Respeita as mina de otaku!

Que a cultura japonesa de animação em geral é altamente sexista e muitas vezes machista, não existe dúvidas. E às vezes é extremamente cansativo ser mulher, fã da cultura, tentar assistir algum anime ou ler algum mangá que te pareça promissor, no sentido de ter personagens femininas fortes (ou simplesmente notáveis) e principalmente não sexualizadas, mas dar de cara com alguma coisa super estereotipada, que incentiva rivalidades femininas fúteis, cria personagens objetificadas e muitas vezes com corpos nada anatômicos – além do comum fanservice ou de clichês que beiram o ridículo. Isso quando você não encontra histórias com plots ainda mais problemáticos que fazem romantização de relacionamento abusivo e até mesmo de estupro! Além do desânimo que isso proporciona com o gênero da história, seja ele shoujo/josei ou shounen/seinen/etc, causa um desgaste chato e muitas vezes isso acarreta também num desinteresse em animes e mangás em geral. E eu aqui, como boa fã e crítica de animes e mangás, não poderia deixar isso acontecer sem pelo menos mostrar algumas das pedrinhas preciosas que a gente encontra nesse meio, às vezes bem escondidinhas e menos conhecidas.

Pensando nisso, selecionamos uma lista de animes, filmes animados e mangás ma-ra-vi-lho-sos que nós, garotas, podemos assistir sem esse puta receio da frustração, mas, na verdade, poder assistir com os olhinhos brilhando pela representação positiva do sexo feminino e outros pontos felizes sobre o assunto. Obviamente a lista serve pra qualquer pessoa também com um tequinho mais de senso crítico a esse respeito, é claro. Mas o post fica sendo especialmente pras garotas mesmo, como um presentinho pelo Dia Internacional das Mulheres <3

Nazotokine-solidarity

Caso vocês notem em qualquer indicação alguma característica que fuja da proposta do post, por favor avisem nos comentários! Queremos deixar a lista com apenas as melhores obras (: Muitas delas foram recebidas por indicações – e pela quantidade extensa, ainda não tive tempo de analisar uma por uma em detalhes e dar a vocês segurança absoluta de que nenhuma delas é totalmente isenta de defeitos. Mas imagino que já é bem mais confiável receber essas dicas pra ler ou assistir vindo de outras garotas que entendem o mesmo sentimento que você, né? A intenção do post é captar o máximo de boas obras para acompanhar e compartilhar, então aos poucos vamos editando e melhorando a coletânea aqui, ok? Sintam-se à vontade para colaborar! Dentro dos critérios do post, viu?

Antes de entrar na lista especificamente dita, vamos primeiramente explicá-la com uma pergunta: O que faz uma personagem feminina ser boa em um anime?

Esta é uma pergunta (feita lá no MAL, este artigo inclusive foi adaptado desse e desse post e inspirado nesse, nesse e nesse posts {inclusive recomendo muito a leitura}) com várias respostas, que incorpora tudo desde personalidade, posicionamento da personagem na história, design da personagem e até mesmo o posicionamento dentro dos quadrinhos ou de um close (zoom) nos animes. Nós sabemos que a partir desse momento, muitas de vocês lendo podem pensar em algum personagem que vocês gostem – talvez vários. Na verdade a palavra-chave é admirar. Mas o que eu gostaria que vocês pensassem é: quantos desses personagens que vocês pensaram são do sexo feminino?? Vamos reduzir esse número então. Quantas dessas personagens femininas são as protagonistas de suas histórias? Agora, reduzindo ainda mais: quantas delas não foram desenhadas ou desnecessariamente colocadas em situações comprometedoras ou posições sexuais (a bem unicamente do público hétero masculino) em algum momento? Não muitas, certo? Encontrar exemplos de protagonistas fortes, de mulheres que não estão lá para agradar olhares errantes de um público seleto, é como desenterrar um diamante da lama: uma vez que você encontra um, é melhor agarrá-lo bem apertado, porque você não sabe se você vai encontrar outro assim tão cedo.

Mas este artigo, assim como o post do MAL, não é pra falar sobre fanservice, nem é nossa intenção fazer um discurso retórico sobre a sexualização das mulheres no anime – é o oposto, na verdade. Este artigo está aqui para celebrar o que faz a construção de algumas personagens femininas ser algo digno de admiração. Não necessariamente por quem elas são ou o que elas fazem, mas pelo que elas representam na mídia visual. Estas mulheres, claro, são apenas uma pequena amostra em um índice crescente de personagens que são adicionados a cada temporada, a cada ano. Há  ainda, claro, a possibilidade de existirem ainda mais ou ainda melhores exemplos que merecem reconhecimento lá fora, mas a maioria dos exemplos a seguir são aqueles a quem eu, autora deste post, agradeço pessoalmente.

utena

Segue a lista, separada primeiro em animes, depois mangás e finalmente filmes:

Animes:

Os critérios de escolha desses animes, basicamente, são se o anime têm: figura feminina central importante para a história; não só ser uma protagonista forte (ou destacável), mas ter motivação própria e não focada em um personagem masculino; personagens que não tenham propósito único lutar apenas com pessoas do mesmo gênero (a exemplo de One Piece e Naruto, que falham em considerar esse tipo de questão); entre outros critérios já citados acima no post.

Animes que apenas retratam mulheres fortes sem sexualização e dentro de alguns dos demais critérios do post, mas que ainda assim merecem menção especial por terem personagens femininas memoráveis:

  • Black Lagoon (Revy, Balalaika, Eda, Roberta, Shenhua) ~com ressalvas
  • Blood+ (Saya)
  • Durarara (Selty e Sonohara)
  • Fullmetal Alchemist (Winry, Riza, Izumi e Mira Armstrong)
  • Gash Bell ou Zatch Bell (Tia, Li-en, Ellie, Lori, Sherry, etc)
  • Gintama (Kagura, Tae, Kouka, Ayame, Kyuubei, Nobume, etc) ~com ressalvas
  • Gosick (Vitorique)
  • Hyouka (Eru)
  • Inuyasha (Kagome, Kikyou, Sango, Kagura e Kanna)
  • Jigoku Shoujo (Enma Ai)
  • Magi: The Labyrinth of Magic (Morgiana, Hakuei-Ren, Sheba, Kougyoku) ~com ressalvas
  • Natsume Yuujinchou (Reiko)
  • Noragami (Hiyori, Bishamon e Kofuku)
  • Paradise Kiss (Yukari, Isabella) ~com ressalvas
  • Pokémon (Misty, Serena, Dawn, May, Sabrina, enfermeira Joy, oficial Jenny, etc)
  • Samurai X (Kaoru, Megumi, Misao) ~com ressalvas
  • Senjou no Valkyria (Alicia)
  • Shigatsu wa Kimi no Uso (Kaori)
  • Shingeki no Kyojin (Mikasa, Annie, Hange)
  • Sword Art Online (Asuna, Sinon, Konno, Silica, etc) ~com ressalvas
  • Toradora (Taiga) ~com ressalvas
  • Toaru Hikuushi e no Koiuta (Claire, Ariel)
  • Uchouten Kazoku (Benten)
  • xxxHolic (Yuuko)

Menção bônus especial: Hourou Musuko

Mangás:

Filmes animados:

E é isso aí! <3

Novamente, receberei indicações com o maior prazer <3 E novamente, quem já tiver assistido ou lido alguma das obras e tiver alguma crítica, recebo e adiciono ao post pois gostaria muito que ele fosse um índice bacana pra todas nós que queremos ter material de qualidade mesmo!

Boa diversão, meninas!

Compartilhe: