Personagem da Semana: Goku

destacada

Esse é um post muito especial para mim, afinal, é minha reestreia no Garotas Geeks! Por isso, a escolha desse Personagem da Semana não foi à toa, o Goku é “a fênix” dos animes, ele é um dos personagens que mais ressuscitou na vida! E ninguém melhor para simbolizar o meu ressurgimento do que ele. Espero que todos gostem, porque eu estou muito feliz por estar de volta. :D

Oi, eu sou o Goku!

Son Goku, inicialmente chamado de Kakarotto, criado por Akira Toriyama, foi insipirado em um outro personagem de seu mesmo criador: Tanton, o protagonista de Dragon Boy. Quando Akira resolveu desenvolver a série Dragon Ball, ele usou o romance chinês Jornada ao Oeste, de Wu Chengen como inspiração. A história original surgiu, aproximadamente, em 1570, em meados da Dinastia Ming e conta a história da lenda chinesa de Sun Wukong, o Rei Macaco, que é descrito como uma figura lendária com poderes extraordinários. Mas diferente de Sun Wukong, que era um símio completo, Goku possui apenas o rabo de macaco.

Curiosidade: De princípio Goku, apesar de ser tratado como um extraterrestre, Goku era para ser um terráqueo, mas com a grande quantidade de personagens de outro planeta que foram aparecendo na história, acharam melhor estabelecer que ele seria um Saiyajin.

Akira explica que, para manter “as origens chinesas” de seu personagem, ele fez o uniforme keikogi de Goku baseado nas roupas usadas pelos monges Shaolins da China. Devido às críticas dos leitores do mangá, que afirmavam que o protagonista de Dragon Ball era muito simples, eles evoluíram a aparência de Goku e adicionaram muitos torneios de artes marciais à história, para fazer o mangá mais baseado em combates. E essa característica permaneceu nos animes também.

Dragon Ball – “Vamos conquistar as esferas do dragão…”

Dragon Ball conta a história de Goku, um menininho que morava na Montanha Paozu com uma cauda de macaco, e vai desde suas aventuras de criança até se tornar tataravô. Podem me chamar de saudosista, mas para mim a primeira parte da série, quando ele ainda era criança, foi a melhor. Era a mais divertida e engraçada de todas. Principalmente pela falta de modos do Goku.

As dragon balls (que graças a Deus traduziram como esferas do dragão e não bolas do dragão) são o elemento central de toda a aventura, que começa com o aparecimento de Bulma que estava atrás das bolas esferas do dragão. Ela tropeça em Goku, que possuía uma das esferas (que ele guardava como lembrança dada pelo seu falecido avô) e Bulma vê o objeto.

Ela conta para Goku que, com todas as esferas do dragão reunidas, eles podem invocar um dragão chamado Shen Long que pode realizar qualquer desejo que lhe peçam. A moça pede para o menino que este lhe entregue a Dragon Ball (e até propõe mostrar sua calcinha em troca), mas por ter um vínculo afetivo muito forte com a herança de seu avô, ele não quer entregar, mas decide acompanhar a nova amiga em sua jornada. E é aí que tudo começa.

Durante o percurso ele faz grandes amigos como Oolong (um pouquinho que sabia se transformar), Yamcha (que era um cara mau a princípio, mas se torna amigo do pessoal), Mestre Kame (um velho mestre tarado de artes marciais, conhecido por ser o homem mais forte do mundo), Kuririn (o carequinha), entre diversos outros.

Dragon Ball Z

Com o sucesso de Dragon Ball, foi inevitável continuar a saga de Goku em Dragon Ball Z, no qual ele já está adulto. A 2ª parte é mais voltada para o público adolescente (principalmente masculino) e é bem mais séria e com muito mais lutas tensas. Para mim, pecaram um pouco na enrolação, já que existem vários episódios em que nada acontece, apenas para aumentar o suspense.

Nesta parte,Goku já é um homem adulto e acaba conhecendo seu irmão mais velho, Raditz, que o informa de suas origens, e é aí que ele descobre que faz parte de uma raça extraterrestre fictícia (ou não) chamada de Saiyajins. Ele descobre que as pessoas de seu planeta o enviaram para a Terra com o objetivo de conquistar o planeta, mas ao bater a cabeça ao cair por aqui, se esquece de sua missão. Como ele já estava bonzinho, ele se nega a se juntar ao seu irmão e dominar a Terra.

É também em Dragon Ball Z em que se passa a clássica batalha com Freeza e que o heróis pedem para que todos nós ajudemos a formar a Genki Dama para salvar o planeta.

Dragon Ball GT

Serei bem honesta em dizer que quase não acompanhei a saga GT. Mas a história basicamente se passa 10 anos após o fim de Dragon Ball Z, quando Goku é transformado por acidente em criança de novo devido a um erro de pedido feito por Pilaff a Shen Long. Goku, junto a seus amigos, atravessam a Galáxia para voltar ao normal.

Dragon Ball Kai

Kai é basicamente um remake do Dragon Ball Z, que foi remasterizado em HD, anunciado em fevereiro de 2009. Essa versão tem 98 episódios, o que significa um corte de 193 episódios da versão original. A ideia era fazer a série readquirir a dinâmica do mangá original. Eu particularmente achei que foi uma boa decisão, já que, como eu disse antes, achei que o pior de Dragon Ball Z era a enorme enrolação (podem me julgar).

Ki

Não poderia deixar de passar por um dos principais elementos da série que se tornou um “meme” pelo mundo todo. Em Dragon Ball, todos os seres vivos possuem em seus corpos uma energia chamada Ki, que determina o poder e a resistência física de cada um. O Ki não é um valor fixo, e ele pode ser liberado e engrandecido.

Uma das cenas mais memoráveis é a que Vegeta analiza o poder de Goku e fala que o nível de seu Ki é superior a 9000:

Porém, quando dublaram para o português, o Scouter de Vegeta deveria ser do Paraguai, porque ele diz “mais de 8000”:

Goku Super Saiyajin (SSJ)

Durante a batalha de Freeza, Goku se transforma em um Super Saiyajin pela primeira vez. Existem 3 níveis desses guerreiros, mas em geral eles podem ser reconhecidos pelos seus cabelos loiros e espetados e pelos olhos azuis.

1ª transformação de Goku em Super Saiyajin:

Goku Oozaru

Outra característica dos Saiyajins é a possibilidade de se transformarem em grandes macacos quando eles têm cauda e olham para a Lua Cheia. Poucos desses guerreiros conseguem se controlar quando estão transformados em Oozaru.

Goku se transformando no grande macaco (achei apenas em japonês):

Cenas Engraçadas e Cortadas

Principalmente na primeira parte da saga, Akira faz muito uso de humor. Porém o humor japonês às vezes não é muito aceito no ocidente como próprio para crianças e algumas dessas cenas foram cortas. Mas algumas conseguiram se manter. Veja uma pequena seleção das melhores cenas de humor da série:

Para mim, uma das melhores é quando Goku descobre que Bulma não tem “pipi”:

Tem também mais uma da Bulma safadinha em que ela mostra a calcinha para Goku tentando ganhar sua Dragon Ball:

A cena a seguir foi censurada. Assistam e saberão o porquê:

Goku conseguiu provar porque um bastão é melhor do que um espada. LOL.

E tem ainda a cena em que Yamcha vê Bulma como veio ao mundo (esses japoneses são muito tarados mesmo):

Curiosidades (inúteis e nem tanto)

* Você sabia que Goku já morreu e ressuscitou 4 vezes?

* Você sabia que o Goku é do signo de touro? Não? Como você pode viver tanto tempo sem essa informação?

* Você sabia que a única pessoa que mete medo em Goku é sua mulher, Chi-chi? Mas acho que isso deve ser normal para qualquer homem.

* As mulheres Saiyajins não podem se transformar em Super Saiyajins. Mundo injusto, não?

* Goku Jr. e Vegeta Jr. apesar de não saberem o que é um SSJ, eles conseguem se transformar em um. Mas chamam os SSJ de Kim Patsu, que são pessoas que tingem o cabelo no Japão. (Essa não é sobre o Goku, mas é engraçada).

* O poder de se teletransportar para qualquer planeta foi dado a Goku para dar mais dinâmica à série.

* Dragon Ball foi inspirado nos volumes 1 ao 15 do mangá, e Dragon Ball Z do 16 ao 38. Já o GT não seguiu a história em quadrinhos e foi completamente original.

Quem escreve? Marina (Feiurosa)

Jornalista, escritora e invocadora nas horas vagas. Também resolveu se aventurar no mundo do empreendedorismo abrindo sua própria empresa de marketing digital. Foi assim que começou a ter cabelos brancos. O apelido "Feiurosa", usado em todos os jogos, é uma homenagem ao seu maior amor canino, uma viralatinha chamada Feiura, que já partiu, mas continua em seu coração.


TAGS

, , , , , ,