Dica de Série: The Magicians

the-magicians-dica-de-série

Se você ainda não conhece, venha conhecer essa série maravilhosa!

Alô pessoas!

Hoje eu trouxe pra você, pessoinha viciada em série que não sabe mais o que assistir, uma série bem bacana que passa no SyFy <3

MAS MINDY EU TENHO NETFLIX NEM VEJO MAIS TELEVISÃO ~

E você já notou que você já assistiu todas as séries do Netflix? :p Pois é! Então, vamos o que interessa o/

Série

A série foi criada e desenvolvida por Sera Gamble e John McNamara, originalmente planejada para o canal FOX, em 2012, mas foi descartada. A adaptação então foi comprada pelo canal Syfy em 2014, reproduzida nos EUA em dezembro de 2015 (apenas o primeiro episódio) e lançada no Brasil apenas em dia 21 de junho. Ela foi baseada na coleção de Lev Grossman (continue lendo para saber mais sobre os livros!) e traz como protagonista Quentin Coldwater, um garoto inteligentíssimo, que sempre teve um grande carinho por mágica e magias, particularmente quando começou a ler os livros do mundo mágico de Fillory. Mesmo passando pela vida adulta, Quentin nunca deixou de gostar de seu hobby (ou de ler seus livros favoritos da infância), o que sempre causou estranheza nas pessoas próximas a ele, exceto Julia Wicker, sua melhor amiga, também tão apaixonada por mágica quanto ele.

Pôster da 1ª Temporada <3

Pôster da 1ª Temporada <3

Um dia, entretanto, Quentin é levado a um lugar diferente, e então a verdade: ele teria sido selecionado para fazer o teste de admissão para uma universidade secreta de magia em Nova York, Brakebills, assim como sua amiga Julia. Ele foi aprovado, mas infelizmente sua amiga não teve o mesmo sucesso. Na verdade, os alunos que não são qualificados sofrem um feitiço para se esquecerem do que ocorreu, entretanto, Julia conseguiu se livrar dessa sina. Após saber que mágica realmente existe, Julia enlouquece e busca nos subúrbios alguns magos que, por algum motivo, foram expulsos de tal faculdade, ou são de alguma facção perigosa. E aí que tudo começa, criando uma inimizade entre Julia e Quentin, que nesse momento está na faculdade, conhecendo novos amigos e passando por diversos testes perigosos e divertidos.

the-magicians

E o que os livros do mundo mágico de Fillory tem a ver com isso?  Existe algum vilão? Pois é meus amigos… Vamos aos poréns.

Por mais que haja uma tendência a comparar a série com o mágico universo de Harry Potter e Hogwarts, mas PRECISO dizer que por mais que o assunto de ambos seja magia, eles são bem diferentes. A série é muito mais adulta que o nosso querido bruxinho, inclusive porque, é claro, o público é outro. A série mostra um aspecto muito mais sombrio da magia, mostrando a Quentin que nem tudo é como ele imaginou. Ou melhor, que aprender magia não é tão divertido como ele pensava. Inclusive, me chamou a atenção a forma como eles, os “mocinhos”, são atacados por grupos diversos, fugindo daquele tradicional único inimigo que comumente aparece nas séries, livros e filmes com esse tema.

Ademais, acho que a série possui seus diferenciais principalmente em relação aos personagens, que são muito bem desenvolvidos: todos eles possuem seus passados e problemas próprios, o que faz a série fugir daquele famoso ~clichê. Aliás, não posso deixar de mencionar que cada um tem seu próprio estilo de magia, diferente dos tradicionais feitiços que todos podem fazer, inerente à sua personalidade. Penny, um amigo de Quentin, é um viajante do tempo, que aparece em diversos lugares para ajudar pessoas (o que contribui muito para descobrir diversos mistérios na história!). Alice, por sua vez, é muito inteligente e consegue reproduzir feitiços extremamente específicos e calculistas. Todos estes, calouros, são acompanhados por Eliot e Margo, veteranos que fazem diversas trapalhadas, grandes responsáveis pelo lado humorístico da série.

the-magicians

Da esquerda para a direita: Julia, Margo, Eliot, Quentin, Alice e Penny

Livros

Os livros são bem fiéis à série, que, claro adapta algumas coisas – porque por mais que não gostemos, temos que admitir: não é fácil reproduzir tudo idêntico! Nos EUA, temos três livros lançados  pela editora Viking Books: ‘The Magicians’, ‘The Magician King’ e ‘The Magician’s Land’. Já no Brasil, foram lançados dois pela editora Amarilys: ‘Os Magos’ e ‘O Rei Mago’.

Darei detalhes gerais, porém como se trata de uma trilogia, apenas clique abaixo se você desejar mesmo saber mais sobre os livros, ficando ciente de que os mesmos possuem SPOILERS.

clique para ler ALERTA DE SPOILER:

  •  The Magicians ou Os Magos

the-magicians-livro-1

Lançado em 2009 nos EUA e em 2010 no Brasil, o livro conta exatamente a história de Quentin, surpreendentemente admitido na universidade de Brakebills, em que dá início a uma extensa e rigorosa iniciação ao universo acadêmico da feitiçaria moderna, ao mesmo tempo em que também descobre o outro lado de sua vida universitária: amigos, amores e álcool. Nesse mesmo tempo, seu sonho de infância revela=se um pesadelo que esconde uma terrível verdade, tornando a história muito mais sombria e perigosa do que qualquer um poderia imaginar.

Você pode comprar em inglês aqui ou aqui, e em português aqui ou aqui.

  • The Magician King ou O Rei Mago

the-magicians-livro-2

Passaram-se dois anos desde que Quentin foi assumir um dos quatro tronos de Fillory, o reino mágico das histórias que ele tanto adorava quando era criança. Entretanto, ele não se sentia um herói e achava que a aventura ainda não tinha acabado, mesmo que tudo já estivesse em tempos de paz. Quentin então se aventura com a magia marginal de Júlia, vivendo entre escolhas e arrependimentos, em um universo muito mais perigoso do que pensava.

Você pode comprar em inglês aqui ou aqui e em português aqui ou aqui.

  • The Magician’s Land

the-magicians-livro-3

Este livro foi lançado nos EUA em 2014 e ainda não tem tradução para o português. Desta vez Quentin foi expulso de Fillory, retornando a Brakebills, embora não fosse possível esconder seu passado. Junto com um novo amigo, ainda estudante, Quentin sai em busca de novos feitiços, e, para sua surpresa, todos eles o levaram de volta à Fillory, a seu passado e a seus amigos que ele pensou jamais poder ver novamente. Entretanto, ele acaba descobrindo um feitiço capaz de criar uma “utopia mágica”, praticamente um novo reino de Fillory, porém, que poderia fazer a Terra e o verdadeiro e atual mundo de Fillory desaparecerem juntos… Por isso, Quentin faz de tudo para salvá-los, mostrando o crescimento individual de Quentin e o preenchimento daquele vazio existencial que tanto o perturbara.

Você pode comprar em inglês aqui.

Conclusões

Eu recomendo fortemente que você assista a esta série, se você curte o gênero fantasia. Aliás, não precisa muito: basta assistir o episódio piloto para que você fique viciado e queira saber mais sobre o universo de Brakebills. Em relação à série, a única crítica que eu tenho é a velocidade com que as informações são passadas, porque sempre há muito o que absorver em todos os episódios – mas não que isso seja necessariamente ruim (até porque série parada ninguém merece né gentem xD).

Caso você, como eu, tenha amado o universo deles, também recomendo que procure os livros. Os preços são super acessíveis e a história faz valer cada centavo!

Prometo que vocês não irão se arrepender!

the-magicians-1

Links Úteis

The Magicians Brasil

Tudo sobre a série no Syfy

Assista episódios online no Syfy (inglês)

DUVIDO que você assistiu e não tentou fazer pra ver se funcionava!!!

DUVIDO que você assistiu e não tentou fazer pra ver se funcionava!!!

E aí, o que você achou da série? Conta pra gente nos comentários!

Quem escreve? Mindy (Yasmim Alvarez)

Cosplayer e graduanda em Direito. Amante de World of Warcraft, invencível no Super SmashBros, Batman-lover e fã de carteirinha da Princesa Zelda. Queria ser a toda-poderosa Sailor Moon, mas se contenta em ser apenas uma princesa da Disney nas horas vagas