Quer fazer Cosplay? Preparamos um guia básico para iniciantes!

Figurino

Vencida a escolha do personagem, é necessário ter a maior quantidade de imagens possíveis para referências do cosplay inteiro: frente, costas e laterais. Algumas roupas são bem simples e aceitam improvisos, como a da Viúva Negra ou a da Princesa Leia, mas outras são mais trabalhosas. Caso você opte pelas mais fáceis, você pode se valer de diversas artimanhas, desde comprar roupas lisas e personalizá-las com cortes, costuras e estampas a depender do cosplay, até improvisar com acessórios de E.V.A.

Voltando ao meu primeiro cosplay, eu não tinha dinheiro para fazê-lo por completo. Então comprei uma saia comum na feirinha, paguei R$10 e usei um par de meias 7/8 que paguei R$35 em uma loja de roupas íntimas na minha cidade. Não usei os sapatos colegiais que a personagem usa, e como eu não tinha nenhum oxford ou tênis de couro, optei por usar botinha. Da primeira vez, usei uma bota comprida, e alguns meses depois da minha primeira aparição como Yuuki, optei pelo coturno:

anime_dreams_2014_20140201_1675776006

10620168_286665961531861_8664051452899672471_o

Entretanto, alguns personagens usam roupas mais difíceis, isso quando não usam armas e armaduras. Neste caso, muitas pessoas optam por contratar uma costureira ou comprar produtos prontos em vez de fazer sozinho.

Se você optar pela costureira, você precisará comprar os tecidos. Algumas delas indicam o melhor tecido para tanto, mas é importante que você conheça os materiais para não ser enrolado por ninguém. Uma listinha dos tecidos mais usados:

  • Oxford: é o tecido mais barato de todos. Não possui brilho e geralmente é usado para roupas sociais e uniformes colegiais e afins.
  • Vinil: é um tecido mais pesado, parecido com um couro, porém menos brilhante. Ele é muito usado para bolsas, corpetes e botas.
  • Cetim: é bem macio e leve, com um brilho meio perolado. Ele reflete bastante a luz e é usado para partes do cosplay mais esvoaçantes.
  • Malha: ele é um tecido bem forte e usado em camisas comuns. Com certeza você tem algo de malha no seu guarda roupa. O único defeito dela é que ela é bem quente e pesada 🙁
  • Courino: ideal para fazer peças que são originalmente de couro.
  • Veludo: Ele é um pouco caro por ter o visual peludinho, mas o aspecto é muito bonito.

Caso você escolha comprar as roupas prontas, você pode fazê-lo de dois modos. Ou você compra roupas usadas em grupos próprios de cosplay no facebook (eu mesma já comprei e vendi por lá e dá super certo, o único problema é saber suas medidas) ou você opta por lojas que vendem os produtos prontos. Deixo aqui uma listinha:

Grupos (sujeitos à aprovação de solicitação)

Você pode pesquisar mais grupos parecidos na lupa do seu facebook!

Lojas

Como eu já mencionei, é mais difícil encontrar coisas prontas para vender. No geral, procurar um cosmaker é a melhor solução. Mas caso você esteja precisando de alguns itens mais comuns ou específicos, tente essas lojas:

guia-cosplay-7

Acessórios e Maquiagem

Chegamos à tão temida hora.

Os acessórios costumam ser um belo de um problema para os cosplayers. Alguns personagens, por exemplo, usam armas, armaduras, báculos e afins, e é muito difícil (porém não impossível) reproduzi-los por conta própria. Por isso, muitos acabam recorrendo a lojas que as forjem seguindo as regras de cada evento, principalmente em relação ao material usado e ao perigo que eles podem representar.

Arma feita em madeira

Arma feita em madeira

É possível encontrar, entretanto, alguns tutoriais no youtube. Eu, particularmente, gosto muito do grupo do facebook Processos e tutoriais cosplay, feito para que os próprios cosplayers compartilhem seus conhecimentos para quem quer arriscar fazer seus próprios acessórios.

Busto de armadura feito em EVA

Busto de armadura feito em EVA / Cosplayer: Sakura Prongs

O mesmo acontece com maquiagem. Alguns personagens, como a Mística, de X-Men, possuem a pele de cor diferenciada, ou até mesmo aqueles personagens comuns que possuem alguns traços característicos na maquiagem muitas vezes trazem dúvida aos cosplayers. Se você escolher representar o personagem na sua forma mais parecida, é necessário um pouco de atenção na qualidade da maquiagem, pois existe algo sobre ser cosplayer em evento que ninguém te conta: você não tem tempo para retocar.

guia-cosplay-4

Cosplayer: YukiCosplay

Dependendo do evento, o cosplayer é parado de minuto em minuto, parando para fazer poses e tirar fotos, muitas vezes não tendo privacidade nem para comer. Eu mesma já fui interrompida diversas vezes enquanto comia ou no caminho para o banheiro. É necessário considerar também o tempo, já que alguns eventos são realizados à luz do dia e em dias quentes, o que faz com que a maquiagem se derreta. É importante considerar tudo isso, principalmente devido ao fato de alguns lugares não estarem amparados com banheiros, espaço e recursos suficientes para retocar a maquiagem do personagem, principalmente quando a pele inteira é colorida com outra cor. Mesmo porque o cosplayer precisa muitas vezes da ajuda de uma terceira pessoa para retocar e, dependendo de quem for a outra pessoa, ela não poderá entrar com o cosplayer no banheiro para fazer o retoque. Esses imprevistos acontecem com frequência, é necessário estar preparado sempre.

Outro ponto em que a maquiagem é tema de dúvidas é em relação à cobertura de tatuagens. Se você optar por esconder suas tatuagens na hora de interpretar o personagem, existem alguns produtos próprios para tanto, mas a aplicação de base, corretivo e pó compacto comuns podem te ajudar. Contudo, isso nem sempre é necessário. Na foto abaixo, a cosplayer possui uma tatuagem no braço que a personagem Sakura não tem. Entretanto, ela não quis cobri-la, e isso não a faz um cosplayer pior ou melhor do que os outros. Liberte-se! Cosplay bem feito é cosplay feito como o coração <3

guia-cosplay-2

Cosplayer: Gi Tezoni

O mais importante…

O mais importante de tudo é que você se divirta, sempre. O seu primeiro cosplay pode ser idêntico ao personagem, mas também pode não ser. O que você deve considerar como prioridade é a sua diversão. Imprevistos acontecem e infelizmente sempre há situações chatas: pessoas que desrespeitam o cosplayer, pessoas que criticam. Mas é o que eu digo: formiga e gente chata tem em todo lugar. Procure se divertir, porque isso é o que realmente faz a arte do cosplay valer a pena xD

guia-cosplay-3

Cosplayer: Gi Tezoni

Quer mais ideias? Confira as páginas Cosplay é coisa séria e Cosplay BR e veja sempre novas inspirações.

Ficou alguma dúvida ou alguma pergunta não foi respondida? Conhece algum cosplayer das imagens? Converse com a gente nos comentários ou envie e-mail para [email protected] 🙂

Quem escreve? Mindy (Yasmim Alvarez)

Cosplayer e graduanda em Direito. Amante de World of Warcraft, invencível no Super SmashBros, Batman-lover e fã de carteirinha da Princesa Zelda. Queria ser a toda-poderosa Sailor Moon, mas se contenta em ser apenas uma princesa da Disney nas horas vagas