Primeira família negra nos quadrinhos da Turma da Mônica é apresentada ao público

1a_CAPA_TM_045.indd

Personagem recebida com entusiasmo pelo público em 2017 agora chega aos gibis na revista Turma da Mônica nº 45.

A tão esperada chegada da família da nova personagem, Milena, à rua do Limoeiro acontece neste mês de janeiro nas bancas e para assinantes pela revista da Turma da Mônica nº 45, distribuída pela editora Panini, com versões em português, espanhol e inglês.  Milena foi a primeira personagem a ser apresentada ao público em sua versão ao vivo antes mesmo de chegar aos quadrinhos, no final de 2017, na Corrida Donas da Rua. Desde então, vem participando de eventos com a turminha pelo Brasil. Agora, toda a sua família estreia nas historinhas das revistas de linha da Turma da Mônica.

1a_CAPA_TM_045.indd

Esta primeira história, apresentada com destaque na capa da edição de janeiro, mostra a chegada dos novos vizinhos à rua do Limoeiro. Para isso, foi convidado o roteirista Rafael Calça, que fez sucesso com a parceria com o desenhista Jefferson Costa na graphic MSP “Jeremias – Pele”.

A família de Milena tem cinco integrantes: Silvia (mãe de Milena), que é uma veterinária, casada com Renato, publicitário, e os três filhos do casal: Solange, Milena e Fabinho. Milena tem 7 anos, autoestima elevada, e se identifica de imediato com Mônica, Magali e Marina, das quais será grande amiga. Solange, ou Sol, tem 17 anos, é vocalista de uma banda de garagem. Fabinho, ou Binho, tem 5 anos e vai se dar muito bem com o primo da Magali, o Dudu. Juntos, são uma mistura explosiva de imaginação. Criativo demais, Binho vai até confundir as pessoas com suas histórias incríveis.

Mauricio de Sousa explicou o evento:

Estudamos lançar uma família negra há muitos anos. Já em 1960, no início da turminha, eu havia criado meu primeiro personagem negro, o Jeremias, antes ainda de criar a Magali, o Cebolinha, o Cascão e a própria Mônica. Depois teve o Pelezinho e o Ronaldinho Gaúcho, com suas famílias e revistas próprias. Mas não é fácil lançar novos personagens, já que dependem de um estudo de montagem de uma família, cada um com suas características visuais e, principalmente, de personalidade.

O lançamento de Milena e sua família surge também no âmbito do projeto Donas da Rua, liderado pela diretora executiva Mônica Sousa, que afirmou:

Desde 2016 venho participando de eventos que discutem a importância da representatividade. É fundamental que as meninas e os meninos negros possam se reconhecer nas histórias em quadrinhos, desenhos e espetáculos. Nossos personagens podem contribuir para isso.

Milena já aparece na tematização dos brinquedos do Parque da Mônica, em postagens nas redes sociais da Turma da Mônica, além de participar de eventos da Mauricio de Sousa Produções Ao Vivo. “Queremos que ela esteja presente em todas as plataformas possíveis. Estamos muito contentes com a chegada da Milena”, diz Mônica Sousa.

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).