O próximo filme do Studio Ponoc será uma série de curtas de fantasia!

Little-Heroes

Animação é um processo lento e metódico, especialmente para longa-metragens – e talvez ainda mais no mundo das animações japonesas. Um filme pode levar anos para ser lançado e por esse motivo o Studio Ponoc está causando um alvoroço com o anúncio de seu segundo filme em tão pouco tempo. O estúdio, formado por antigos funcionários do Studio Ghibli, lançou Mary to Majo no Hana (Mary e a Flor da Bruxa) no ano passado (como comentamos aqui e aqui), e já tem previsão de lançamento do seu segundo filme para o segundo semestre de 2018: Chiisana Eiyu – Kani to Tamago to Toumei Ningen (Pequenos Heróis: Caranguejo, Ovo e o Homem Invisível).

O vídeo acima explica que apesar de o estúdio saber que um filme do tipo demanda muito tempo e dinheiro, eles também não querem descansar por enquanto. Assim, Chiisana Eiyu será uma antologia de três histórias de fantasia, produzidas por três diretores diferentes.

Little-Heroes-1

O primeiro é “Kanini to Kanino” (Kanini e Kanino), sob direção do cofundador do Studio Ponoc, Hiromasa Yonebayashi, responsável por Mary to Majo no Hana, Kari-gurashi no Arietti (O Mundo dos Pequeninos) e Omoide no Marnie (As Memórias de Marnie). Diferente de seus trabalhos anteriores, que consistiam em adaptações de obras inglesas, a animação será um trabalho original do diretor. A segunda história, “Samurai Egg” (Ovo Samurai) será dirigida por Yoshiyuki Momose, que trabalhou em Sen to Chihiro no Kamikakushi (A Viagem de Chihiro), Omohide Poro Poro e Hotaru no Haka (Túmulo dos Vagalumes). A história é baseada em uma criança que o diretor conhece pessoalmente e sua severa (e potencialmente letal) alergia a ovos. A última parte, “Toumei Ningen” (O Homem Invisível) será dirigido pelo designer de personagens Akihiko Yamashita, que trabalhou em Mary to Majo no Hana e Howl no Ugoku Shiro (O Castelo Animado), e conta a história de um homem que não pode ser visto e seu esforço solitário para existir no mundo.

Little-Heroes-2

Questionado sobre o fato de produzir outro filme tão pouco tempo após o primeiro, e sobre o fato de ser composto de três histórias mais curtas, o CEO do Studio Ponoc, Yoshiaki Nishimura, afirmou:

Estamos aqui para ficar sentados sobre o que os outros construíram enquanto fazemos nossos filmes? Não. Nós temos que criar uma área onde as ricas qualidades artísticas da animação possam ser descobertas, e eu acredito que as animações curtas estejam dentro dessa área que queremos criar.

Little-Heroes-3

Por qualquer que seja a razão, ficamos todos felizes por termos novas histórias do Studio Ponoc tão rapidamente. O silêncio do Studio Ghibli foi um dos motivos que levou à criação do Studio Ponoc e ficamos felizes por ver isso não se repetir.

O filme será lançado no Japão no dia 24 de agosto desse ano, com a possibilidade de ser lançado internacionalmente ainda em 2018.


Fonte: Nerdist

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).