Inteligência Artificial da Nvidia aprendeu a criar faces humanas, mas parece ter dificuldades para fazer o mesmo com gatos

capa-nvidia

Pessoas perfeitas, gatos bizarros!

Há poucos dias, Tero Karras, Samuli Laine e Timo Aila publicaram um artigo e um vídeo demonstrando que seu sistema de inteligência artificial é capaz de gerar rostos humanos realistas. Os resultados são realmente incríveis, e definitivamente um pouco preocupantes quando você começa a pensar nas consequências de uma máquina ser capaz de produzir sozinha fotografias realistas de pessoas que não existem de verdade.

Mas, por outro lado, a pesquisa tentou fazer o mesmo com gatos e não parece estar dando muito certo, e já vamos chegar lá.

O artigo explica o seguinte:

Nós propusemos um gerador de arquitetura alternativa para redes adversárias geradoras, pegando conceitos emprestados da literatura de transferência de estilo. A nova arquitetura levou a uma separação automática, não supervisionada, de atributos de alto nível (como a pose e identidade quando treinado com faces humanas) e variação estocástica (aleatória) das imagens geradas (como sardas, cabelo), permitindo controle intuitivo e proporcional da síntese.

Resumindo, o computador conseguiu criar rostos aleatórios quebrando a matriz da aparência humana. Ou pode ser totalmente o oposto. Mas o incrível é ver como os rostos gerados pela inteligência artificial parecem reais. Ou pelo menos como não acendem aquele alerta de montagem que costuma disparar quando algo parece humano, mas está errado.

face nvidia 1

Tanto o vídeo quanto o artigo seguem demonstrando como o mesmo método se comporta quando aplicado a outras coisas que não sejam rostos humanos: carros, quartos e gatos. Mas por que os gatos? Possivelmente pela imensurável base de imagens disponível para a inteligência artificial poder estudar (serei sincera neste ponto, eu não li o artigo inteiro). E os carros também ficaram excelentes, o que é impressionante já que estamos acostumados a ver modelos que já estamos acostumados. Ainda que alguns deles sejam meio estranhos (um deles tem um pneu gigante e meio murcho, outros parecem meio… deformados e assimétricos?).

Os quartos por sua vez são entediantes, porque fotos de quartos são chatas e também porque os gatos roubaram toda a minha atenção. É sério, os gatos são BIZARROS.

face nvidia 2

Gatos de Cthulhu! Alguns deles até parecem mais ou menos, mas a enorme maioria é composta por disformes monstruosidades gatescas. É engraçado que a inteligência artificial consiga capturar perfeitamente características humanas como cabelo, sardas, pintas e até mesmo acessórios como óculos, mas não seja capaz de criar um gato que não pareça ter passado por um moedor de carne. Talvez o ponto seja o fato de que é mais fácil trabalhar com rostos do que com corpos. Se a inteligência artificial tivesse tentado gerar humanos inteiros pelados (e tomara que faça), os resultados talvez fossem bem piores.

É engraçado também perceber que alguns dos gatos tem pedaços de memes embutidos. Diga ao computador pra achar gatos na internet e você vai achar um monte de memes. Talvez nosso amigo computador não devesse tentar aprender sem supervisão. Continuem assim, pessoal do reddit, talvez estejam nos salvando da dominação pelas máquinas.

Um dos mais interessantes gatinhos gerados é esse aqui, carinhosamente apelidado de Gato do Vazio:

face nvidia 3

É fofinho, não acham? Se você olhar no fundo de seus olhos por tempo suficiente, sua alma é devorada por ele, mas ele não deixa de ser fofo por isso. Eu não sei se aquele negócio é a cauda dele ou uma patinha cobrindo a sua boca, enquanto ele decide se te poupa ou não do abismo profundo. Acho que você vai descobrir em breve. Todos nós iremos. Não vai demorar.


Fonte: PCGamer

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).