Jaspion comemora 30 anos no Brasil e ganha filme com elenco nacional

JASPION-capa

Tá atrasado mas tá valendo! 

Para celebrar 30 anos de início da veiculação de Jaspion no Brasil, comemorado no dia 22 de fevereiro, a Sato Company (Doraemon, Mofy, Topo Gigio, National Kid, Jaspion, Changeman, Flashman, Jiban, Jiraya, National Kid e On Nom fazem parte de seu portfólio), empresa responsável por trazer ao Brasil diversos conteúdos audiovisuais japoneses, anuncia a produção de um filme nacional do principal herói dos chamados “tokusatsu”.

jaspion2

Produzido pela própria Sato, o remake será gravado em solo brasileiro e com atores nacionais, recheado de efeitos especiais, além de modernizar o visual do personagem galáctico. Segundo a empresa, o longa metragem está programado para estrear em meados de 2019. Para Nelson Sato, CEO da Sato Company, este é mais um grande capítulo nas aventuras do herói. “Estamos bastante empolgados com a produção do longa. Resgatar um dos mais expressivos tokusatsu exibidos no Brasil, tendo a oportunidade de criar uma nova história e dar um update no personagem será um desafio encantador. Para nós, é uma honra ter tido a permissão de realizar esse sonho”.

Segundo Yusei Nagamatsu, Senior Manager da Toei, produtora do Jaspion, “este é o melhor momento para lançarmos o filme, são 110 anos de imigração japonesa no Brasil e 30 anos da série.  Nosso parceiro para essa produção é a Sato, que conhece o mercado há mais de três décadas, tendo sido a grande responsável pela introdução do conteúdo japonês no Brasil”. 

O elenco será conhecido durante o festival de filmes japoneses, que acontecerá em agosto de 2018, dentro das comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil.

SUCESSO DE JASPION NO BRASIL

No dia 22 de fevereiro de 1988, sob o nome de “O Fantástico Jaspion”, o Tokusatsu de maior sucesso no país estreava na TV Manchete, distribuído pela Sato Company.  O programa Clube da Criança, comandado por Angélica às 17h, foi o responsável por apresentar o novo herói para o Brasil e logo se tornou um dos grandes sucessos de audiência da época. Esse reconhecimento do público era inédito por outras produções do gênero, como National Kid e Ultraman, e fez com que os super-heróis japoneses se tornassem uma febre no Brasil, abrindo as portas definitivamente para o mercado dos tokusatsu.

Mesmo em uma emissora de menor porte, como TV Manchete, Jaspion foi o responsável por garantir um sucesso tão grande que superava, inclusive, a Rede Globo, e o até então líder de ibope, “Programa da Xuxa”, e até hoje registra a maior audiência da extinta emissora. Em virtude do sucesso nacional, Jaspion continua sendo uma das séries tokusatsu com maior número de fãs no Brasil.

Relembre a abertura do show:

Quem aí assistia e está ansioso? o/

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).