Mônica completa 50 anos!

monica

A dentuça briguenta mais amada desse Brasil está comemorando 50 aninhos de vida! <3333 CINQUENTA ANOS? Sim, tudo isso.
A personagem surgiu em 3 de março de 1963, criada pelo nosso querido Mauricio de Sousa e inspirada em sua própria filhota. A garotinha de 7 anos, habitante no Bairro do Limoeiro talvez nem sonhasse que fosse conquistar o Brasil e o mundo.
Particularmente, escrever esse post me deixa emocionada, pois a Turma da Mônica marcou minha infância de um jeito inigualável. Se você nasceu no final dos anos 80 ou início dos 90 deve saber do que eu estou falando.
Acredito que assim como eu, muita gente também aprendeu a ler com os gibis da Turma da Mônica. Me lembro que mesmo quando eu ainda não sabia ler, meu pai comprava as revistinhas pra mim, eu olhava as figuras e inventava falas para os personagens, criando minha própria história. (:
Hoje, meu amor pela Turma da Mônica continua tão grande quanto antes. Além de ser um marco na indústria de quadrinhos brasileira, Mauricio de Sousa soube criar um estilo que se consagra até hoje.
Mas, afinal: quando a Mônica deu as caras pela primeira vez em um gibi? Foi nessa tirinha aí embaixo, feita em 1963.

Primeira aparição da Mônica

Primeira aparição da Mônica

A origem
A Mônica “de verdade”, conta que no começo, não curtia muito ter servido como inspiração para a personagem. “Na pré-adolescência eu não gostava de ser a Mônica. Eu queria ser bonitinha, mas era baixinha, gordinha, dentuça. Depois eu assumi a personagem e amo ter sido a inspiradora dela”, explica ela atualmente.
Por que a Mônica fez tanto sucesso? Talvez seja por conta desses atributos tão diferentes. Quem diria que uma menina gordinha, dentuça, briguenta e zoada pelos meninos do bairro ganharia destaque como personagem principal? Para isso, Mauricio precisou transformar a própria filha em desenho, o que não foi uma tarefa fácil. Dá só uma olhada em como surgiu o primeira esboço da Mônica:

A "gibificação"

A “gibificação”

Diferente, né? (:
Mauricio aproveitava para observar o comportamento da sua filha enquanto ela brincava com as irmãs. Quando sua irmã mais velha, Mariângela, cortou os cabelos de Mônica, acabou deixou diversos “caminhos-de-rato” em sua cabeça, usados pelo pai para conceber o cabelo em gomos da personagem, que lembram bananas.
Muita gente não sabe, mas no início, Mauricio de Sousa desenhava as suas tiras para leitores de jornal, e não para crianças. Mas o autor acha que o sucesso com o público infantil se deve ao fato de que criança gosta de criança. “A identificação é o forte das nossas histórias. Todo mundo conhece um Cascão, já foi uma Magali, tem um momento Mônica, deu umas mancadas iguais as do Cebolinha ou sonha com o local aprazível onde mora o Chico”, explica Maurício.

A evolução da personagem <3

A evolução da personagem <3[/caption] A evolução
Ainda tem muita gente que torce o nariz para a Turma da Mônica Jovem, e eu fui uma delas. Dificilmente a gente gosta de ver algo que foi um clássico se transformando em algo novo. Mas foi uma necessidade que o tempo determinou e o próprio autor percebeu isso. “Resolvi criar a Turma da Mônica Jovem, aumentando a idade, as personagens, com o visual de um mangá. Criei um ‘mangá caboclo’. No começo, eu não tinha pensado em fazer mangá. O número zero da ‘Jovem’ é um desenho normal, não tinha nada de mangá. Mas caí na observação de que a turma estava se bandeando muito para o mangá mesmo. Então, mudei o esquema”.
E a tentativa deu certo. A edição 34 da Turma da Mônica Jovem vendeu 500 mil cópias, enquanto nos EUA, nenhuma HQ vendeu mais de 100 mil cópias. #CHUPADCCOMICS

[caption id="attachment_39355" align="aligncenter" width="400"]A capa de 500 mil cópias. A capa de 500 mil cópias.

E o preconceito?
Ainda rola. Segundo Mauricio, “se um livro vende 5.000 cópias, já é considerado best-seller. Se vendemos 500 mil gibis, dizem ‘tudo bem, acontece’.” Na última década, os mangás ganharam espaço, ainda mais com o surgimento de novas editoras e selos especializados. Mas, infelizmente, muita gente no Brasil ainda não considera isso entretenimento de verdade.
O grande segredo de Mauricio é a adaptação do quadrinho ao seu tempo. A Turma da Mônica evoluiu ao longo desses 50 anos da personagem, assim como os seus leitores.
Hoje, a Mauricio de Sousa Produções possui o maior estúdio de quadrinhos da América Latina, empregando 200 artistas, fazendo parceria com 110 empresas, produzindo cerca de 1.200 páginas mensalmente, totalizando cerca de 1 bilhão de publicações ao redor do mundo, um verdadeiro império.
E é com muito orgulho que desejamos feliz aniversário para os 50 anos da dentuça mais amada do Brasil, e esperamos que ainda venham muitos anos por aí, porque ainda quero ver meus filhos crescendo com a Turma da Mônica. <3 Bateu uma saudade? Então dê uma olhada neste link onde tem várias tirinhas, páginas e especiais dos gibis antigos da Turma da Mônica, tudo para ler online! E para quem quiser se aventurar em algo novo, também tem esse link com todas as edições da Turma da Mônica Jovem.
Além disso, ainda tem o Tumblr da turma da Mônica. Lá tem várias tirinhas, esboços, capas de Gibis (novos e antigos) e gifs pra matar a saudade. <3 [caption id="attachment_39358" align="aligncenter" width="600"]Parabéns, dentucinha! <3 Parabéns, dentucinha! <3[/caption]

Quem escreve? Tammy

Jornalista, pedreira, uma das fundadoras do Garotas Geeks e desbravadora de indie games. Muda a cor do cabelo 1 vez por mês, é a encarnação humana do Snorlax e faz cospobre de Pikachu nas horas vagas. Me encontre em qualquer lugar com o @tammynhoca :)