O que achamos do primeiro episódio de Life is Strange 2

Life is Strange 2 cover

Jogue com o lencinho do lado!

O estúdio DONTNOD Entertaiment juntamente com a Square Enix lançaram recentemente o primeiro episódio de “Life is Strange 2″. Saem de cena Max e Chloe e entram os irmãos Sean e Daniel Diaz.

Life is Strange 2

Não posso contar detalhes da história para não correr o risco de contar algum spoiler, mas os irmãos fogem de Seattle depois de uma tragédia e partem sozinhos para o México, onde acreditam ser o local mais seguro para eles. Os garotos conseguem ser tão carismáticos quanto Max e Chloe, a trilha sonora do episódio Roads chega a ser quase tão boa quanto do primeiro game e você pode ouvir aqui:

No primeiro jogo, foram abordadas questões como amizade, bullying e depressão. Já na continuação, são abordadas as temáticas preconceito, xenofobia e medo. Assunto bem atual, já que os Estados Unidos (e o Brasil também) estão sofrendo com a era Trump (e com Aaquele que Não Deve Ser Nomeado), conhecido pela sua intolerância, falta de respeito e agressão a minorias.

Life is Strange 2(2)

A jogabilidade continua parecida com Life is Strange. Você tem pouco tempo para tomar uma decisão que poderá afetar a narrativa do jogo no futuro. Como irmão mais velho, Sean precisa tomar conta de Daniel. Isso inclui garantir a sobrevivência de ambos e servir de bom exemplo. Para cada ação existe uma reação e a terceira lei de Newton é muito bem aplicada aqui. O poder misterioso está de volta também, mas dessa vez não inclui voltar no tempo. No final de cada episódio é possível ver a porcentagem das decisões tomadas pelos outros jogadores.

Life is Strange 2 (3)

O relacionamento entre os irmãos é um dos pontos altos da continuação. Quem tem irmão ou irmã sabe muito bem como pode ser um relacionamento cheio de brigas e desavenças, mas no final os irmãos Diaz se amam e tentam se ajudar da melhor forma possível. No primeiro episódio, essa relação é mostrada de forma sensível e natural. Os Diaz podiam ser os seus vizinhos ou colegas de escola. É bom jogar com o lencinho do lado e comprar uma caixa para cada episódio se todos prometerem ter a mesma carga emocional do primeiro. Não só pelo relacionamento dos dois, mas com o pai também e pelas questões de xenofobia e preconceito que já foram falados acima. O jogo possui alguns bugs de animação de personagem, mas nada que atrapalhe a jogabilidade.

Não sei você, mas que venha o episódio número dois.

Assista ao trailer de Life is Strange 2:

Life is Strange 2 está disponível para PC (Steam), Playstation 4, Xbox One.

Confira o review o primeiro Life is Strange aqui.

Quem escreve? Rany

Graduada em Jornalismo e Jogos Digitais e pós-graduada em Mídia Digitais. Fã incondicional de As Crônicas de Gelo e Fogo, Tolkien, Fables, Tarantino, Miyazaki, Okami, Dragon Age e Mass Effect. Divido meu tempo livre com os meus vícios em séries de tv, filmes, livros e games.