Edição de Fahrenheit 451 precisa ser literalmente queimada para ser lida!

fahrenheit 451 queimar para ler

Isso sim que é levar a história ao pé da letra.

O coletivo de designers gráficos Super Terrain desenvolveu uma versão de Fahrenheit 451 em que é preciso colocar fogo no livro para ler. Que doideira né? Para que as páginas não sejam queimadas, foi utilizado asbesto, um químico resistente ao calor, que suporta até 1000 °C .

Veja no vídeo abaixo como funciona essa invenção:

Se você nunca ouviu falar do livro Fahrenheit 451, do autor Ray Bradubury, a história é a seguinte: em um futuro distópico, os livros estão proibidos, pois o governo tem medo que as pessoas comecem a pensar por conta própria e se rebelem contra o sistema. A informação só chega através de televisões nas casas. E para garantir que os livros sejam extintos de uma vez por todas, existem os bombeiros, que fazem justamente o contrário do que estamos acostumados: eles queimam os exemplares que são encontrados.

livro-fahrenheit-451-capa

A edição não está a venda, mas os criadores responderam nesta publicação do Instagram que estão trabalhando para comercializá-la em breve.

O que acharam? Vocês leriam um livro assim ou acham muito trabalhoso? De qualquer forma não podemos negar que é um ótico item de colecionador!

Quem escreve? Gabi Orsini

Aspirante a jornalista e bailarina. Conversa até com poste e acha que sabe cantar. Desde que descobriram que é uma sereia, não esconde mais isso. Ama tirar fotos e por o pé na estrada. Tem o dom de ler em qualquer hora e lugar. Sonserina sim.