10 curiosidades (que talvez você não saiba) sobre The Witcher

The Witcher

The Witcher tem muita história para contar ainda!

A trilogia de games The Witcher foi desenvolvida pelo estúdio polonês CD Projekt Red e fez bastante sucesso entre a crítica e os jogadores que curtem RPG. O último jogo, The Witcher 3: Wild Hunt, juntamente com as expansões Hearts of Stone e Blood and Wine ganhou mais de 800 prêmios e ajudou a calcar o caminho pelo qual futuros títulos do gênero RPG devem trilhar.

A trilogia é inspirada nos livros do escritor polonês Andrzej Sapkowski, e talvez você sabia disso, contudo existem muitos fatos curiosos acerca da produção de The Witcher e reunimos apenas uma pequena parcela deles. Aqui vão 10 fatos interessantes que você talvez ainda não saiba sobre The Witcher:

Escritor incrédulo

Andrzej Sapkowski

Andrzej Sapkowski não acreditou no desenvolvimento do jogo realizado pela CD Projekt Red e vendeu apenas os direitos dos livros. Na época, custou somente US$ 10 mil. O autor não quis participação do lucro das vendas dos jogos. É provável que ele se arrependa disso até hoje devido ao sucesso de crítica e vendas da trilogia, principalmente, do terceiro e último game da série. Ao todo, a série vendeu mais de 25 milhões de cópia.

Outro Witcher (1997)

The Witcher 1997

Antes de ganhar uma adaptação em 2007 pela CD Projekt Red, outro estúdio resolveu adaptar os livros de Witcher. O estúdio Metropolis Software foi o primeiro a comprar os direitos das obras e tentar transformá-las em um jogo. A desenvolvedora tinha um projeto ambicioso para época. O game seria um RPG de ação 3D com um sistema de luta parecido com Bushido Blade e um mundo grandioso. O título manteria o tema adulto dos livros e teria um sistema de moral. Hoje em dia, não é algo impossível ou ambicioso demais para ser feito, mas na época era bem mais difícil. O game passou anos sendo desenvolvido para depois ser cancelado. Essa é uma boa justificativa para Andrzej não acreditar no desenvolvimento de The Witcher pela CD Projekt Red, já que ele havia vendido os direitos anteriormente para um jogo que nunca chegou a ver a luz do dia.

Netflix

Geralt

Recentemente foi anunciado que The Witcher vai ganhar uma série produzida pela Netflix. O seriado será baseado nos oito livros de Andrzej Sapkowski e, dessa vez, o autor vai participar da produção. Ele irá trabalhar como consultor criativo. Sean DanielJason Brown, Tomek Bagiński e Jarek Sawko serão os produtores executivos. A produtora Platine Image, que criou as cinemáticas de The Witcher 2: Assassins of Kings, The Witcher 3: Wild Hunt e o teaser de Cyberpunk 2077, também irá fazer parte da produção.

Filme/série de TV de The Witcher

The Witcher filme

Antes de ganhar uma adaptação produzida pela Netflix e pelo Platine Image, The Witcher ganhou em 2001 um filme intitulado The Hexer. Inicialmente era para ser uma série de TV com 13 episódios que acabou virando um filme de apenas duas horas. Obviamente, não fez sucesso nem com a crítica e nem com o público. Até hoje Andrzej Sapkowski fala mal da adaptação. A produção foi dirigida por Marek Brodzki e estrelada pelo ator Michał Żebrowski no papel do bruxo Geralt de Rívia.  Assista por sua própria conta e risco.

Confira o trailer de The Hexer:

Easter Eggs

Assassin's Creed

A trilogia possui vários easter eggs. Os jogos fazem referências a Assassin’s Creed, Tyrion Lannister (Game of Thrones), The Elder Scrolls V: Skyrim, Mad MaxO Senhor dos Anéis, Star Wars, Pulp FictionBreaking Bad, Crepúsculo, e fábulas como: Branca de Neve e os Sete Anões, Rapunzel, Chapeuzinho Vermelho e Cachinhos de Ouro.

Protagonista feminina

Triss Merigold

Por pouco o bruxo Geralt não foi transformado em uma feiticeira elfa. Antes do lançamento do game, os livros eram conhecidos apenas por alguns países da Europa, tornando assim, difícil vendê-lo para países de língua inglesa. Havia uma empresa interessada em publicar o jogo, mas queria mudar completamente o conceito. A empresa queria que Geralt fosse um feiticeira elfa, que o game se tornasse um multiplayer e retirar o nome The Witcher. Ou seja, a compra dos direitos dos livros se tornaria desnecessária, já que nada do mundo criado por Andrzej Sapkowski seria utilizado. A CD Projekt Red acabou recusando as mudanças e o resto é história. Imagem de Triss Merigold meramente ilustrativa.

Ciri

Ciri

Em The Witcher 3: Wild Hunt, Ciri possui três finais que vão de acordo com as escolhas feitas durante o jogo. Já nos livros, o final de Ciri é bem diferente. No livro A Senhora do Lago, Ciri viaja para o mundo de Rei Arhur. Enquanto ela se banha em um lago, o cavaleiro Galahad a confunde com a famosa Senhora do Lago das lendas enquanto procura o Santo Graal. Ciri conta toda a sua história para o cavaleiro e ele a leva para ver o Rei Arhur em Camelot.

Casamento

Geralt e Yennefer

Infelizmente, Geralt acaba se casando com Yennefer nos livros #TeamTriss. Já no jogo, o jogador pode decidir se ele termina com Triss (obviamente a escolha certa) ou Yennefer (claramente a escolha errada). No livro A Senhora do Lago, o relacionamento acaba em matrimônio, mas isso não quer dizer que eles serão felizes para sempre. No conto não-canônico Algo Termina, Algo Começa é possível saber mais sobre a história do casamento dos dois.

Geralt, celebridade polonesa

deal-with-geralt

Por ser um dos poucos personagens que fizeram sucesso na mídia fora do país,  Geralt de Rívia é considerado uma celebridade polonesa. Inclusive, o bruxo apareceu em uma série de selos na Polônia lançado no ano passado. Claro que os desenvolvedores da CD Projekt Red têm muito orgulho de ter ajudado Geralt se tornar conhecido ao redor do mundo.

Escola de bruxos

Escola The Witcher

E por último, mas não menos importante, existe uma escola de bruxo na Polônia! A Witcher School funciona como um LARP (Live-Action Role-Playing) e é aberta para mulheres e homens que desejam se tornarem bruxas e bruxos durante um fim de semana. A escola proporciona treinamento em esgrima, arco e flecha e alquimia. O castelo onde funciona a escola foi completamente redecorado para que os fãs se sintam imersos na experiência.

Quem escreve? Rany

Graduada em Jornalismo e Jogos Digitais e pós-graduada em Mídia Digitais. Fã incondicional de As Crônicas de Gelo e Fogo, Tolkien, Fables, Tarantino, Miyazaki, Okami, Dragon Age e Mass Effect. Divido meu tempo livre com os meus vícios em séries de tv, filmes, livros e games.