Conheça e apoie Só Ana, HQ de Renata Nolasco

Logo_CapaCampanha2

O financiamento coletivo da publicação que trata de escolhas, identidade e vigilantismo vai até 03 de setembro


Só Ana” é uma HQ sobre escolhas, identidade e os bastidores do vigilantismo que acompanha os planos de Ana para esquecer o passado e as pessoas que fazem parte de sua vida. Vida ou vidas? Duas delas. Ou seriam três agora? Ana  já perdeu a conta. Sem sua caderneta, ela provavelmente não conseguiria se lembrar do nome pelo qual responde hoje em dia.Só Ana - Quadrinho no Catarse - DivulgaçãoQuando se muda para uma cidade nova, Ana está preparada para um recomeço completo. Um novo apartamento, planos para o futuro e uma namorada tão incrível que nem parece gente e só podia se chamar Deusa. HQ Só Ana - DivulgaçãoMas uma promessa antiga faz com que Ana encontre brechas em seu plano de viver como uma garota humana. Após um incêndio suspeito, o recomeço de Ana é interrompido pela intervenção de seu passado. Dividida entre partes de sua vida que não podem se chocar, Ana luta para encontrar sua identidade e entender o significado de ajuda em uma cidade que a odeia.So Ana2 - Quadrinho no Catarse - Divulgação“Só Ana” é uma aventura de 150 páginas em preto e branco, dividida em seis capítulos, e será lançado na Artist’s Alley na Comic-Con Experience 2018. A HQ terá  168 páginas em preto e branco, tamanho 15 cm x 21 cm, miolo em papel pólen 90g e capa cartão colorida. A meta da campanha no Catarse financiar a HQ é de R$ 8.500,00. Você pode apoiar o financiamento coletivo até 03 de setembro. So Ana3 - Quadrinho no Catarse - DivulgaçãoQuer apoiar? Você pode escolher a sua recompensa, com valores R$10 entre R$500. Os mimos são diversos como  cópia em PDF, HQ impressa, marca-página personalizado, prints, adesivos, postais, imãs de geladeira, exemplar de “Silêncio = Morte” + “Ei, por quê não existem grandes quadrinhos feitos por mulheres?” e até camisas e sketchbooks.

A autora

Renata Nolasco - Reprodução
Renata Nolasco, 23, é formada em Comunicação Social pela UERN e atua na área de ilustrações e quadrinhos desde 2014. Autora da página de tiras Atóxico no Facebook e dos quadrinhos “Ei, Por que não existem grandes quadrinhos feitos mulheres?” (2015), “Eu não sou bonita” (2016) e “Silêncio = Morte” (2017).

Ilustrou capítulos de “A Samurai: Primeira Batalha” e “Amor em Quadrinhos”, além de ter feito parte da equipe da Revista Farpa e atualmente ser membro-fundadora do Colabe Clube. Dentre outras publicações, lançou o artbook “A Árvore da Bruxa” (2017) e o livro de colorir “Minas para Colorir”(2016). Fã de super-heróis, música triste e ficção científica.

E aí, curtiu? Quer conhecer e apoiar o projeto? Confira a página da HQ Só Ana no Catarse.

Quem escreve? Luciana

Jornalista, Relações Públicas, Especialista em Gestão da Comunicação e Mestra em Análise do Discurso. Rpgista de longa data, trekker (Vida longa e próspera!) e whovian (Allons-y!)... Gosto da natureza, de literatura, HQs, cinema, séries de TV, rpg, board games, de música boa (rock and roll) e de nerdices em geral! Adoro preparar quitutes e receber os amigos. Insisto em ser feliz e sou altamente convivível! E amo o Leo - o maridão e personal-particular-chef!!!