Personagem da Semana: Eddard (Ned) Stark

Personagem da Semana - Eddard (Ned) Stark

No jogo dos tronos, você vence ou você morre.

ATENÇÃO: Se você ainda não assistiu ao 9º episódio, esse post vai conter spoilers tensos.

Enquanto ainda não sai a 2ª temporada de Game of Thrones, vamos matar um pouco da abstinência com um dos personagens mais cativantes da série: Eddard Stark (Ned para os íntimos).

A princípio, eu achei que ele fosse bem cuzão intolerante quando ele matou o cara que voltou para contar que viu um dos “Outros” (mortos vivos que o povo acreditava ser só lenda, isso aconteceu logo no primeiro episódio). Porém, com o desenrolar da série (até mesmo do próprio episódio), você abre a cabeça para aceitar que isso era parte da cultura da época, e que cabeças rolavam por pouca bosta coisa mesmo. No fim, você vê que ele é uma pessoa de caráter extremamente nobre, muito compreensivo (em relação ao quão compreensivo você pode ser na Idade Média), e possui um bom coração.

Ned

O home que dá a sentença, é quem deve segurar a espada e assumir a responsabilidade por suas decisões.

Lorde Eddard Stark é o Senhor de Winterffell, patriarca de uma das grandes casas nobres dos Sete Reinos de Westeros, e o Guardião do Norte. Até que o rei Robert Barathen, seu amigo de infância, viaja até ele e pede para que ele assuma o cargo de Mão do Rei (a Mão é o principal conselheiro e comandante militar no reino). Muito apegado à família e ao norte, ele reluta muito antes de aceitar a proposta.

Mas sua honra e seu senso de responsabilidade fazem com que ele aceite, principalmente pelo fato de sua esposa pedir para que ele ajude a investigar a morte de Jon Arryn, a Mão anterior. Catelyn Stark havia recebido uma carta de sua irmã, que era casada com Arryn, alegando que a morte de seu marido foi premeditada pela rainha Cersei e por sua poderosa família, os Lannisters (lembre-se do ditado de que um Lannister sempre paga suas dívidas).

Ele também empunha uma espada Valyrian nomeada Ice (porque as melhores espadas possuem um nome).

A História antes da História

Bran: Pode um homem ainda ser bravo quando está com medo?
Eddard: Esta é a única hora em que um homem pode ser bravo.

Aproximadamente quando tinham 8 anos de idade, ele é acolhido por Jon Arryn, Senhor do Ninho da Águia (Eyrie), junto com Robert. Jon acaba se tornando seu segundo pai e, futuramente, seu irmão, quando ambos se casam com as irmãs Tully.

O casamento veio após a grande rebelião contra Aerys II, o Rei Louco, que matou o pai, o irmão e a irmã de Ned (que também era noiva de Robert). Foi durante essa guerra que seu filho bastardo, Jon Snow, nasceu.

Família Stark

Ned é extremamente protetor com sua família, e possui uma ligação muito forte com sua mulher e com cada um de seus filhos.

O respeito que ele tem com sua esposa Catelyn é admirável principalmente pela época em que se passava a história, já que na Idade Média as mulheres eram vistas na maior parte das vezes como sacos de carne que fazem bebês, e só prestam se forem bebês machos, além de tudo. Ned sempre escuta sua mulher e respeita sua opinião, o amor deles é bastante intenso, mesmo depois da relação ter sido abalada quando ele apareceu com seu filho bastardo.

Aliás, ele ter tido um filho fora do casamento só foi surpreendente pelo seu caráter, já que também era bastante comum homens darem uma puladinha de cerca de vez em quando. Em dado momento, seu amigo e rei Robert comenta que a mulher deve ter sido realmente muito especial para que Ned traísse Catelyn. Mas até o momento da série, não foram dadas muitas informações sobre ela.

A forma com que Ned trata suas duas filhas também chama a atenção, principalmente a mais nova, Arya, a menina-moleque. O oposto de sua irmã mais velha, Sansa, ela não quer nem saber de no seu futuro ser apenas “a esposa e mãe de alguém”, ela quer muito mais do que isso. Demonstrando grande interesse por espadas, principalmente após ganhar a Agulha de seu meio-irmão Snow, Ned contrata um professor para lhe dar aulas de esgrima. Quantos pais aceitariam isso em plena era medieval?

O carinho e a forma com que ele trata Snow também contam pontos para seu caráter. Em certo momento ele fala para seu filho: “você não tem o meu sobrenome, mas tem o meu sangue”. Ele também promete para Jon contar sobre sua mãe na próxima vez em que se encontrarem. Infelizmente, esse dia nunca chegou.

O Fim do Jogo para Eddard Stark

Se for tirar a vida de um homem, você deve isso a ele: olhar em seus olhos e ouvir suas palavras finais. E se você não puder fazê-lo, então talves esse homem não mereça morrer. […] Um governante que se esconde atrás de executores pagos, logo se esquece do que é a morte.”

Após aceitar o cargo de Mão do Rei, Eddard parte em direção ao Sul para a Terra do Rei, com Sansa e Arya. Lá ele começa a investigar a morte de Jon Arryn, e descobre que Jon também estava fazendo sua própria investigação antes de morrer: ele estava lendo um livro que falava sobre toda a linhagem real, ao mesmo tempo em que ia atrás dos filhos bastardos de Robert.

Durante uma conversa com Arya, que diz que “Sansa e Joffrey (o príncipe mimado e chato pra caralho) terão seus filhos idiotas de cabelos loiros”, que a ficha de Ned cai. Lendo o livro da linhagem real, ele percebe que nenhum herdeiro nunca foi loiro, que os cabelos pretos sempre foram dominantes na genética. Portanto, Joffrey não era filho legítimo de Robert. E o pior, ele descobre que Cersei o traía com seu… TCHAM TCHAM TCHAAAM: IRMÃO GEMÊO. Sim, isso é pior do que novela mexicana.

Após a morte de Robert (que tudo indica foi induzida pelo primo dos Lannister), Eddard tem um grande dilema para resolver: negar a legitimidade de Joffrey para assumir o trono e comprar uma briga gigante que com certeza se tornaria uma guerra ou deixar que o menino insuportável assumisse o trono, já que Robert morreu sem saber a verdade.

Ele opta pela verdade, contando com o apoio de outros. Porém ele é traído, e na hora em que ele nega a legitimidade de Joffrey, ele é atacado pela guarda do rei e por seus traidores.

Após ser preso, sua filha Sansa implora misericórdia para seu futuro marido Joffrey, para que ele perdoasse seu pai. O rapaz com cara de e.t. diz que só perdoaria caso Eddard admitisse traição e o aceitasse como rei. Pelo bem de sua família, Ned concorda em negar tudo o que disse, e fala em público que traiu a coroa. Porém Joffrey não cumpre seu trato e dá a ordem para matar Eddard. Causando uma das cenas mais tristes de todas a série (eu chorei que nem uma tonta e ainda fui dormir na bad depois). O pensamento de um homem honrado e bom ter morrido como um traidor é muito triste.

A Linhagem Stark


Clique em cima para aumentar.

Vídeos

Hittler descobre sobre Ned Stark (em inglês)

Morte de Eddard Stark

Tributo para Ned Stark – Um homem de honra

Quem escreve? Marina (Feiurosa)

Jornalista, escritora e invocadora nas horas vagas. Também resolveu se aventurar no mundo do empreendedorismo abrindo sua própria empresa de marketing digital. Foi assim que começou a ter cabelos brancos. O apelido "Feiurosa", usado em todos os jogos, é uma homenagem ao seu maior amor canino, uma viralatinha chamada Feiura, que já partiu, mas continua em seu coração.