Hellblade: Senua’s Sacrifice te coloca na pele de uma protagonista com psicose e que ouve vozes

Hellblade cover

Prepare-se para uma jornada perturbadora!

O game indie de ação Hellblade: Senua’s Sacrifice foi lançado no dia 8 de agosto pelo estúdio inglês Ninja Theory (Heavenly Sword, DMC: Devil Mar Cry e Enslaved: Odyssey to the West. O jogo era um dos mais aguardados esse ano pelo Garotas Geeks e a protagonista Senua uma das personagens femininas para ficar de olho em 2017.

Hellblade Senuas Sacrifice

Hellblade conta a jornada da guerreira celta Senua por um dos nove mundos da mitologia nórdicaHelheim (também conhecido como Hel). Logo no começo, é possível perceber o problema de saúde mental da protagonista. Senua sofre de psicose e isso é mostrado constantemente ao longo do jogo através das várias vozes que ela escuta que tentam ajudá-la ou não, tentam fazê-la desistir ou seguir em frente. Além disso, Senua vê coisas que ninguém mais vê, uma escuridão que cresce dentro dela, principalmente, depois de perder toda a sua tribo em um ataque realizado pelos vikings. Falar mais do que isso seria entregar a história inteira do jogo.

Hellblade

Hellblade não possui nenhum tipo de tutorial e a história de Senua é contada aos poucos através de lembranças e alucinações. É difícil saber o que é real ou não é, mas para a guerreira tudo é real, sua dor, seu sofrimento e seus monstros interiores.

Combate

Hellblade combate

O jogo não possui HUD, mapa, pontos de vida ou itens. Os combates são simples e podem ser resumidos em ataque rápido ou forte, chute, defesa ou esquiva dos adversários. Cada adversário possui um estilo diferente de luta e formas distintas de serem derrotados, principalmente, os chefões do jogo. Senua também possui a habilidade de utilizar um poder chamado Foco que serve tanto para localizar runas quanto para utilizar slow motion durante a luta.

Logo no início após o primeiro combate é mostrada a mensagem de que se o jogador morrer muitas vezes o save será apagado. Isso é mostrado através de uma mancha negra que aparece na mão direita de Senua e vai subindo em direção a sua cabeça. Na verdade, o estúdio quis colocar mais pressão psicológica nos jogadores. Apesar de até agora não ter se pronunciado oficialmente sobre isso. Como se não fosse suficiente a tensão causada pelos monstros que Senua precisa lutar ou fugir durante o jogo e que aparecem ter saído dos piores pesadelos.

Puzzles

Hellblade puzzle

Puzzles não faltam e ajudam na exploração dos cenários. Para abrir vários portões espalhados por Hel é necessário encontrar símbolos de runas escondidos nos cenários. Podendo chegar de um até três por portão. Eles podem estar escondidos em paredes, árvores, luzes e sombras. Senua precisa focar e parar na posição exata para localizá-los.

Nos cenários também existem runas espalhadas que contam um pouco sobre os mitos e lendas dos nórdicos, seus deuses, heróis e gigantes como Odin, Loki, Hela, Mímir, Fenrir, Fafnir, Sigmund, Sigurd e Brynhildr. O que fez falta no jogo foi saber mais sobre a cultura celta. Existem várias mídias que abordam a mitologia nórdica, mas são poucas as que falam sobre os Pictos, povo celta na qual Senua foi inspirada.

Senua

A jornada de Senua é dolorosa, tensa e solitária, tirando as vozes que a estão sempre acompanhando, sempre dentro da sua cabeça. Inclusive, é recomendado jogar com fone de ouvido para poder ter total imersão e entender melhor como é a vida de uma pessoa com psicose. Ao longo da produção, o Ninja Theory lançou vídeos que funcionam como diários sobre o desenvolvimento do jogo. Os desenvolvedores contaram que utilizaram som 3D Binaural para que Senua ouça várias vozes ao mesmo tempo e em diferentes localizações (e consequentemente o jogador também). A equipe se aconselhou com especialistas do campo da psicologia e saúde mental, além de conversar com pessoas que já ouviram vozes. No próprio jogo, tem um documentário falando sobre como surgiu a ideia, como foi desenvolvido o áudio e as capturas de movimento. É uma espécie de resumo dos diários publicados no Youtube e deve ser assistido depois que terminar o game, que não é longo.

Hellblade captura de movimento

Hellblade foi feito através de captura de movimentos. Senua foi interpretada e dublada pela atriz e editora de vídeo do Ninja Theory, Melina Juergens, que fez um trabalho espetacular. Já para os demais personagens que aparecem para a protagonista foram utilizados atores reais (sem o motion capture).

Hellblade 2

Em resumo Hellblade é um jogo indie com cara de triple A e uma jornada pela psiquê humana, uma pequena amostra de como é o mundo de alguém com psicose. Hellblade é focado em Senua e na sua trajetória de vida, não nos combates. Então não espere enfrentar inimigos constantemente. Apesar de ser um jogo de ação, ele está mais para um drama e terror psicológico focado na narrativa e em puzzles. Prepare-se para presenciar os piores pesadelos nórdicos e tentar descobrir o que é real ou não é, porque para Senua cada voz, personagem ou adversário fazem parte da sua realidade.

Pontos Negativos

  • Excesso de puzzles repetitivos que acabam tornando o jogo cansativo
  • Posição da câmera que podem acabar atrapalhando o desempenho na luta

Assista ao trailer de Hellblade: Senua’s Sacrifice:

Hellblade: Senua’s Sacrifice está disponível apenas digitalmente para PC (via GOG.com e Steam) e Playstation 4.

Quem escreve? Rany

Graduada em Jornalismo e Jogos Digitais e pós-graduada em Mídia Digitais. Fã incondicional de As Crônicas de Gelo e Fogo, Tolkien, Fables, Tarantino, Miyazaki, Okami, Dragon Age e Mass Effect. Divido meu tempo livre com os meus vícios em séries de tv, filmes, livros e games.