Never Alone: o game que retrata a cultura dos nativos do Alasca

Never alone cover 2

Never Alone (Kisima Ingitchuna) é o primeiro jogo desenvolvido com a colaboração dos Iñupiat, povo nativo do Alasca.

O game contou com a participação de 40 anciões, contadores de história e membros da comunidade. O game foi desenvolvido pelo Upper One Games, publicado pela E-Line Media e lançado no fim do ano passado. Ele foi ideia da Inlet Cook Tribal Council, organização sem fins lucrativos, que precisava angariar fundos para os nativos do Alasca.

Never Alone

Nuna & Fox

Never Alone é um game de plataforma que conta a história da garotinha Iñupiat chamada Nuna e uma raposa do ártico denominada Fox. Nuna parte da sua pequena vila para descobrir a fonte da eterna nevasca que ameaça a sobrevivência das pessoas do vilarejo. Após sair da sua comunidade, eles passam por diversos perigos que vão desde nevascas e até ursos polares. O game é baseado na lenda de Kunuuksaayuka, onde um membro do vilarejo parte para descobrir o motivo da forte nevasca. Adaptaram a lenda e colocaram uma protagonista feminina 🙂

Never Alone 4

O jogo é repleto de puzzles intuitivos, que não difíceis de solucionar, mas alguns podem levar um pouco mais de tempo. Mesmo assim Never Alone é um jogo curto (possui 8 capítulos) e que deixa com gostinho de querer jogar mais e conhecer mais sobre a identidade cultural e folclórica dos Iñupiat, um povo tão desconhecido para nós.

Never Alone 2

Nuna recebendo a boleadeira do Homem-Coruja

Nuna e Fox podem ser controlados de forma cooperativa por dois jogadores ou pode-se intercalar entre ambos os personagens para controlá-los (modo single player). Cada um tem sua função no jogo. Nuna pode despertar espíritos ou quebrar o gelo com sua boleadeira (espécie de arma de arremesso), mover objetos e subir em cordas. Já a pequena raposa branca pode pedir a ajuda aos espíritos da natureza para conseguir se deslocar no cenário, passar por lugares apertados e saltar entre paredes.

Never Alone_20141116233129

Um espírito da natureza ajudando Nuna e Fox

Se preparem para cenários repletos de neve, icebergs e tempestades. O cenário pode ser útil durante um confronto contra um boss (não existe combate direto) ou pode dificultar sua vida durante a jornada e até mesmo no caso de perseguições. As rajadas de vento podem tanto prejudicar como serem utilizadas a seu favor.

Never Alone_20141124123226

O jogo é narrado na língua Iñupiat, por um mestre contador de história membro da comunidade, mas não se preocupem é tudo devidamente legendado. As cutscenes são mostradas através de pinturas tribais que lembram xilogravuras. Os gráficos são simples, porém belíssimos que retratam o clima gelado do Alasca e os espíritos da natureza são mostrados de forma interessante e criativa. Em vários momentos as telas do jogo adquirem bordas escuras para focar nos protagonistas e em certos elementos dos cenários.

Never-Alone-cultural insigths

Sabedorias Antigas (Cultural Insights) possui 24 vídeos que contam um pouco sobre a cultura dos Iñupiat

O jogo é uma espécie de documentário (ou um documentário em forma de jogo) que conta um pouco das tradições, lendas, fauna e costumes desse povo antigo e nativo do Alasca. Ao decorrer do game é possível destravar pequenos vídeos (Sabedorias Antigas) com os relatos de anciões e membros da comunidade Iñupiat, não deixem de assistir! São mais de 30 minutos de entrevistas e 24 vídeos no total que contam a vida difícil dos Iñupiat e como eles vivem em comunidade e para a comunidade e até mesmo o impacto do aquecimento global na região. O objetivo de Never Alone (ou Kisima Ingitchuna na língua dos Iñupiat) é ser um jogo educativo para compartilhar, celebrar e ampliar a riqueza cultural desse povo nativo do Alasca.

 Assistam ao trailer aqui:

Never Alone está disponível para PC (Steam), Playstation 4 e Xbox One.

 

Quem escreve? Rany

Graduada em Jornalismo e Jogos Digitais e pós-graduada em Mídia Digitais. Fã incondicional de As Crônicas de Gelo e Fogo, Tolkien, Fables, Tarantino, Miyazaki, Okami, Dragon Age e Mass Effect. Divido meu tempo livre com os meus vícios em séries de tv, filmes, livros e games.