LOL: 10 gibis brasileiros com personagens totalmente inusitados

gibis brs toscoes destaque

Quadrinhos não vivem apenas de heróis, sabia? Famosos como Xuxa e até Ana Maria Braga já ganharam suas versões em desenho. Por essa você não esperava, né? Confere aí então!

UPDATE 11/02/2015: Oi, você! Como leitora e também parte da equipe do Garotas Geeks, venho aqui me retratar sobre o mal entendimento sobre esse post. Quando foi me sugerido a pauta com um gibi do Gugu, já tive em mente usar outros exemplos de ícones famosos que também vieram a se tornar personagens de quadrinhos. No intuito de escrever isso, nada seria focado nos artistas e autores das revistas, já que todas têm grande nome, e muitas realmente vieram a ser de grande qualidade. O que quis passar nesse post foi a irreverência a qual os personagens principais são tratados, já que em mente não são originalmente personagens de quadrinhos e sim nomes famosos que têm sua relevância em seus trabalhos na TV ou música. A ideia era falar em tom de humor, já que em 100% dos nossos outros posts sobre HQ nós procuramos indicar obras aos nossos leitores, e neste faríamos um post inverso considerando a comicidade na escolha dos protagonistas. No entanto, reconhecemos que a intenção de transmitir essa zoeira (que em horas sérias admitimos que tem, sim, limites) foi completamente falha e não cansaremos de pedir desculpas a todos, tanto artistas quanto leitores de HQ. Inclusive, sempre que possível, divulgamos projetos de crowndfunding para ajudar os autores de HQ’s que estão tentando ganhar a vida neste tão difícil mercado (como podem ver neste e neste exemplo, que são apenas 2 dos muitos que já abordamos). Voltando aos quadrinhos apresentados nesta postagem, o peso para falar desses nomes é grande, mas falar dos autores que escreveram e dos artistas que as desenharam é muito maior, e não é o foco. Peço desculpas aos leitores que acharam uma ofensa aos autores, o que não foi a intenção já que, como dito, quis dar destaque na abordagem dos personagens, pois o mercado brasileiro daquela época tinha espaço para tal produto mercadológico, nunca quis desmerecer os nossos artistas envolvidos. Lembrando também que o Garotas Geeks é um blog e frequentemente damos opinião, então a opinião expressa em um post não representa a ideologia de todo o conjunto, apenas da autora. E eu, Grazi, como uma grande consumidora de quadrinhos e apoiadora de projetos independentes, peço novamente desculpas por ter passado tão mal a minha opinião, que, da forma que está sendo interpretada por uma má expressão minha, não representa a realidade. O título desta página foi alterado para ficar mais compatível com a ideia que queríamos transmitir a princípio. Esperamos que possam vir a nos perdoar por este mal entendido.


Se você acha que o mercado de quadrinhos vive apenas de heróis, anti-heróis e narrativas cheias de conteúdo fictício, você está muito enganado! Cantoras como Amy Winehouse e Britney Spears (em sua revista nomeada de Fame) já ganharam suas versões em quadrinhos. Estas biografias adaptadas nada mais são do que um meio de atingir os fãs e até mesmo pegar leitores de quadrinhos, em um tipo de convite a conhecer mais sobre o artista em questão. Mas o fato é: até onde isso é tosco? Até onde a zueira vai?

Eis que surgiu a ideia de relembrar aqui algumas peripécias de famosos pelo mundo dos quadrinhos e o melhor: famosos brasileiros! HUEHUEBR Então segura esse forninho, pois aí vem uma lista com 10 quadrinhos das estrelinhas brasileiras tentando fazer uma carreira no mundo onde muitos heróis dominam. Mas será que eles se deram bem?

Tiririca

tiririca-gibi

Não, não é um Simpson Fonte: guiadosquadrinhos.com

ORLY O palhaço, político e cantor já teve seus momentos ~gloriosos~ em uma adaptação pros quadrinhos junto com sua “namorada” Florentina. Sim, ela, a FLORENTINA DE JESUS! Aquela que não sabia se amava, mas seduzia, e ainda marcava presença nas histórias do Tiririca QUENHÊOCANTÔ? Publicada pela Taquara Editorial, a HQ foi encerrada e hoje só restam capas e registros pouco detalhados do título.

Leandro e Leonardo

leandro-e-leonardo-gibi

#Ousado Fonte: guiadosquadrinhos.com

Mais um pra categoria ‘cantores’, a dupla de sertanejo (que se encerrou com a doença e morte de Leandro) ganhou sua versão em quadrinhos, que foi publicada no início dos anos 90. O quadrinho talvez estivesse mais para uma fanzine, já que a internet ainda se limitava aos laboratórios e não era fácil ter informações dos famosos como hoje. Então, com a publicação, os fãs conseguiam saber de mais alguns detalhes, com direito a entrevistas etc. olha essa capa ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Angélica

angelica-gibi

Fonte: guiadosquadrinhos.com

No final da década de 80, além de comandar um programa infantil e ser ícone da garotada na época, dona Angélica virou também diva dos quadrinhos sqn em sua própria revista. Histórias simples do cotidiano e um toque de ficção pra dar cara de mocinha heroína eram as principais características das suas aventuras. Pois de táxi ela vai, você sabe.

Xuxa

gibi-xuxa

POR APENAS 590!!!!!111ONZE!!1 Fonte: guiadosquadrinhos.com

É, a rainha dos baixinhos não poderia estar fora dessa também! Eternizada em programas infantis e filmes adultos, a Xuxa é eterna ídola das crianças brasileiras. Pois quem nunca cantou Xuxa? A diva da criançada ganhou sua revista em quadrinhos, que foi publicada pela editora Globo nos anos 90 e hoje se tornou mais um fruto das raridades ~trashs~ daquela época.

Faustão

gibi-faustao

Amigo das crianças Fonte: guiadosquadrinhos.com

Oloco bicho! O apresentador dominical aparentemente tinha jeito com crianças. Ao menos é isso que mostram as capas da sua série de quadrinhos, publicada pela Abril,  que pegou a fase mais ~fofa~ do Faustão. E, quem diria que, diferentemente dos apresentadores desta lista, ele permaneceria apresentando o mesmo programa até hoje?! Pra quem acha que ele só aguenta segurar a barra da audiência aos domingos, vai se surpreender com os dois pirralhos metidos em suas histórias tsc tsc.

Quem escreve? Grazi

Cristã aspirante a cientista da computação, um dia ainda será a Root na companhia do Harold Finch e do John Reese. Fã de Green Day, sempre mantêm bons álbuns de punk californiano em seu player e desbrava universos ouvindo metal folk. Aprecia quadrinhos e boa leitura, sempre se vê presa a realidades alternativas sem precisar encher a cara.