A história do clássico Final Fantasy VII em lindíssimas pinturas digitais!

destaque

Oh Deusa, eles mataram a Aeris. Bastardos.

Lap Pun Cheung é um artista louco e maravilhoso. Sério. Um dos projetos do cara é fazer pinturas (ele chama de séries cinemáticas) de games. Enquanto os projetos de Metal Gear Solid e Final Fantasy VIII ainda estão incompleto, Cheung criou 130 imagens que contam toda a história do clássico Final Fantasy VII. Daí meu coração saltou uma batida. <3

 

elindo

 

Vem relembrar essa lindeza comigo:

Tudo começa no prelúdio, claro. No caso, com a tela de abertura (aquela que você pode apertar start).

Tudo começa no prelúdio, claro. No caso, com a tela de abertura (aquela que você pode apertar start).

Logo na abertura cinemática, temos essa pintura da Aerith (Aeris para aqueles que não jogaram em japonês).

Logo na abertura cinemática, temos essa pintura da Aerith (Aeris para aqueles que não jogaram em japonês).

Cloud e Barret devem destruir um reator de energia Mako da terrível Shin-ra Company (Barret é o revolucionário, e Cloud, apenas um mercenário).

Cloud e Barret devem destruir um reator de energia Mako da terrível Shin-Ra Company (Barret é o revolucionário, e Cloud, apenas um mercenário).

O reencontro com Tifa, em seu bar. Note Barret e a filhinha ao fundo.

O reencontro com Tifa, em seu bar. Note Barret e a filhinha ao fundo.

Quando a gente descobre que o cientista Hojo é bem pior do que parece, e faz experimentos em um espécime.

Quando a gente descobre que o cientista Hojo é bem pior do que parece, e faz experimentos em um espécime.

Cloud começa a falar do passado, e relembra quando Sephiroth ficou loucão, explodiu tudo, tacou fogo em uma cidade.

Cloud começa a falar do passado, e relembra quando Sephiroth ficou loucão, explodiu tudo, tacou fogo em uma cidade.

E a liberdade de correr em Chocobos? E a dificuldade de cruzar os bichos pra conseguir o preto?

E a liberdade de correr em Chocobos? E a dificuldade de cruzar os bichos pra conseguir o preto?

A ninja ladra mais fofa do mundo: Yuffie.

A ninja ladra mais fofa do mundo: Yuffie.

O Red XIII mostra que nem sempre é simples tentar se esconder em um uniforme.

O Red XIII mostra que nem sempre é simples tentar se esconder em um uniforme.

 

Clica na página 2 para ver mais!

Quem escreve? Flávia Gasi

Flávia Gasi é doutoranda e mestre pela PUC-SP. Lançou o livro Videogames e Mitologia. Atualmente é colunista do IGN Brasil, escritora de videogames; CEO da Ni Game Content; professora; e tradutora. Defende a democratização dos consoles, direitos iguais no game e o direito de comer sucrilhos sem leite.