Primeiras impressões sobre animes da temporada de primavera

Boku no Hero Academia, um dos melhores animes da temporada.

Uma review um tanto quanto opinativa sobre o que está rolando nesta temporada.

Pouco antes do começo da temporada de primavera 2016, fiz um post com informações sobre alguns animes da temporada. Nesse meio tempo, eu assisti os primeiros episódios de 20 animes dessa temporada, e é sobre alguns deles que eu vou falar hoje.

Boku no Hero Academia

Vou começar com Boku no Hero Academia, que até o momento foi o anime que mais gostei. Nele acompanhamos a história de Izuku Midoriya, um garoto sem habilidades inatas em um mundo em que grande parte dos humanos tem super poderes, e que, apesar da sua falta de poderes, sonha em ser um heroi. Para tal, decide entrar na UA, o mesmo colégio para Heróis em que seu ídolo All Might estudou. Boku no Hero Academia é o típico shounen, cheio de cenas emocionantes. O visual é bem bonito, com traços fiéis ao mangá.

Kiznaiver

Do gênero de ação, comecei a assistir, também, Kiznaiver, novo anime do Studio Trigger, que conta a história de um grupo de crianças no ensino médio que foram escolhidos para participar do Kizuna System, um projeto para implementar a paz mundial, conectando as pessoas pelas suas feridas. Pelas explicações dadas até o momento no anime, a ideia é que as pessoas parem de machucar umas as outras, já que elas partilham a dor cada vez que uma pessoa ligada ao Kizuna System é ferida. O visual é bonito, e o concept da cidade em que se passa a história lembra um pouco o design da academia em que se passava Kill la Kill. Uma coisa interessante é que fizeram um especial de pre-broadcast de Kiznaiver falando um pouco da produção do anime, e com uma entrevista e um desafio em grupo com os dubladores dos personagens principais.

Kiznaiver-Studio-Trigger-Visual-imagem

Os “Kiznaivers”

Bungou Stray Dogs

Ainda dos animes de ação, eu assisti Bungou Stray Dogs, o visual é bom, e a história é interessante, embora eu tenha achado bastante clichê a história dos dois primeiros episódios. O anime começa com o personagem principal, Nakajima Atsushi deitado próximo a um rio, após ser expulso do orfanato onde ele vivia, sem nenhuma perspectiva de futuro, ele estava decidido a roubar a primeira pessoa que passasse por ali para poder comprar comida, porém, todas as pessoas que passaram pelo local pareciam ameaçadoras demais para ele. Quando ele estava prestes a desistir e conformar-se de que ele iria morrer de fome, ele vê um corpo boiando no rio, e assim ele resgata Dazai Osamu, um detetive de uma agência de detetives com poderes especiais, que vive tentando se suicidar. Após salvar Dazai, Atsushi acaba se envolvendo na resolução de um caso da agência de detetives em que Dazai trabalha, durante o qual Atsushi descobre que ele também tem poderes, e acaba sendo contratado pela a agência de detetives.

Bungou.Stray.Dogs.full.1959015

Os detetives de Bungou Stray Dogs

Sakamoto desu ga?

Das comédias da temporada de primavera 2016, eu comecei a assistir Sakamoto desu ga?, que era o anime que eu mais esperava dessa temporada, a história fala sobre a vida escolar do garoto mais cool do primeiro ano do ensino médio de uma escola. Tudo que ele faz é “cool, cooler, coolest”, e basicamente, ele sempre se dá bem, independentemente da situação em que ele se encontre. O humor é meio “WTF?”, a animação é muito bem feita, mas a história é bastante superficial, o formato é um episódio de 23 minutos dividido em duas sketches de 10 minutos com histórias sem relação entre si, e não há uma linearidade na história. Para quem curte esse tipo de comédia é um ótimo anime.

Sakamoto desu ga

Sakamoto sendo cool, como sempre

Kuma Miko

Das comédias da temporada também comecei Kuma Miko, que conta a história de uma garotinha inocente que é sacerdotisa em um templo, e tem que passar por diversos desafios dados pelo urso que vive no templo para poder ir estudar em uma cidade grande. O visual é muito bonito, o esperado de um anime do mesmo estúdio que fez Barakamon, e o anime é engraçado, embora no primeiro episódio tenha um momento bem estranho em que o primo da sacerdotisa vai contar para criancinhas de 9 anos uma lenda sobre a vila deles, incluso detalhes sobre o concebimento dos primeiros ursos falantes.

Kuma Miko

Ah… que pacífico… pacífico demais.

Netoge no Yome wa Onnanoko janai to Omotta?

Das comédias românticas da temporada, eu só assisti Netgame no Yome wa Onnanoko janai to Omotta?, que para mim foi um anime muito real, afinal quem nunca foi pedido em casamento em um MMO por uma garota louca, né non? Nele Hideki Nishimura, um garoto do ensino médio, joga um MMO, e se decepciona ao pedir uma garota em casamento e em resposta receber um não justificado com “Na vida real eu sou um tiozão”, depois disso, Hideki desconfia que toda garota no jogo é, na verdade, um cara. Algum tempo depois, uma garota o pede em casamento no jogo, ele não queria aceitar, mas ela foi insistente e ele acabou cedendo e aceitando o pedido. Para provar para ele que ela era uma garota de verdade, o Guild Master deles decide fazer o primeiro encontro offline da guilda deles, e obviamente, eles descobrem que todos da guilda são pessoas muito mais próximas do que eles imaginavam.

Netgame-no-Yome-wa-Onnanoko-ja-Nai-to-Omotta-800x1000

É, parece que a sua esposa era uma mina bem real…

Slice of Life

Do gênero slice of life eu comecei Tanaka-kun wa itsumo kedaruge, Shonen Maid, Flying Witch, Sansha Sanyo, Pan de Peace!, Haifuri, Anne Happy e Super Lovers. Tanaka-kun wa itsumo kedaruge tem cenários muito bonitos, a história é ok, mas é meio parado, já que o protagonista é um garoto extremamente preguiçoso que vive pela falta de acontecimentos relevantes na vida dele. As piadas vão de ‘huehuehue’ pra ‘meu deus, que piada mais troxa!’. A animação é boa, mas eu prefiro quando os personagens tem um sombreamento um pouco mais detalhado. Shonen Maid foi um anime que me surpreendeu, eu achava que ia ser algo muito estranho, mas foi bem melhor do que eu esperava, a animação é boa, a história é consistente e o tio do personagem principal é muito engraçado. Flying Witch é um dos animes mais engraçados da temporada, que conta a história de uma bruxa cabeça oca que vai morar na casa dos tios até terminar o ensino médio, e as reações das pessoas quando ela faz coisas de bruxa, como voar numa vassoura, na frente delas são muito engraçadas.

flying-witch-ep-1

Você ganhou uma mandrágora! YAY para amizade!

Sansha Sanyo conta a história de um grupo peculiar de garotas que se reúnem para almoçar juntas no intervalo da escola, é um slice of life bem típico, e razoavelmente engraçado. Pan de Peace! conta a história de uma garota cabeça de vento que ama pão, e em seu primeiro dia de ensino médio conhece outras garotas que gostam de pão e decide que elas serão amigas unidas pelo poder do pão… sim, e WTF demais, mas os episódios são bem curtinhos. Haifuri fala sobre garotas que estudam em uma escola naval para se tornarem “Blue Mermaids”, é o típico anime de garotinhas em atividades escolares com gay feels implícitos (sério, toda temporada tem pelo menos um desses). Anne Happy é… bem… um anime sobre uma garota chamada An, e ela é… feliz… ou pelo menos ela acha que é feliz… mas chegando na escola, ela foi colocada em uma sala que, segundo a professora responsável pela sala, só tem pessoas infelizes, que serão treinadas para serem felizes (que?). E Super Lovers foi um anime que eu comecei aleatoriamente quando estava olhando os últimos lançamentos em busca de Sakamoto desu ga?, e eu achei bem estranho… Eu só assisti o primeiro episódio, mas por ele meio que dá a entender que os “Super Lovers” são o personagem principal e um garotinho de no máximo 10 anos que a mãe dele adotou, não faço ideia de como vai continuar, mas dependendo do rumo em que ele tomar pode ser meio creepy… (ou bem creepy, sei lá), mas o visual é bom.

Pan-de-Piece-CP

O poder do pão… sempre criando os melhores laços de amizade…

Para terminar os animes da temporada que eu comecei e que merecem estar no post de primeiras impressões, ainda temos Bakuon!!, Shounen Ashibe: Go! Go!, Uchuu Patrol Luluco e Joker Game. Bakuon!! é tem mais uma protagonista cabeça oca (parece que garotas cabeça de vento estão em alta nessa temporada!), tem um tanto de gay feels, e na primeira vez que a protagonista anda de moto ela segura a senpai que está levando ela pra dar uma volta pelos peitos, além de falar coisas como “minha bunda está vibrando com o som!”, o que faz com que esse anime seja bem… estranho. Mas ele é divertido, e se você gosta de comédia, talvez valha a pena dar uma olhada. Shounen Ashibe: Go! Go! é um dos animes curtos da temporada, conta a história de um garotinho que se mudou recentemente, e logo que ele se mudou, achou uma foca. Para mim, o ponto alto do primeiro episódio é a cena que mostra um amigo dele da cidade onde ele morava antes lembrando dele quando vê uma berinjela. Uchuu Patrol Luluco é um anime curtinho da Trigger, que conta a história de uma garota que acaba entrando para a Patrulha Espacial quando o pai dela é congelado por uma pilula que ele engoliu por engano, é engraçado, e eu recomendaria para quem é fã da Mako de Kill la Kill.

uchuu patrol luluco

Ah… o amor!

Joker Game

E por ultimo, deixei Joker Game, que para mim é um dos melhores da temporada, pra começar e terminar com bons animes (afinal, é como dizem… os últimos serão os primeiros). Joker Game é um anime de mistério, sobre uma agência, chamada de “Agência D” que treina um seleto grupo de jovens para serem espiões em operações internacionais do exercito japonês, sob a orientação do Coronel Yuuki. O clima é bem sério, a animação é muito bem feita, e o estilo de desenho me lembra um pouco as animações do Estúdio Ghibli. Se você gosta de animes de mistério, esse é um anime que vale muito a pena ver.

joker game

E vocês, o que estão assistindo dessa temporada? Algum anime que não está nessa lista e que vocês recomendam como um must see?

Quem escreve? Fernanda

Designer, aspirante a animadora e estudante de Artes Visuais, vive de doces e animação. Pesquisa animação para o TCC, e passa boa parte do tempo livre assistindo animação, jogando, ou postando sobre animação no Tumblr. Além de animação e jogos, curte memes, piadas sem graça, quadrinhos, rpg, música, filmes e séries de comédia, fantasia e super heróis. Se pudesse ser outra pessoa seria o Batman. Seu plano secreto é dominar o mundo, mas ninguém pode ficar sabendo.