Mulher Maravilha acaba de se tornar a maior ameaça ao Universo da DC!

Wonder-Woman-capa

Estamos em choooque!

Pode ter sido contra sua vontade, mas a Mulher Maravilha acaba de se tornar a maior ameaça enfrentada pelo Universo DC após os últimos eventos em “The Witching Hour”. A revelação veio junto com os novos poderes mágicos vistos em Justice League Dark. Ao que parece, a infância de Diana em Themyscira não foi aquele paraíso que imaginávamos.

A DC modificou (novamente) a história de fundo da Mulher Maravilha, adicionando mais misticismo às suas origens. Ela ainda é filha biológica de Zeus, mas outro deus possui agora uma relação muito mais próxima com a princesa Diana. Quando ela era apenas uma criança, a deusa grega Hécate (deusa da lua, magia e feitiçaria) a marcou… Transformando a amazona em uma bomba-relógio de magia. A Bela Adormecida feelings.

As origens de seus novos poderes foram apontadas no volume 3 de Justice League Dark, mas seu propósito só se tornou claro em “Wonder Woman and Justice League Dark: The Witching Hour”. O quadrinho é uma edição crossover que apresenta a história dessa nova marcação divina. Evidentemente, um culto de amazonas de Themyscira era devoto da deusa Hécate. E quando uma jovem Diana acabou invadindo um dos rituais do culto, acabou recebendo a marca da deusa em sua testa como punição.

Wonder-Woman-branded-by-Hecate-followers

Apesar de a marca ter sido escondida pela tiara de Diana por anos, ela não podia ser vista a olho nu. E após muito tempo, Hécate resolveu controlar uma das mais poderosas heroínas do Universo DC, com o objetivo de acumular o máximo de poder possível, agora que a magia está morrendo no Universo da DC. A possessão de Hécate, de maneira prática, quer dizer que a deusa da magia pode transformar a Mulher Maravilha em um monstro pálido de cabelos brancos, que não quer causar outra coisa senão destruição. Hécate também pode utilizar um de seus receptáculos, como Diana, e transformá-lo em uma bomba viva, capaz de aniquilar tudo ao seu redor.

Por enquanto, os únicos heróis que sabem sobre o “problema” de Diana são seus colegas da Justice League Dark. Batman tem suas suspeitas, mas até o momento a Mulher Maravilha está se esforçando muito e conseguindo conter seu lado negro sob controle. Ela é mais resistente à influência de Hécate por sua natureza semidivina, mas ao que parece não conseguirá resistir para sempre. E há uma grande possibilidade que Hécate assuma o controle em breve.

Hecate-posses-a-witch-in-Justice-League-Dark

Quando (ou se) Hécate começar a caminhar por aí no corpo de Diana, isso provavelmente também não durará muito. A Mulher Maravilha das trevas pode ser a primeira ameaça real de Justice League Dark, mas a DC não parece ter planos de tornar sua guerreira amazona em uma vilã permanentemente. Mas tudo isso ainda pode ser uma forma de tornar Diana em uma verdadeira heroína mágica. Seu relacionamento com a magia sempre esteve presente na história da personagem, desde que foi trazido a vida pelo sopro dos deuses.

Assim como diversos outros aspectos da história da Mulher Maravilha, a magia acabou sendo deixada de lado. Suas habilidades de combate, sua fé no feminismo e seu status de realeza são temas muito mais importantes do que sua conexão com a magia. Isso também a mantém separada de outros grandes heróis da DC, especialmente Batman e Super-Homem, então mesmo que a possessão seja temporária, sua familiaridade e habilidades mágicas devem permanecer por algum tempo.


Fonte: Screenrant

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).