits Basket torna a posição do gato amaldiçoada. O gato de cada geração é maltratado e considerado um pária. Por esse motivo, Kyo odeia Yuki e tenta derrotá-lo, para que ele possa ser incluído na família. Kyo passou a vida inteira sabendo que ele era desprezível por causa de sua maldição e por sua posição na família, e é por isso que o fato de Tohru cuidar dele e não o comparar com os outros é tão importante.

Embora haja muitos momentos alegres e algumas bobagens, a série é emocionalmente complexa. A doçura não é artificial; Tohru é um bálsamo curador na vida de muitos personagens, e vice-versa, porque eles realmente se importam uns com os outros. Quando você tem alguém em sua vida que o vê como um ser humano e alguém que vale a pena cuidar, isso pode ser algo radicalmente transformador.

Mesmo se tratando de um triângulo amoroso onde é fácil ver o fim da história, eu não me importei, porque realmente gosto dos personagens, e estou ansiosa para acompanhar o final da segunda temporada.

Se você quiser conferir porque precisa de alguma doçura na sua vida agora, recomendo muito a versão de 2019 do anime, que está disponível na plataforma da Amazon Prime. Definitivamente vale o seu tempo.


Texto traduzido e adaptado do TheMarySue.

Leia mais sobre Fruits Basket aqui no site!

Compartilhe: