Por que jogar Rayman Legends?

Rayman_Capa

Neste final de semana que se passou, tive a ~honra~ de jogar Rayman Legends com meu fiel escudeiro. Nossa experiência com o jogo foi tão maravilhosa que a jogatina durou até 5:30 da manhã.

Mais um maravilhoso jogo de plataforma produzido pela Ubisoft.
Inicialmente, o jogo foi anunciado como exclusividade para WiiU, porém, foi lançado para PS3, PS Vita, Windows e Xbox também. A proposta era um Rayman Origins 2, com dragões, fantasmas e até vampiros. Posteriormente, ele foi registrado como Rayman Legends.

Rayman1

Pra começo de conversa, posso afirmar que o jogo segue o princípio básico de seu antecessor (Rayman Origins), que é fazer você viciar e não conseguir mais parar de jogar. Gosto muito da genialidade e criatividade que giram em torno do universo de Rayman. É tudo muito bem arquitetado, desenhado e trabalhado. Confira o trailer:

Com a jogabilidade melhorada, porém bem parecida com o Origins, o jogo volta a trazer Rayman e seus amigos salvando o Teensies ~aqueles bichinhos cabeçudos~.
Desta vez, você salvará 10 deles por fase, e não mais 3 vezes, como no antigo, agora eles aparecem em gaiolinhas.

Algumas coisas estão bem diferentes do jogo antigo, como a captura dos lums. Não existe mais o Lum gigante que faz os outros cantarem, agora você se depara com lums roxos que tem seu “valor” multiplicado por 2.

lums1

Nesta versão, você também encontrará novos personagens. Chamosas mocinhas vikings e seus alter egos malvados. Porém, para desbloqueá-las, você terá que salvá-las em uma fase que lembra a antiga fase do tesouro, onde você encontrava os dentes do zumbi. Conheça a Bárbara, a primeira viking que você salva:

Além delas, os jogos para PS3, WiiU e Xbox contam com versões ~fantasiadas~ dos personagens. Como Super Mario, Assassin’s Creed e outros.

wiiu_rayman

Você também terá ajuda do ~sapo-fada~ Murphy, que deixará de apenas conversar com você para interagir em alguns momentos do jogo, seja cortando cordas ou fazendo cócegas nos inimigos.

Rayman_Murfy

Para quem gosta de jogos de plataforma, Rayman Legends é uma boa pedida.
Você pode jogar no modo multiplayer – que eu recomendo, pois algumas partes das fases são complicadas de se passar sozinho (fora que é super legal sair batendo no seu companheiro).
Os gráficos também são bem legais, trazem um pouco de 3D, garantindo uma experiência melhorada e uma visualização de detalhes, como os Dragões *-*
Fora isso, gosto de dizer que este jogo também é uma obra de arte, também se encontra na lista de um dos jogos mais bonitos que já joguei.
O cenário é todo colorido, cheio de detalhes. Parece desenhado à mão e faz você se sentir jogando um desenho animado. Realmente faz com que você preste atenção no jogo, porque prende muito.
É bem legal observar e jogar com calma, porque quase sempre tem alguma coisinha escondida pela fase, como os Teensies e aquelas moedonas que eu chamo de Segredo.

Rayman-Legends-3

Seu menu é um hall. Neste hall, se encontram vários quadros, que servem de acesso às fases e outros bônus, é quase o mesmo esquema do Mario 64, mas tudo em uma sala só.
Os quadros ainda indicam os níveis de dificuldade de cada level, de uma até 5 estrelas. Confira no 1:35:

Para mim, o ponto forte do jogo foram as fases musicais. Diferente de tudo o que você já viu, Rayman Legends traz de volta algumas músicas clássicas e as coloca em fases. Sua jogabilidade tem que ter o ritmo da música, suas ações acompanham as batidas. Eu mesma joguei a primeira fase musical trilhões de vezes.
Confira a Mariachi Madness, duvido que você não conheça a música!

Rayman Legends conta com mais de 120 leveis, fora alguns do Rayman Origins, que você desbloqueia conforme passa pelos desafios.
Garanto que a experiência com o jogo foi bem positiva, assim como foi com o antecessor. É um jogo super divertido que as vezes te deixa desesperado. Uma verdadeira diversão garantida, ainda mais no multiplayer.
É um super jogo e eu recomendo. Quem tiver a oportunidade de adquirir não se arrependerá.

Quem escreve? Isabela

Futura publicitária, apaixonada por redação e fotografia. Vive em busca de games mobile, melhor motorista de GTA, apelona no Mortal Kombat e Nintendista desde pequena. Leitora assídua de sagas de fantasia, aprendiz de ketan e bastante viciada em Doctor Who, sempre acompanhada pelo Oswald <3