John Cho estrelará adaptação em Live Action de Cowboy Bebop para a Netflix

Cowboy-Bebop-1-1

Só esperamos que a trilha sonora também seja fantástica!

The Hollywood Reporter confirmou o elenco selecionado pela Netflix para sua adaptação em live-action da amada série de anime, Cowboy Bebop. Os dois primeiros episódios serão dirigidos por Alex Garcia Lopez. A série contará com dez episódios sob o comando de Josh Appelbaum, André Nemec, Jeff Pinkner e Scott Rosenberg. O diretor da obra original, Shinichiro Watanabe, também faz parte da equipe da adaptação, atuando como consultor.

John Cho, mais conhecido por seu papel como Sulu nos filmes mais recentes de Star Trek – bem como por “Buscando…” e “Madrugada muito louca” – interpretará o lendário Spike Spiegel, um caçador de recompensas e líder do bando a bordo da nave espacial Bebop. Ele terá a companhia de Mustafa Shakir (Luke Cage) como Jet Black, um ex-policial que se tornou piloto da Bebop e é um velho parceiro de Spike. Daniella Pineda, de Jurassic World: Reino Ameaçado, interpretará a misteriosa Faye Valentine, uma golpista que sofre de amnesia e se une ao grupo depois de inicialmente ser um dos alvos por eles perseguidos.

Na imagem da esquerda para a direita: Jet Black, Spike Spiegel, Faye Valentine, Ed e Eid.

Na imagem da esquerda para a direita: Jet Black, Spike Spiegel, Faye Valentine, Ed e Ein.

Na ordem: John Cho, Luke Cage, Daniella Pineda e Alex Hassell.

Na ordem: John Cho, Mustafa Shakir, Daniella Pineda e Alex Hassell.

Ainda não sabemos quem serão os outros dois membros do grupo: Ed, a hacker de primeira categoria e Ein, o adorável cachorro de dados. Mas o anúncio também apresentou quem será o principal antagonista da série: Alex Hassell será Vicious, um ex-caçador de recompensas e parceiro de Spike na máfia do Dragão Vermelho, cujo objetivo é matar o protagonista.


Fonte: io9

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).