8 Ótimos motivos para jogar Dragon Age: Inquisition

dragon_age_inquisition cover

Não sabe se deve investir nesse novo game? Nós te ajudamos 😉

Já tinhamos feito o review dos dois primeiros games: Dragon Age: Origins e Dragon Age 2, agora vamos ver o terceiro game da série.
Dragon Age: Inquisition é o mais novo jogo de RPG desenvolvido pela BioWare e publicado pela EA. Para quem nunca jogou os anteriores, não se preocupe. Para entender melhor o que aconteceu nos demais jogos, ou até mesmo para relembrar, é sempre bom dar uma lida no Codex que possui todas as informações necessárias sobre os personagens, histórias e acontecimentos no mundo de Thedas. Para quem jogou, prepare-se para ver referências ao herói/heroína de Ferelden, ao campeão/campeã de Kirkwall e rever personagens queridos da série.

História

Dragon age inquisition cover 2

Como sempre, a BioWare caprichou na história de DA:I e a ligou diretamente aos dois primeiros games. Durante uma reunião entre templários e magos (consequência da guerra entre os dois grupos no segundo game da série), ocorre uma explosão na qual todos morrem, exceto uma pessoa: o/a personagem principal. Como consequência da explosão, aparece uma enorme fenda verde no céu (e outras pequenas fendas espalhadas por toda Thedas) de onde saem dezenas de demônios. O personagem é encontrado desmaiado (xama o xamu!) nos escombros, desmemoriado e com uma marca verde na mão. Logo se torna o principal suspeito do ataque, mas, ao descobrir que a sua mão pode fechar essas fendas, se junta à Inquisição, que dá nome ao jogo. A Inquisição tem como principal função trazer ordem ao caos instaurado em Thedas, fechar a grande fenda no céu e descobrir quem foi o responsável.

Criação de Personagem

Daenerys Targaryen

Daenerys Targaryen: Rainha dos Ândalos, dos Rhoinares e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, Khaleesi, Destruidora de Correntes, Rainha de Meereen, Princesa de Pedra do Dragão e membro da Inquisição em Dragon Age.

Este é o momento em que todo mundo vai perder um bom tempo, acredito eu: a criação do personagem. O jogador pode escolher entre quatro raças disponíveis: humano, elfo, anão e qunari (gigantes com chifres). Esta última aparece desde o Dragon Age: Origins, mas eram como personagens não jogáveis. Cada raça será vista e tratada de forma diferente dentro do mundo de Thedas.

Deve-se escolher entre as classes guerreiro, ladrão ou mago. Cada uma tem sua especialização de combate. O jogador também pode escolher o sexo e o background do personagem conforme a raça escolhida. Algo bastante similar à criação do personagem em DA:O.

O que mudou foi a variedade de opções na hora de criar o personagem fisicamente. Desde a quantidade absurda de cor dos olhos e tonalidades, até sardas, sinais, chifres (no caso do qunaris), tatuagens, maquiagem e cicatrizes que são possíveis acrescentar no rosto. Ainda é possível mudar detalhadamente a forma e posição das orelhas, queixo, olhos, etc. Além de escolher o tipo de penteado, cor de cabelo e da pele. A criação do personagem ficou ainda mais semelhante ao da série The Sims. Teve até fã que se arriscou a fazer a Daenerys Targaryen, de Game of Thrones.

Assistam ao vídeo de criação de personagem:

Companheiros

Companheiros Inquisition

A Inquisição contará com companheiros de batalha e conselheiros (Leliana, Cullen e Josephine). Entre os companheiros de luta, estão os guerreiros Cassandra, o mercenário qunari Iron Bull e o Grey Warden Blackwall; entre os magos, estão o elfo Solas e os humanos Vivienne e Dorian; e, entre os ladrões, o anão Varric, o espírito Cullen e a elfa Sera. Alguns companheiros já são conhecidos do público, como Varric, Leliana e Cassandra, que já participaram dos outros games da série.

Como é de costume, alguns personagens poderão ter um romance (e oba-oba) com o inquisidor (a) dependendo do sexo, raça e orientação sexual do personagem. Pela primeira vez em Dragon Age, existe um personagem homossexual (antes só existia hetero e bissexual). O mago Dorian só se relacionará com o inquisidor homem. A BioWare promovendo a diversidade desde Dragon Age: Origins <3

Converse bastante com os seus companheiros e conheça-os bem. Isso pode levar o inquisidor a fazer missões voltadas para eles. Cada um tem uma história para contar e um motivo para ter entrado na Inquisição.

Cada decisão do inquisidor pesa na aprovação ou desaprovação dos companheiros. Como sempre, com tamanha reunião de raças, classes e diferentes opiniões, fica difícil agradar a todo mundo.

Sala de Guerra

War Room

Na sala de guerra é possível invocar o conselho de guerra, que é formado por Cullen (força), Leliana (espionagem) e Josephine (diplomacia). Existem várias missões em que você pode enviar um dos três (o que você achar mais apropriado para a missão) para ganhar dinheiro e itens. Essas missões realizadas pelos conselheiros são em tempo real e podem durar desde alguns minutos até um dia inteiro para serem realizadas.

Existem missões que apenas o inquisidor e seus companheiros podem fazer e que sempre leva a um local diferente em Ferelden ou em Orlais. Pode ser uma missão principal ou secundária. Em cada local, é possível fechar os portais, recrutar pessoas para a Inquisição, ganhar poder e aumentar a influência. Quanto mais poder, mais missões podem ser completadas e quanto mais influência, mais melhorias podem ser feitas a favor da Inquisição.

Quem escreve? Rany

Graduada em Jornalismo e Jogos Digitais e pós-graduada em Mídia Digitais. Fã incondicional de As Crônicas de Gelo e Fogo, Tolkien, Fables, Tarantino, Miyazaki, Okami, Dragon Age e Mass Effect. Divido meu tempo livre com os meus vícios em séries de tv, filmes, livros e games.