Secret Garden e o universo lolita: confira o que rolou no evento!

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-destaque

Tudo muito kawaii e cheio de classe!

No sábado (14), depois de alcançar a segunda meta no Catarse, rolou o Secret Garden, V Meeting Nacional do universo lolita, que aconteceu na Mansão Hasbaya (SP).

A mansão é um patrimônio histórico cultural tombado pela cidade de São Paulo, decorada em estilo clássico com mobílias feitas em madeira nobre do século XIX, paredes desenhadas a mão e salas separadas.

mansão-hasbaya-lolita-secret-garden-1

mansão-hasbaya-lolita-secret-garden-2

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-33

Perfeito para um evento deste porte, não é mesmo? 😀

Para quem não entende muito bem sobre o universo lolita, busquemos uma definição em linhas gerais. Em conversa com diversos participantes do evento, chegamos a um senso comum: Lolita é uma forma de expressão, um modo de virar-se do avesso e mostrar através das roupas quem você é. É o mesmo que escolher uma blusinha em uma loja de roupas porque ela “combina mais com você”.

Por isso, lolita não é cosplay, não é fantasia e o mais importante: não tem relação alguma com fetiches, pedofilia ou com a obra literária Lolita, escrita em 1955 por Vladimir Nabokov (sinopse de uma linha: um professor de literatura de aproximadamente 50 anos está obcecado por uma garota de 12, abusando dela sexualmente depois de se tornar seu padrasto).

Para compreender um pouquinho mais sobre esse mundo, conversamos também com a Lilian Barbieri, que está desenvolvendo um trabalho de conclusão de curso neste tema. Confira um curto vídeo muito esclarecedor feito por ela:

Agora que já sabemos o que é lolita, é importante compreender que existem VÁRIOS sub-estilos dentro do gênero. VÁRIOS MESMO: sweet lolita, hime lolita, gothic lolita… É uma diversidade tão grande que acaba acolhendo a todos os praticantes do estilo, que sempre conseguem encontrar alguma peça que os agrade (e, particularmente, concordo!).

Alguns dos participantes do evento estão praticando a moda lolita há ANOS. Alguns conseguem valer-se do estilo no dia-a-dia, outros utilizam só algumas peças, alguns preferem usar os outfits só em ocasiões especiais. Não existe regra: você pode ser quem você quiser.

secret-garden-lolita-1

Em rodas de conversa, um tema de grande debate foi a dificuldade que enfrentam os praticantes aqui no Brasil. Caso haja preferência pelas brands (roupas de marca), os preços são exorbitantes, havendo vestidos custando mais de R$1.000,00. Além disso, também foram relatados problemas relacionados aos tamanhos, já que a maioria das roupas fabricadas no Japão são de tamanho menor.

Vale dizer que os outfits saem um pouco mais em conta quando há encomendas em lojinhas nacionais, além das clássicas costureiras, que mandam muito bem na produção das peças.

Outfit totalmente criado pela própria moça <3

Outfit totalmente criado pela própria moça <3

Também existe possibilidade de readaptação de roupas que não são exclusivamente produzidas para o estilo, mas que coube perfeitamente no outfit:

Sapatos adaptados!

Sapatos adaptados!

E não se enganem. Apesar de majoritariamente encontrarmos mulheres, existem também homens que praticam a moda lolita e não há N A D A de errado nisso. Não há qualquer restrição de gênero!

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-3

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-5

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-29

O evento também contou com atrações diversas, como workshops de maquiagem, sorteios, gincanas, desfiles e inclusive com uma mesa para as dolls! Também rolou um lindo cafezinho da tarde com tortas, antepastos e diversos quitutes, além de chás e sucos, inclusive para o pessoal que, como eu, tinha restrições alimentares com glúten e lactose.

Como eu não podia deixar de citar, também contamos com a ilustríssima presença de Misako Aokienfermeira, modelo e presidente da Associação Japonesa de Moda Lolita.

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-39

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-40

secret-garden-lolita-mansão-hasbaya-41

Confira mais informações na próxima página x)

Quem escreve? Mindy (Yasmim Alvarez)

Cosplayer e graduanda em Direito. Amante de World of Warcraft e Ragnarok, invencível no Super SmashBros, Batman-lover e fã de carteirinha da Princesa Zelda. Queria ser a toda-poderosa Sailor Moon (ou até mesmo a Princess Serenity) mas se contenta com a forma comum da Usagi.