Filme “Cruella”, da Disney, será situado no ano de 1979 em Londres

cruella de vil

Estamos começando a ter as primeiras pistas do direcionamento do filme.

Em 2013, foi anunciado pela primeira vez que haveria um filme sobre Cruella De Vil, uma das mais icônicas vilãs da Disney (e de todos os tempos). E desde então estamos esperando ansiosamente por mais notícias sobre a produção. Em 2016, foi confirmado que Emma Stone (indicada a melhor atriz por La La Land) é a atriz escolhida para o papel, e depois ficamos quase 2 anos sem saber de mais nada. Agora, finalmente, estão começando a surgir as primeiras pistas: segundo o site Omega Underground, a história se passará no ano de 1979, em Londres.

Imagem não oficial de Emma Stone como Cruella feita por The Photoshop Fairy

Imagem não oficial de Emma Stone como Cruella feita por The Photoshop Fairy

Como a notícia original não cita suas fontes, ainda não podemos dar como certa esta informação. Entretanto, há grandes chances de ser verdade e provavelmente teremos uma confirmação oficial em breve. E quais conclusões podemos tirar se a informação for verdadeira? Bom, em 1979 o cenário punk era bastante forte em Londres, então poderemos ver muitas referências a bandas como Sex Pistols e The Clash. Mesmo porque Sex Pistols, considerada responsável por começar o movimento punk, era uma banda extremamente liga à moda. Para quem não sabe, foi o empresário Malcom McLaren, proprietário de uma loja de roupas chamada SEX na época, quem criou os Sex Pistols. Não é a toa que a caracterização punk seja uma das mais marcantes visualmente dentro do espectro do rock.

punk

Mais um pouco do que sabemos até agora é que Cruella será dirigido por Alex Timbers (Mozart In The Jungle) e está na fase de pré-produção. As expectativas são que as filmagens comecem este ano em Londres. Contudo, ainda não foram divulgadas as datas do início oficial da produção e do lançamento. Um detalhe interessante é que Glenn Close, atriz que interpretou brilhantemente Cruella no remake live-action de 101 Dálmatas em 1996, é uma das produtoras.

Nossa maior curiosidade é sob qual ângulo a história de Cruella será contada; podem mostrá-la como uma pessoa maquiavélica, egocêntrica e horrível desde sempre, ou podem apresentá-la de uma forma mais “normal”, mas que foi se tornando cruel e louca por algo que tenha marcado sua vida. A segunda abordagem é interessante pelo fato de ser mais fácil criar empatia pela personagem, e é a linha que a Disney tem seguido nos últimos anos ao retratar vilões em live-actions, como em Malévola e Cinderella. Mas eu particularmente gostaria de ver uma personagem com já fortes tendência à loucura e maldade. Além de achar que seria mais divertido, acho que a abordagem do “ela era boa, mas sofreu muito” tem sido utilizada excessivamente, gosto quando mostram que alguém já nasceu meio malzinho mesmo, e foi ficando pior.

E você, o que espera deste longa que está por vir?

Fonte: Omega Underground

Quem escreve? Marina Formaglio

Jornalista, aspirante a escritora e invocadora nas horas vagas. O apelido "Feiurosa" é uma homenagem à sua alma gêmea canina, uma vira-latinha chamada Feiura, que já partiu, mas continua em seu coração <3 Contato no Facebook ou Twitter.