5 motivos para assistir “Os Estagiários” e 1 para não assistir!

estagiarios

Ontem fui ao cinema assistir ao novo longa de Shawn Levy: Os Estagiários. Eu fui completamente desacreditada achando que não passaria de um filme “legalzinho”, porque era o que eu ouvi de algumas pessoas. Não sei se foi pela baixa expectativa, mas fiquei realmente surpresa por ter adorado o filme.

A história trata de dois vendedores quarentões que de repente se veem desempregados após a loja de relógios que eles representavam falir (porque ninguém usa mais relógios depois do celular LOL). Completamente perdidos, um deles resolve tentar algo realmente diferente: eles mandam um currículo para o Google esperando conseguir uma vaga. Mas, claro, existem mais de centenas de pessoas querendo uma vaga na melhor empresa para se trabalhar no mundo. A partir daí eles passam por altas confusões na sessão da tarde muitos desafios como estagiários para tentar conquistarem o emprego.
Ainda não ficou interessado? Então veja 5 motivos para assistir ao filme (e 1 para talvez não assistir):

1) Owen Wilson e Vince Vaughn

owen e vince

Foi o que me levou a sair de casa num domingo à noite e arriscar a ir ver o filme. E foi uma aposta certa. Esses dois são gênios do humor, principalmente o Owen, mas nesse filme Vince conseguiu se superar e brilhou muito no Corinthians. Se você é um fã de comédias, provavelmente deve ser um fã da dupla, e esse é o primeiro motivo para assistir “Os Estagiários”.

2) Você vai rir do começo ao fim

estagiarios 2

Eles conseguiram o que (para mim) é o melhor tipo de humor: fazer rir sem ser escrachado. Claro que tem alguns filmes de humor pastelão que são muito bons, mas quando você consegue fazer alguém se divertir sem usar artifícios como peidos, diarreia, tombos e peitos, é porque o trabalho foi bom. Não estou dizendo que as piadas de “Os Estagiários” são super refinadas e que não fazem nada de uso do humor pastel, mas eles realmente não precisaram apelar para serem engraçados. E é sério, a cada cena que passava, eu ria por algum motivo.

3) Muitas referências nerds

quadribol

Um filme que fala sobre o Google não poderia deixar de lado um dos seus maiores públicos alvo: os nerds. Eles fazem referências a grandes clássicos da cultura geek, como X-Men, Game of Thrones e tem até campeonato de Quadribol! Impossível não se identificar em vários momentos.

4) Muitas referências dos anos 80 (principalmente Flash Dance)

flash dance

Como a história trata de dois quarentões, nada mais justo do que haver muitas piadas e referências a clássicos dos anos 80. Aliás, esse mistura dos itens 3 e 4 são o que tornam o filme divertido para todas as idades. Sem falar que Flash Dance tem um papel muito importante no enredo (mas não vou contar mais para não dar spoilers).

5) Você sai do filme feliz e motivado

estagiarios 4

É claro que filmes interferem no nosso humor, e várias vezes escolhemos algo para assistir dependendo do que queremos sentir. Se você quer algum filme para se sentir bem, essa é uma ótima opção. Você vai sair de lá bolando mil planos para a sua carreira e para a sua vida (e com vontade de enviar um currículo para o Google também).

1 motivo para (talvez) não assistir

google

Se você odeia propagandas óbvias de algo ou algum produto, então você será do tipo que vai sair falando que fizeram um filme inteiro só para mostrar como o Google é legal. Sim, isso é verdade. O Google deve ter gastado milhões de dólares para bancar esse filme porque, sem dúvida, é uma ótima propaganda. É de conhecimento de todos que a empresa é uma das mais inovadoras (senão a mais) no quesito de agradar os empregados, e isso fica bastante claro o tempo todo. Eles inventam até adjetivos como “googlers” e “googliarity”.

Bom, mas eu coloquei “talvez” não assistir porque esse não é um motivo muito forte para não se ver algo. Se fosse um trabalho porco para promover algo, ok. Mas o filme é muito bem feito e o enredo é muito divertido. Mesmo sendo claramente uma grande publicidade para o Google, vale a diversão.

Quem escreve? Marina Formaglio

Jornalista, aspirante a escritora e invocadora nas horas vagas. O apelido "Feiurosa" é uma homenagem à sua alma gêmea canina, uma vira-latinha chamada Feiura, que já partiu, mas continua em seu coração <3 Contato no Facebook ou Twitter.