[TGS 2014] Final Fantasy XV: gameplay trailer

TGS-FFXV-Top

A Tokyo Game Show mal começou e já chegou chutando o balde apresentando novidades de um dos mais esperados RPGs do momento: FUC* YEAH FINAL FANTASY XV!!! #espurgandodefelicidade

Está sendo desenvolvido faz um boooom tempo (anunciado como “XIII Versus” em 2006) pela Square Enix, dirigido inicialmente por Tetsuya Nomura (diretor de Kingdom Hearts e o filme de FFVII: Advent Children) agora nas mãos de Hajime Tabata (diretor de Crisis Core: Final Fantasy VII e FF Type-0 UHUUUL! NÃO PODIA SER MELHOR #chora) e mais alguns grandes nomes envolvidos na criação de clássicos como FFVI, FVII, FVIII e Parasite Eve, FFXV faz parte da série “Fabula Nova Crystallis” – junto com o XIII e o “Agito”, atual Type-0. Acompanho desde o primeiro trailer, catando cada detalhe divulgado, mas só agora finalmente um foi tão revelador sobre o gameplay do que qualquer outro.

Tudo é muito grande e fantasioso, trazendo de volta aquela sensação dos antigos jogos da franquia. Quando vi os primeiros trailers fiquei com medo que todas aquelas “acrobacias” (pulos, esquivas e piruetas) e tal fossem que nem os de FFXIII – automáticos (blérgh) e desanimadores – mas esse novo trailer mostrou que ele seguirá a linha de jogabilidade muito semelhante ao de Crisis Core e do Type-0, com movimentação livre, esquiva e turnos mais “naturais”. Traz de volta também a possibilidade de viajar pelo mapa livremente, esquecido no tempo na saga principal (de números e sem ser os MMOs) desde o FFIX .

TGS-FFXV-01

O grupo boyband de amigos que acompanha o protagonista lembra muito os Turks Tseng, Rude (combinado com Angeal) e Reno de FFVII, sendo o Noctis um novo Cloud da vida (além da menina loira – Stella – que aparece lembrar de cara uma mistura de Aerith com uma pitada de Tifa).

Segundo Nomura, o enredo será influenciado pelo clássico Hamlet, de William Shakespeare, gerando reflexão baseada pela frase “There is nothing either good or bad, but thinking makes it so” (“Não há nada de bom ou mau sem o pensamento que o faz assim”). Seguirá por um clima mais sombrio assim como o Type-0 e Crisis Core , lotado de sangue, mortes e drama.

Gráficos deslumbrantes que mal dá pra acreditar que não sejam cutscenes, tema Omnis Lacrima que arrepiou até os ossos e personagens enigmáticos bem construídos combinados a um enredo interessantíssimo prometem demais, e espero que as altas expectativas de muitos sejam completamente alcançadas.

Dá o play no vídeo abaixo se quiser relembrar o primeiro trailer do “XIII Versus” (antes de se tornar XV):

Desde esse trailer lançado na E3 em 2006 já fazem 8 longos anos de desenvolvimento e espera, apesar disso ainda não temos uma data definida para o lançamento. O demo estará disponível para os que comprarem a remasterização de FF Type-0 (originalmente lançado para PSP e antes exlusivo do Japão) em março de 2015 para o PS4 e XBOX One

Prevejo um crescimento no número de vendas de rins pela frente. O meu já tá na lista, porque PRECISO DE FFXV PRA ONTEM! <3 <3 <3 #surtando

Quem escreve? Bruna

Estudante de Design de games/moda/gráfico, aspirante a ilustradora nas horas vagas e artista “faz-tudo” em desenvolvimento de jogos, é louca por qualquer coisa de terror e não dispensa um bom filme trash asiático para rir. Sonysta assumida (deixando o PC muitas vezes com ciúme) e persistente como uma pedra, se negando a jogar no modo easy – quanto mais difícil o jogo, mais viciante!