Dica de livro: Sete Minutos Depois da Meia-Noite ensina como enfrentar suas verdades

sete-minutos-depois-sa-meia-noite

Histórias são criaturas selvagens…

Se você gosta de uma leitura rápida e bem envolvente então Sete Minutos Depois da Meia-Noite, da editora Novo Conceito, com certeza vai te agradar. É um livro bem curtinho, dá para ler em algumas horas enquanto está no metrô ou em um domingo preguiçoso.

Conhecemos o pequeno Conor O’Malley, um garotinho de 13 anos que tem que aguentar, quase sozinho, um peso enorme nas costas. Isso porque sua mãe está muito doente e passando por vários tratamentos que a deixam cansada e passando mal. Além disso tudo, ele está indo muito mal na escola. Sua avó, que ele não gosta muito, vai passar um tempo em sua casa, todas as noites ele tem um pesadelo horríve e, quando acorda (sempre à 00h07), um monstro vem visitá-lo para contar histórias.

sete-minutos-depois-sa-meia-noite

O medo que Conor sente desse pesadelo é muito intrigante, e a curiosidade para saber o que acontece nele não te deixa largar o livro. E se você pensa que o monstro é a causa do pesadelo, está muito enganado. Ele na verdade vai tentar ajudar o garotinho a encarar a verdade, e isso deixa Conor mais aterrorizado. No final das contas, esse livro serve como uma lição para todos, de como enfrentar seus medos, de como verdades podem te salvar, e salvar outros, por pior que ela possa parecer na sua cabeça. E nem é preciso ler nas entrelinhas ou pensar muito para entender a mensagem que o autor quis passar.

Sete Minutos Depois da Meia-Noite foi baseado na ideia de Siobhan Dowd, uma escritora britânica que faleceu em 2007. O autor Patrick Ness assumiu a responsabilidade de colocar no papel tudo o que ela idealizou. E criou uma belíssima obra.

Um filme do livro foi feito com Felicity Jone, Liam Neeson, Sigourney Weaver, e Lewis MacDougall no papel de Conor.

Quem escreve? Gabi Orsini

Aspirante a jornalista e bailarina. Conversa até com poste e acha que sabe cantar. Desde que descobriram que é uma sereia, não esconde mais isso. Ama tirar fotos e por o pé na estrada. Tem o dom de ler em qualquer hora e lugar. Blogueira no tempo livre. Sonserina sim.