Existe um jogo de tabuleiro de 1908 sobre mulheres lutando contra policiais!

suffragetto_jogo_tabuleiro01

Essas coisas a gente não vê na escola, por exemplo.

Feito em 1908, Suffragetto é um board game sobre o movimento sufragista e seus enfrentamentos. Seus personagens são as mulheres, que representam esse movimento, contra os policiais de Londres.

O movimento sufragista foi um movimento que teve força durante o século XIX e se estendeu durante o século seguinte, no qual as mulheres lutavam pelo direito ao voto. No Reino Unido, por exemplo, as mulheres só tiveram esse direito em 1928, e aqui no Brasil somente em 1932.

O jogo foi criado lançado pelo WSPUWomen’s Social and Political Union (União Social e Política das mulheres). De acordo com Renee M. Shelby, do Instituto de Tecnologia da Georgia, o Suffragetto “é uma maneira de interagir com o tipo de feminismo físico promovido pelo WSPU, através do lazer, e promulga a ideologia feminista em um ambiente híbrido de mundo real de fantasia. Além disso, permite que os jogadores experimentem formas alternativas de resistência.”

suffragetto_jogo_tabuleiro02

O jogo conta com 42 peças: 21 peças verdes, representando as mulheres, e 21 peças azuis, representando a força policial. Com um tabuleiro semelhante ao do xadrez, se uma sufragista é pega, ela é presa em um espaço de prisão no tabuleiro, e se um policial é pego, ele é levado a um hospital. Existem marcos territoriais: as sufragistas precisam proteger o Royal Albert Hall (que ficou marcado como um local de sua luta) enquanto tentam chegar até a “House of Commons” (a Casa dos Comuns, uma parte do parlamento), e a polícia precisa defender o parlamento e precisam chegar até o Royal Albert Hall. Existe a possibilidade de negociação caso atinjam 12 (ou mais) policiais na prisão ou 12 (ou mais) sufragistas presas.

suffragetto_jogo_tabuleiro

Se você ficou interessada, você pode fazer o download do tabuleiro e imprimir ou mesmo jogar online!

Fontes: Kotaku e Suffrajitsu

Quem escreve? Jessica Reinaldo

Graduada em história, levo uma vida baseada em referências de filmes dos anos 80 e 90. Escrevo e pesquiso sobre terror.