No conceito original de Gilmore Girls, Luke seria mulher e Sookie seria homossexual

luke-mulher-destaque

Quão diferente teriam sido os rumos da série?

Luke é um dos personagens favoritos dos fãs de Gilmore Girls, e também considerado o par perfeito de Lorelai por muita gente… E se esse casal nunca tivesse existido na trama? Pode ser difícil de imaginar agora, mas é o que quase aconteceu. De acordo com a criadora da série, Amy Sherman-Palladino, Luke deveria se chamar Daisy, e essa seria a única diferença entre eles. “Luke era originalmente um personagem feminino. A produção veio até a mim e disse que precisávamos de outro homem no elenco, então eu literalmente só peguei um personagem e mudei o nome, nem mesmo mudei nenhum diálogo porque eu sou preguiçosa”, contou a autora em entrevista à revista Entertainment Weekly. Seria muito engraçado ver uma personagem rabugenta e sem paciência com um nome tão delicado quanto “Daisy”.

luke-and-lorelai-1

Bom, isso quer dizer que Lorelai teria um relacionamento lésbico? Não. O relacionamento entre a protagonista e o proprietário do restaurante não estava planejado quando Daisy ainda estava nos planos… E na verdade nem quando ela se transformou em Luke. O que houve é que Scott Patterson e Lauren Graham tiveram uma química tão boa que o “shipp” (quando os fãs torcem por um casal) nasceu antes mesmo de Amy decidir que rolaria o romance.

“Fizemos algumas cenas e eles simplesmente tinham a química. Foi no episódio em que eles estavam no mercado e Lorelai está espionando Dean que tivemos a certeza. Luke estava lá e eles tinham essa cena que não significava nada, mas que mudou tudo. Não parecia ‘Oh, definitivamente eles têm interesses amorosos. É apenas essa química estranha que tivemos em termos de sermos os opostos completos, e também este conflito claro de que ele tem a coisa que ela mais quer – que é o café. Mas naqueles primeiros anos, a Lorelai teve muitos namorados diferentes. Jon Hamm era um deles. Nós tivemos o Max Medina. A história poderia ter acontecido de inúmeras maneiras. Mas teve essa coisa desses dois personagens juntos que eles continuaram revivendo e continuou crescendo.” – Amy para a EW

luke-and-lorelai

E esta não foi a única grande mudança de roteiro que a história sofreu antes de chegar à televisão. A autora também contou que originalmente Sookie, a melhor amiga de Lorelai interpretada por Melissa McCarthy, seria uma mulher lésbica. “As coisas eram diferentes naquela época. As redes de televisão eram muito diferentes em quão permissivas elas permitiriam que você fosse. Então, Sookie era originalmente gay, mas não funcionou naquela época”, afirmou a autora no ATX Television Festival, em 2015. Fico imaginando que incrível seria se essa ideia original tivesse permanecido… mas tudo bem, Jackson até que é legal (até mentir sobre a vasectomia, pelo menos).

sookie

O revival Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar estará disponível a partir do dia 25 de novembro na Netflix.

 

Fonte: Huffpost Brasil

Quem escreve? Marina Formaglio

Jornalista, aspirante a escritora e invocadora nas horas vagas. O apelido "Feiurosa" é uma homenagem à sua alma gêmea canina, uma vira-latinha chamada Feiura, que já partiu, mas continua em seu coração <3 Contato no Facebook ou Twitter.