20 filmes animados recentes que todo fã de anime deveria assistir

capa_animovies

Melhores filmes de 2014 a 2017!

Atualmente, estamos vivendo uma idade dourada de filmes animados! No passado, os filmes animados japoneses mais valiosos eram produzidos apenas pelo Studio Ghibli ou eram filmes compilados, como o Mobile Suit Gundam: The Trilogy. Mas agora os melhores talentos em animação estão trabalhando em filmes em um conjunto diversificado de estúdios que ilustram a vida de muitas perspectivas diferentes.

Ao contrário do foco do filme clássico mais antigo em histórias infantis de fantasia, esses filmes não se esquivam de controvérsias com temas como suicídio, famílias conturbadas, religiões e deficiências. Estes filmes modernos que foram lançados de 2014 a 2017 carregam um soco poderoso de emoção pra gente acompanhar.

Sem mais delongas, vamos pra lista:

1 – Kimi no Na Wa

Your-Name

Gêneros: Drama / Romance Escolar / Sobrenatural

Ano de lançamento: 2016

Estúdio: CoMix Wave Films

Sinopse rápida: Mitsuha sempre quis viver em Tóquio e sair do campo. Taki, um estudante de ensino médio que vive em Tóquio, luta para fazer malabarismos com sua vida como aluno e trabalhador de meio período. Essas duas vidas se entrelaçam através de um fenômeno misterioso que lhes permite trocar corpos sem terem se encontrado antes.

Falamos mais sobre o filme aqui. Kimi no Na Wa ganhou e continua ganhando uma quantidade bem grande de prêmios e de excelentes críticas, além de ser o filme animado com maior bilheteria na história do Japão.

2 – Koe no Katachi

koe no katachi

Gêneros: Drama / Escolar / Shounen

Ano de lançamento: 2016

Estúdio: Kyoto Animation

Sinopse rápida: Shouya Ishida é um menino que está sempre entrando em problemas. Quando uma estudante transferida chamada Shouko Nishimiya é apresentada à classe de Ishida, ele a considera como o alvo perfeito para bullying. E então ele passa a infernizar a vida da pobre Nishimiya, uma aluna surda, puramente para matar o tédio e sem pensar nos efeitos de suas ações – até que ele ultrapassa os limites e faz com que ela mude de escola. A partir daí Ishida começa a ser excluído por seus próprios colegas de classe e ter outra visão sobre o bullying.

Comentamos em detalhes o filme aqui. Mas vale dizer que ele é lindo e muito emocionante, principalmente porque fala sobre redenção. Vale muito a pena ver.

3 – Bakemono no Ko

The-Boy-and-the-Beast

Gêneros: Aventura / Sobrenatural

Ano de lançamento: 2015

Estúdio: Studio Chizu

Sinopse rápida: Bakemono no Ko é o conto de um menino e de uma besta: tanto solitários, tanto teimosos quanto fortes. Para Ren, um garoto de nove anos, as coisas dificilmente poderiam ser pior. Sua mãe faleceu em um acidente de trânsito, seu pai sumiu no mundo e o resto de sua família é fria e distante. Desesperado, Ren foge para Shibuya para tentar sobreviver por conta própria. Quando Ren se perde em um labirinto de becos, ele acaba entrando por engano num caminho mágico que terminava em Shibuten – um mundo povoado apenas de animais – onde ele conhece o feroz e temido Kumatetsu, que o acolhe como discípulo e o ensina a lutar.

O filme é fantástico, tem um final de chorar de emoção – e críticas na grande esmagadora maioria bastante positivas. Está disponível na Netflix!

4 – Doukyuusei

Doukyusei-Classmates

Gêneros: Vida cotidiana / Romance Escolar / Shounen Ai

Ano de lançamento: 2016

Estúdio: A-1 Pictures

Sinopse rápida: Rihito é um estudante de mérito super certinho que sempre obtém pontuações perfeitas em todas as matérias. Já Hikaru é um desleixado que toca violão em uma banda e é popular entre as meninas. Estes dois meninos contrastantes formam uma conexão improvável depois que Hikaru se oferece para ajudar Rihito a se preparar para o próximo festival de coro.

A animação é mega fofinha <3 Também tem críticas super positivas na internet. Se você curte histórias de amor fofinhas, vai amar essa aqui.

5 – Sarusuberi: Miss Hokusai

miss-hokusai

Gêneros: Drama Histórico / Sobrenatural

Ano de lançamento: 2015

Estúdio: Production I.G.

Sinopse rápida: Muitos têm conhecimento de um dos artistas japoneses mais famosos no mundo: Tetsuzo Hokusai, aquele pintor das ondas, sabem? O problema é que poucos conhecem o trabalho da mulher que o ajudou a vida toda e contribuiu grandemente para a sua arte, permanecendo por décadas sem crédito nenhum por isso. Esta é a história incrível de Oei, filha do Mestre Hokusai. Oei é um retrato animado de uma mulher de espírito livre, ofuscada por seu pai.

Pra quem gosta de arte e cultura japonesa, mais ainda pra quem gosta de descobrir o trabalho de mulheres fortes, este filme é um MUST SEE.

6 – Kono Sekai no Katasumi ni

In-This-Corner-of-the-World

Gênero: Drama Histórico

Ano de lançamento: 2016

Estúdio: MAPPA

Sinopse rápida: Essa é a história super tocante de uma jovem chamada Suzu Urano. Em 1944, ela se muda para a pequena cidade de Kure, que fica fora de Hiroshima. Suzu recentemente se casou com Shuusaku Houjou, que trabalha como funcionário em uma base naval. Vivendo com sua nova família, Suzu começa a se acostumar com a vida tranquila, até que os ataques aéreos dos EUA começam a acontecer.

E como dizem na internet… Preparem seus baldes, porque isso aqui gera muitas, MUITAS lágrimas. A animação foi considerada uma das melhores do ano, inclusive. Ganhou o 40º Prêmio Japonês na categoria de Melhor Animação e vários outros prêmios igualmente importantes.

7 – Kokoro ga Sakebitagatterunda

the-anthem-of-the-heart

Gêneros: Drama / Romance Escolar

Ano de lançamento: 2015

Estúdio: A-1 Pictures

Sinopse rápida: Jun costumava ser uma garota super tagarela, mas então um “ovo mágico” a convence de que sua falação causou o divórcio de seus pais. Colocada sob uma “maldição”, Jun perde a habilidade de falar. No ensino médio, Jun acaba inscrita num programa de divulgação da comunidade escolar com três outros alunos. Após passarem algum tempo juntos, criando laços de amizade, eles decidem fazer um musical baseado nas experiências de Jun.

O studio A-1 caprichou bastante no filme, as críticas sobre ele na internet são costumeiramente bem altas.

8 – Planetarian: Hoshi no Hito

Planetarian-Hoshi-no-Hito

Gêneros: Magia / Pós-apocalíptico

Ano de lançamento: 2016

Estúdio: David Production

Sinopse rápida: No futuro, o mundo ficou devastado pela guerra nuclear e biológica. Um jovem chamado Kuzuya explora uma cidade abandonada e descobre um robô que aguarda clientes no telhado de um planetário. Kuzuya decide ajudar a reparar o projetor do planeta e isso acaba sendo uma decisão que mudará seu destino.

Preparem seus baldes pra chorar [2].

9 – Tamako Love Story

tamako

Gêneros: Vida cotidiana / Comédia / Romance

Ano de lançamento: 2014

Estúdio: Kyoto Animation

Sinopse rápida: A história conta sobre como a fofa Tamako Kitashirakawa, que está terminando o terceiro ano na escola, é confrontada com a dura realidade de que todos os seus amigos têm grandes planos para o futuro deles e ela, por outro lado, apenas vive diariamente com o objetivo de continuar trabalhando no restaurante da família. Sob o mesmo céu brilhante, o jovem Mochizou Ooji pretende estudar em uma universidade em Tóquio, deixando para trás sua família, amigos e, o mais importante, seu primeiro e único amor: Tamako. Infelizmente, o admirador é meio tímido e não consegue declarar seu amor. Com o tempo correndo rapidamente, Mochizou deve decidir sobre confessar seus sentimentos a Tamako em breve ou seus sonhos românticos nunca serão realizados.

Falamos sobre o anime de Tamako aqui, o filme é praticamente uma continuação/conclusão do anime. Pode ser visto separadamente também, o contexto é simples de entender mesmo sem ter visto o anime (apesar de que indicamos o anime de qualquer forma, ambos são suuuuper fofos).

10 – Digimon Adventure tri

digimon_adventure_tri

Gêneros: Ação / Aventura / Comédia / Drama

Ano de lançamento: 2015/2016/2017

Estúdio: Toei Animation

Sinopse rápida: Na verdade Digimon tri é uma sequência de cinco filmes: Saikai, Ketsui, Kokuhaku, Soushitsu e Kyousei.  Passaram-se seis anos desde aquela aventura de verão, quando Taichi Yagami e os demais DigiEscolhidos atravessaram o mundo digital. E quase três anos se passaram desde a batalha final contra Belial Vamdemon. À medida que passavam os dias pacíficos, em algum momento o portal do Mundo Digital se fechou. Nem mesmo os DigiEscolhidos conseguem descobrir os motivos do fechamento. Mas em um desses dias, um Kuwagamon de repente aparece em Odaiba. Sua fúria deixa a cidade em ruínas e as pessoas em tumulto. Taichi passa a ver o Kuwagamon e o persegue sozinho em um esforço para pará-lo. Mas não há nada que ele possa fazer… Até que seu Digivice começa a emitir uma luz brilhante e ele ouve uma voz: “Taichi, como você cresceu!” – Com o som dessa voz nostálgica, a história mais uma vez começa a se mover de uma maneira totalmente nova: novos DigiEscolhidos, novas bugigangas tecnológicas, novos vilões e novos heróis. Mas acima de tudo, uma aventura emocionante e imperdível pra qualquer fã de Digimon.

MAIS FILMES NA PRÓXIMA PÁGINA <3

Quem escreve? Liao

Débora é musicista, pesquisadora e otaku (não fedida, prometo). 1/3 gamer, 100% sonserina. A alcunha de Liao veio de um site aleatório de geração de nomes japoneses (Liao é chinês, mas tudo bem).